Home » Destinos » Nova Zelândia » Ilha Norte » Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori
Ilha Norte Nova Zelândia

Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori

Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori
Compartilhe este texto!

No extremo norte da Ilha Norte, Cape Reinga é o “Oiapoque” neozelandês, onde a State Highway 1, que cruza o país de Norte a Sul, termina sem ter mais como prosseguir, onde o Mar da Tasmânia encontra o Oceano Pacífico e onde, após mortos, os espíritos do povo maori se reúnem para partir a um outro mundo.

Como qualquer destino que tenha essa aura de “fim de mundo”, o Cape Reinga é um local que reúne diversos viajantes e aventureiros que desejam colocar em seus currículos sua passagem por ali. E sendo o acesso até ele relativamente rápido de ser atingido a partir de Auckland, é um “fim do mundo”, ao contrário de outros pontos do planeta, bem fácil e tranqüilo de ser visitado.

Ninguém se importa muito, mas toda essa fama de “ponto mais ao norte” não é algo geograficamente tão correto de se dizer, já que a 30km de distância e um pouco mais ao norte que seu vizinho famoso se encontra o Surville Cliffs, o, de fato, ponto mais setentrional da Ilha Norte. Mas como é um local completamente inacessível e uma pequena mentirinha geográfica não faz mal a ninguém, deixemos a fama com o Cape Reinga.

O nome verdadeiro do local é Cape Reinga/Te Rerenga Wairua, que em maori significa O Submundo/O lugar de onde os espíritos saltam. Tem essa denominação por se tratar do ponto para onde a cultura maori acredita que seus espíritos vão após a morte, retornando a Hawaiki, sua terra de origem. De acordo com o mito, suas almas vão até a Pohutukawa (uma árvore muito antiga e sagrada) de 800 anos e através de suas raízes, penetram no submundo. A área é tão sagrada a eles que, em respeito, é proibido comer em toda a localidade e no entorno, sendo a última cidade com lanchonetes e restaurantes a 100km de distância. É importante respeitar as regras e se deixar embarcar em toda sua história.

Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori

Além de toda a cultura presente no local, a beleza natural e as paisagens ajudam a atrair diversos turistas. E é lindo mesmo poder ver o contraste do Oceano Pacífico encontrando o violento Mar da Tasmânia. Em dias turbulentos, é possível ver altas ondas.

Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori

Os que viajam motorizados (sempre a melhor opção na Nova Zelândia) devem sair de Auckland rumo ao norte, seguindo a SH1 sentido Whangarei. Desvie e pare por um tempo para conhecer a fantástica região de Bay of Islands ou siga direto até Kaitaia/Ahipara, antes de entrar na Península de Aupouri. Dali serão 2h, em uma estrada asfaltada somente em 2010, até o destino final. Do estacionamento até o farol ainda é preciso caminhar 1km por uma trilha onde, do alto, é possível ver a praia abaixo com a árvore sagrada.

Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maoriCape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori

Cape Reinga: o começo da Nova Zelândia e o fim dos maori

Aos que não tenham um veículo próprio ou alugado, a opção é entrar em alguns dos tours organizados a partir de Bay of Islands. Fixar sua base em Paihia talvez seja onde te dê melhores alternativas. Mas como cansamos de afirmar, uma viagem pela Nova Zelândia é muito melhor aproveitada quando feita de carro.

O passeio em Cape Reinga é bastante místico, cercado de mitos e com uma áurea sobrenatural. É uma ótima opção para quem ficar em Auckland por um tempo maior e destino obrigatório aos que se aventuram por Northland e Bay of Islands.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Compartilhe este texto!

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

2 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

Booking.com

publicidade

Close