Home » Destinos » Nova Zelândia » Como conseguir um emprego na Nova Zelândia
Nova Zelândia Planejamento

Como conseguir um emprego na Nova Zelândia

emprego na nova zelandia

Para conseguir financiar nossa viagem pela Nova Zelândia temos seguido a seguinte fórmula: baixamos nossos custos ficando hospedados por house sitting e seguimos trabalhando como freelancers, como explicamos no “quem somos” aqui do blog. Mas a gente sabe que nem todo mundo consegue ter um emprego remoto ou tem vontade de ser um nômade digital e, apesar de ter o sonho de passar um tempo maior fora do exterior, só conseguiria viabilizar isso caso encontrasse uma solução que permitisse ter um trabalho fixo ou ao menos um temporário, para ajudar a sustentar a viagem.

Leia mais: Aprenda o que é house sitting e nunca mais pague por hospedagem.

E também: Como House Sitting pode te ajudar a ser um nômade digital

Para estes, resolvemos escrever um pequeno manual sobre como conseguir um emprego na Nova Zelândia, reunindo em um só lugar todas as fontes de informação sobre o assunto que conhecemos, ajudando aqueles que não sabem em que direção dar o primeiro passo.

Vistos e a burocracia para conseguir um emprego na Nova Zelândia

Antes de pensar em procurar um emprego na Nova Zelândia você deve verificar no site da imigração que tipo de visto, entre os que permitem conseguir um emprego no país, você é capaz de conseguir (trabalhar com um visto de turismo é ilegal e gera deportação imediata).

Um Working Holiday Visa não demanda muita burocracia, mas tem quantidades limitadas, é altamente concorrido e só vale para quem tenha até 30 anos (além de ser necessário atender a outros requisitos).

Leia mais: Working Holiday Visa: Viaje e trabalhe por um ano na Nova Zelândia

working holiday visa

Outra opção é vir com um visto de estudante. Desde 2013 quem vier para a Nova Zelândia estudar em uma escola de categoria 1 em cursos de 20 horas semanais e por mais de 14 semanas tem direito a trabalhar outras 20 horas para custear a estadia. Neste caso, procure uma agência de intercâmbio de sua preferência e contrate os serviços de um immigration adviser para te orientar no processo, se necessário.

Um recurso mais complicado é tentar um visto de trabalho. Se esta for a sua escolha, você precisa verificar se sua profissão está enquadrada nas Skilled Shortage Lists do Governo – listas atualizadas anualmente das profissões reconhecidamente com vagas em demanda no país.

emprego na nova zelandia

Se você conseguir comprovar suas qualificações e experiência em alguma das áreas listadas, tiver menos de 55 anos, falar bem inglês, entre outros requisitos, é possível que esteja apto a conseguir um visto de trabalho que te permita entrar no país antes mesmo antes de ter uma proposta de emprego concreta. Caso sua formação não esteja listada, mas ainda assim seja considerada “Skilled”, a obtenção do visto fica condicionada a que você consiga uma proposta formal de emprego na Nova Zelândia antes de iniciar o processo.

Fora estes modelos citados, ainda existem diversos outros tipos e, não me canso de falar, o site da imigração é a melhor fonte para tudo o que diz respeito ao assunto e oferece um guia detalhado de cada uma das opções oferecidas.

Para mais detalhes contrate uma consultoria com um immigration adviser registrado pelo Governo – os únicos legalmente autorizados a ajudar no processo.

Onde posso procurar um emprego na Nova Zelândia?

rotina de um house sitting

Se sua profissão estiver em demanda, as vagas em aberto serão anunciadas em sites que já são voltados para receber candidaturas de potenciais migrantes. Vale conferir o Work Here, o New Kiwis e o Working in New Zealand.

Fora das vagas em demanda você vai ter que batalhar no mesmo ringue que os neozelandeses procuram emprego. Os maiores sites de anúncio de vagas gerais do país são o Seek e o TradeMe, e é possível encontrar alguma coisa também no My Job Space e no Workpool. Mas tenha em mente que não será nada fácil disputar um emprego na Nova Zelândia estando no Brasil, pois, a não ser que você tenha excelentes qualificações, dificilmente um empregador estará disposto a fazer uma entrevista a distância.

Empregos temporários na Nova Zelândia

House Sitting Auckland Vida CiganaMais fácil que procurar uma proposta definitiva, há muitas ofertas temporárias de emprego na Nova Zelândia e outras que funcionam de acordo com as estações do ano, incluindo algumas em que não é necessário ser fluente no inglês. Falta muita mão de obra para atender serviços básicos no país, como nas áreas de agricultura e horticultura, hospitalidade e turismo, entre outras. São vagas que se encaixam muito bem na rotina dos que vêm com um Visto de Estudante ou com um Working Holiday e estejam dispostos a colocar a mão na massa.

Para estas ofertas vale pesquisar no Seasonal Work e no Seasonal Jobs. O Pick NZ também anuncia algumas vagas de emprego na Nova Zelândia, mas talvez seja mais interessante ao ser usado como fonte de informação sobre as diferentes regiões do país e melhores épocas para procurar trabalho em cada uma delas.

Emprego em áreas específicas e sites de recrutamento

Se você é do tipo que faz questão de trabalhar em sua área de sua formação, mas não se sente muito disposto a encarar sozinho a busca de uma vaga, existem sites de recrutamento que buscam profissionais de áreas específicas: engenharia, construção, marketing, vendas, TI, recursos humanos são algumas das mais procuradas, mas dá pra encontrar uma pra cada setor da economia. No Careers NZ tem uma lista completa destas empresas.

Mais informações

O Governo da Nova Zelândia ainda disponibiliza portais onde fornece ajuda e dá informações detalhadas não apenas sobre emprego, mas estilo de vida, educação, saúde e tudo o que você precisa tomar conhecimento antes de partir para uma nova vida em um novo país. Tanto o New Zealand Now, quanto o NZ Ready oferecem opções de cadastro para que você receba emails regulares com informações sobre a Nova Zelândia. O Careers NZ vai bem mais fundo, dando detalhes para quem já estiver partindo para a busca na prática.

Se tudo isso ainda parece confuso, repito uma última vez: acesse o site da imigração e analise com calma suas opções, não é tão complicado quanto parece.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

93 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.
  • Olá Carlos, Site muito informativo, obrigada!
    No entanto, gostaria de saber se vc tem alguma dica mais específica para mim….
    Sou veterinária e estou terminando o doutorado e trabalho específicamente com ovelhas 🙂
    Você teria uma dica de onde posso procurar trabalhos temporários que possam ajustar-se ao meu perfil.
    Atenciosamente, Caroline

    • Oi Carol, não tenho como falar sobre mercados de trabalho específicos, pois não tenho conhecimento. Eu aconselho que comece sua busca pelos sites de vagas listados no texto e veja qual a demanda que existe em sua área. A partir dos anunciantes você pode tentar um contato inicial à distância para saber qual a receptividade ao seu currículo.

  • Olá!
    Muito bom as informações (e excelente site!).
    Não consegui achar no site da imigração um programa que seja semelhante ou igual ao de Quebec/CA, que permite, obtendo um diploma mínimo de college e comprovação da língua (no caso, francês), o visto permanente, sem necessidade de uma vaga de emprego. Ou seria o sistema “Post Study Work Visa – Open”?

    • Paulo, você deve estar procurando algo como o Skilled Migrant Visa. Na Nova Zelândia, no entanto, para poder aplicar sem uma proposta formal de emprego, sua formação deve estar incluída em algumas das listas de Skilled Shortage, disponíveis no site da imigração.

  • ola, gostei muito do seus trabalho parabéns, eu sou soldador e tenho algumas experiencias na construção civil e estou concluindo um curso técnico em manutenção e operação de computadores, você poderia me fala como e a demanda nessas arias, obrigado pela a atenção e mais uma vez parabéns pelo trabalho.

    • Infelizmente não tenho como saber a demanda em áreas específicas. Mas acessando os sites linkados neste texto você consegue pesquisar as vagas existentes e ter uma ideia mais próxima do que se encaixa em seu curriculo.

  • Boa tarde,

    Tenho uma prima que está morando la e conseguiu um trabalho em um Navio, cruzeiro. Os pais do namorado dela são de lá. Gostaria de saber se ela por ser parente minha conseguiria de alguma forma facilitar um eventual emprego mesmo que não seja no navio que ela trabalha. Incialmente pretendo ir a turismo e chegando la ja iria articulando.

    Abs

    • Wagner, isto vai depender do tipo de contato que sua prima tem com empresas neozelandesas. Você precisa conversar com ela primeiro antes e ver quais são suas possibilidades. Mas nunca irei aconselhar trabalhar em um país ilegalmente. O certo seria conseguir um visto de trabalho adequado antes de ir para a NZ.

    • Olá tudo bem? Gostei do seu trabalho Parabéns . Muito prazer meu nome é Sergio sou motorista tenho uma boa experiência com ônibus caminhão etc gostaria de saber como faço para arrumar um emprego como faço tem site de agências para me cadastrar um abraço amigo .

  • ola CARLOS tambem me chamo Carlos ,tenho 53 anos e estou me aposentando aqui no Brasil sou operador de maquinas com /TORNO ,FRESADORA . E MANDRILADORA , sabe me dizer se na NZ mesmo nao falando ingles consegue trabalho um abra;o.

    • Ezequiel,
      Você tem que pesquisar vagas em sua área e ver se há demanda na Nova Zelãndia. Os sittes indicados nesse texto são uma boa base pro início de suas buscas.

  • Olá,
    Adorei todas as dicas em breve embarco para NZ dando início ao meu intercâmbio e antes de investir no conteúdo sobre house sitting, queria saber se para um estudante essa opção de acomodação é Aplicável, ah sou técnico em eletrônica e recém-formado em engenharia de produção.

    Abraços e obrigado.

    • Vinicius,
      House sitting é aberto a qualquer um. Você pode ter seus horários fora de casa da forma como quiser, desde que isso não entre em conflito com o cumprimento das atividades que forem acertadas entre você e o proprietário da casa quando o acordo foi firmado.

  • Olá,

    muito bom este post, me deu uma boa visão sobre minha ideia sobre fazer um intercâmbio.
    Gostaria de saber se com o inglês intermediário tem boas chances de conseguir um emprego na área de TI (sou formado em engenharia de software) e com pouca experiência (mais ou menos 2 anos), porém eu me viro bem e adoro aprender algo novo. Meu único problema que gosto bastante de jogos e ler histórias fictícias. Fora isso, estou estudando por conta própria sobre edição de imagem e vídeo e uma noção de jogos (sou bastante eclético nessa parte). Não sei se o certificado pesa bastante nesse quesito.

    OBS: estou me formando este ano e estou apenas cursando inglês (únicas coisas certificadas que estudo no momento)
    Abraços

    • Felipi, a área de TI tem sempre demanda, mas você tem que ver se no seu caso específico se a experiência que tem será suficiente. Procure as vagas anunciadas nos sites que linkamos no texto e você vai ter uma ideia boa se seu perfil se encaixa no que é requisitado na Nova Zelândia.

  • Boa tarde, tenho 41 anos, sou professor diplomado de jiu-jitsu, sou formado em administração em comércio exterior, porém me especializei em administração pública, onde tenho um MBA e uma pós-graduação. Sabem me informar nessas duas áreas se existe alguma valorização na Nova Zelândia?
    Grato e um forte abraço.

  • Olá, Eu e meu marido estamos planejando morar na Nova Zelândia por tempo ainda indeterminado (mínimo 1 ano), estamos vendo questões de visto e dinheiro. E estávamos pesquisando sobre house sitting, vocês se cadastraram em alguma agência? E mudando de uma casa pra outra é possível trabalhar (nada muito fixo, algo com limpeza, obra, colher frutos)? Obrigada!

  • Olá, obrigada pelas informações.
    Sou Graduada em Enfermagem, tenho experiência e pretendo ir embora do Brasil junto com o meu filho, estava querendo realmente ir para o Canadá, porém fui informada que a NZ está de portas abertas, seria mesmo assim?
    No caso, como eu moro na roça, e não tenho como conversar em Inglês, eu gostaria de estudar Inglês e trabalhar.
    De que maneira você acha que eu devo proceder, ou seja, o primeiro passo.
    Muito Obrigada
    obs: já estou treinando o Inglês da melhor maneira possível

  • Quero muito sair do país, mas sair com a intensão de não voltar… Pelo que tenho lido aqui, vcs me passam certa facilidade em relação à ourtos países sobre a Nova Zelândia, mas não sei nada sobre, não conheço ninguém que esteja morando ou vivendo, então acaba aumentando o receio. Penso até nos EUA, mesmo que ilegal, mas pelo fato de ter alguém lá, já dá um pouco mais de segurança, mais auto confiança… Mas gostaria muito de não precisar ficar ilegal e curtir tranquilamente. Sou profissional de TI, então tenho um inglês básico, mas também já estou um pouco velho… rsrs… Tenho 36 anos, o que me tira do Working Holyday Visa :'(
    Enfim, vcs tem noção de como é a demanda na área de TI por aí?

    • Oi Manoel, quando fomos para a NZ não conhecíamos ninguém lá, fomos com a cara e a coragem mesmo. Sobre não ter mais idade para aplicar ao WHV, você pode tentar um visto de trabalho, é só dar uma olhada no site da imigração e ver quais empregos estão sendo valorizados por eles. Acredito que TI esteja na lista, o mundo inteiro está a procura de profissionais nessa área.
      Abraços

  • Olá , minha profissão está na lista de “essential skills in demand”, apesar de não ter formação,somente 10 anos de experiência, Pergunto se existe chance comprovando essa experiência? (açougueiro)

    • Existe sim, Mano. A análise é feita tanto a partir de formação técnica quanto de experiência profissional, desde que comprovadas. Veja no site da imigração os detalhes de como é feito o procedimento ou procure um immigration adviser que possa te orientar.

  • Olá, muito esclarecedor o texto, já agradeço por compartilhar seu conhecimento, aliás, o site é cheio de boas informações. Acredito que eu tenha duvidas bobas e básicas, mas ainda assim preciso perguntar, pode ser?
    1- O visto de Estudante que permite trabalho vale para cursos da língua inglesa, desde que essa escola seja categoria 1? Ou apenas para cursos técnicos ou de formação profissional mesmo?
    2- Caso eu tire o visto de Estudante, há uma quantia mínima para se levar ou comprovar? Qual seria?
    3- Eu tirei overal 6,5 no IELTS, com 6 no Speaking, com essa nota consigo entrar em algum curso mais avançado de formaçao profissional?
    4- É possível imigrar eu e meu marido, ainda que ele não vá estudar? Como se fosse um dependente?
    Já agradeço pela atenção.
    Desculpe se fiz perguntas muito bobas. =)

    • Oi Nayara, nós não temos muita experiência com vistos de estudante, porque nunca tentamos. Sei que para ser permitido trabalhar (20 horas), além de ser categoria um, o curso deve ter duração de pelo menos 14 semanas. Das demais perguntas eu realmente não tenho conhecimento e aconselho que você procure a Suzany, do blog IPartiu que ela pode ter dar informações mais detalhadas.

  • Ola,,

    Tenho uma duvida:
    Não sou formado mas tenho 8 a 9 anos de experiencia em Telecomunicações. Procurei no site da imigração e outros sobre conseguir visto de trabalho ou residencia apenas com experiencia, mas sempre informam que deve ter uma certificação NZQA ou outros.
    É possível conseguir visto sem graduação apenas com experiencia?
    Ou com a experiencia conseguir alguma certificação espefica da NZ?

    Obrigado pelas informações.

  • Olá, Vida Cigana!

    Eu tenho lido em vários blogs e sites sobre o assunto (e têm me ajudado muuuito), porém esse site definitivamente tem mais informações do que em todos os outros.
    Muita gratidão!

  • Olá, bom dia!
    Gostaria de saber se a média salarial é bem maior que a do Brasil? Tenho amigos que foram para o Canadá e voltaram muito bem, colocaram uma rede de sushi aqui em Fortaleza. Será que NZ é assim tb?

    • A média salarial da NZ é maior que a do Brasil sim, mas o custo de vida lá também é maior. Acredito que conseguindo um emprego lá, juntando o dinheiro e voltando ao Brasil, o valor renderia mais.

  • Oi, eu quero tentar trabalhar na nova Zelândia, não terminei minha faculdade, preciso ganhar dinheiro, já q no Brasil tá mto difícil, é tão difícil assim ?

    • Oi Ivonete, bem, impossível não é, mas exige um mínimo de planejamento e pesquisa para chegar até lá. Tudo depende do que procura, da idade, da formação, etc.

  • Eu penso em montar minha loja de conveniências lá, mais especificamente na Cidade de Kaitangata. O problema é que não tenho nenhum contato, e nem referência, porém a vontade prevalece. Em que podem me auxiliar de modo que eu tenha um amparo quando chegar???

  • Como encontro um immigration adviser , entrei no site da iaa.ewr.govt.nz, no entanto aparentemente já tenho que ter o nome da pessoa. Eles não indicam as pessoas registradas que podem exercer esse trabalho?

    • Roberto, não sei dizer sobre mercados de trabalho específicos na Nova Zelândia. Dê uma olhada nos sites listados aqui em cima e veja se há frequência de publicação de vagas que já dará uma ideia de como anda.

    • Oi Osmar, não é proibido procurar emprego com um visto de turista, mas você só poderá acitá-lo caso o empregador esteja disposto a passar com você pelo processo para obter um visto de trabalho. Isto depende bastante da área de trabalho, caso a demanda por profissionais esteja alta.

  • Oi sou Estudante de gastronomia mais já atuei na área e fiz curso de Cozinheiro resumindo como que é área Gastronômica no País e como faço pra trabalhar e estudar na área na NZ

    • Não sei informar sobre mercados específicos, Elci, mas se você fizer uma busca nos sites de emprego, como o Seek por exemplo, deve dar pra ter uma noção se a oferta está grande ou não.

  • Pelo que pesquisei o jeito mais fácil é ser refugiado. Não fazem entrevista, não precisa saber o idioma, não precisa ter especialização em nada e ainda te dão albergue e comida.

  • Olá.. Sou Brasileira e gostaria de mais informações a respeito de como trabalhar no país… Sou formada em Engenharia Civil e gostaria de atuar no mercado de trabalho em Nova Zelândia. Qual o procedimento?
    Obrigada

  • Olá….
    Gostaria de saber como faço para me cadastrar a vaga de emprego. Sou formada em Engenharia Civil e tenho experiencia na área. Gostaria de mais informações a respeito.

  • Olá!
    É possível eu entrar no país com o visto de turista e conseguir emprego com esse visto?
    E depois é possível eu conseguir um visto de trabalho definitivo estando na NZ?
    Pois eu tenho interesse em trabalhar um ano e depois fazer um curso de mais 6 meses.
    Eu gostaria de passar alguns anos fora, e gostaria de saber qual a melhor maneira de fazer isso de forma legal na NZ.
    Desde já, obrigado!

    • Oi Douglas,
      Você pode procurar emprego com um visto de turista, mas só poderá começar a trabalhar se fizer o procedimento correto (e a empresa estiver disposta a esperar o tempo necessário) para conseguir um visto de trabalho.
      Você pode, no entanto, acessar o site da imigração e ver qual o melhor mode para que você consiga seu visto de trabalho antes de sair do Brasil.

      Um abraço,
      Carlos

  • Olá, sou advogado de formação, e hoje estou estudando gestão em tecnologia da informação, T.I.
    Sei que é um mercado promisssor, e estou com 31 anos de idade. Sou brasileiro e italiano, e possuo um pouco de experiência na área de T.I, já que comecei a pouco, e apenas como estagiário.
    Eu falo inglês.
    Minhas perguntas são:
    1 – eu conseguiria emprego ou estágio lá sem a formação, ou deveria me formar antes aqui?
    2 – ser cidadão italiano me ajudaria?
    3 – não ter muita experiência na área é um fator ruim? sera que eu conseguiria através de um curso tecnico la estudar e trabalhar ao mesmo tempo?

    Se puderem ajudar, obrigado!

    • Oi Bruno,

      1- Numa área como TI nem acho que a formação seja tão importante assim para conseguir um emprego na Nova Zelândia, mas sem experiência comprovada dificilmente isso seria possível.
      2- Ser italiano daria vantagens para conseguir o Working Holiday Visa, mas como você já está fora da faixa de idade não faz diferença não.
      3- Visto de estudante para cursos de idioma com mais de 14 semanas de duraçao podem dar direito a meio período de trabalho (20 horas), mas não sei te dizer como esta regra funciona para cursos técnicos.

    • Olá Renato, não sabemos detalhes de cada profissão, o ideal é procurar informação no site da imigração, lá eles informam tudo direitinho.
      Abraço

    • Oi Ale, o interessante é deixar suas dúvidas nos comentários mesmo, para outros leitores que tiverem o mesmo questionamento poderem ver.
      Nosso email é reservado para parcerias e contatos profissionais.
      Um abraço!

  • Olá, muito bom o blog de vcs, já me ajudou muito!
    Tenho 35 anos, esposa e um filho com 1 ano, já sou formado em TI e estou me formando em engenharia civil, sabem me informar se o diploma das universidades brasileiras é aceito na NZ?
    Pelo que vi nos sites de emprego, é preciso de alguns anos de experiência para conseguir emprego, pretendo buscar um visto permanente e levar minha família para morar aí.
    Obrigado.

  • Nossa, incrível o blog de vocês, parabéns, tudo muito bem explicado!
    Já tem um tempo que tenho planos de me aventurar no exterior, a princípio estava pensando nos EUA, mas quando vi sobre o Working Holiday Visa na Nova Zelândia fiquei muito empolgada.
    Bem, aqui no Brasil trabalho na área de TI e gostaria de saber se com esse visto consigo emprego nesta área, mesmo que seja temporário.
    Outra pergunta. Estou querendo ir com minha namorada. É possível conseguir o contrato de House sitting para nós duas na mesma casa?
    Obrigada!

    • Obrigado Gabriela!
      O Working Holiday Visa é mesmo uma ótima opção. A área de TI tem procura no mundo todo, acho que basta você dar uma investigada nesses sites que passamos aí em cima para ver se no seu caso será tranquilo conseguir um emprego na Nova Zelândia.

      Sobre a namorada, acho que depende muito da abordagem feito com cada proprietário. Em muitos países acho que algo facilmente aceito. Nossas amigas Nat e Jodie, do House Sitting Academy (já fizemos uma entrevista com elas) estão há anos viajando assim sem maiores problemas.

  • Ola Boa Tarde , por favor preciso de uma informação, minha filha está na NZ, para curso intercambio de 5 meses , agora em nov-2015 completa-se este periodo, ela foi com visto de estudante que há possibilidade de trabalho, mas não conseguiu devido ao periodo do ano , não há muitos turistas, pergunta ela pode renovar este visto para ficar + tempo ai , mesmo sem estudar ?

    Obrigada.

    • Não sei dizer se o visto de estudante é renovável, Fátima. Mas sem estudar dificilmente ela conseguiria. Sei que dá para pedir um de turismo normal por três meses, mas também sem direito tentar um emprego na Nova Zelândia.
      Para ter informações mais concretas dê uma olhada no site da imigração ou procure uma agêcia de viagens ou um immigration adviser que seja certificado para avaliar a situação.

  • Olá, eu gostaria de uma informação e já procurei e não consegui.
    Estou em dúvida no período de carência para que sendo aprovado no working holiday, eu precise estar embarcando para a Nova Zelândia.
    Se vcs puderem me ajudar ficaria grato.

    • Ta escrito lá no texto, Diogo. Após aprovado o Working Holiday Visa você tem até 12 meses para chegar à Nova Zelândia e só então começa a contar seu tempo de visto.

  • Olá,

    Que tipo de trabalho vocês faziam la e quanto eles costumavam pagar mais ou menos por hora trabalhada?

    Grata!

    • Oi Nathalia, nós conseguimos nos manter trabalhando como fazíamos no Brasil, como fotógrafos.
      Na Nova Zelândia o salário mínimo é de NZ$14,75 por hora atualmente

    • Olá, bom dia,

      Sabe dizer se existe emprego pra quem fala nada de inglês ou tem um nível intermediário e se é muito díficil de conseguir?

      Obrigada, pelos esclarecimentos.

    • Emprego tem para todo mundo que esteja disposto a trabalhar, Nathalia. Dê uma olhada nos links deste texto, especialmente aqueles de emprego temporário, tente imaginar para qual você poderia se candidatar e veja se se encaixam naquilo que você imagina para sua viagem.

  • Ola boa tarde.

    Eu já morei na nova Zelândia de 2006 a 2010 e realizei muitos destes trabalhos e voltei quando houve aquela crise não liberavam mais work permit e fui convidado a deixar o pais em 45dias pq não iam me dar um novo visto p continuar lá. Quero saber se hoje passados mais de 5anos desde meu retorno se ao tirar um novopassaporte e tentar me dar uma segunda chance lá eles saberiam que já vivi lá antes. Eu pergunto pois não se renova passaporte. Se faz um novo e o numero de serie é diferente e quando eu fui ainda era aquele verde. Enfim como observação eu não fui deportado, apenas pediram p deixar a nz pq não estavam renovando visto de ninguém por causa da crise. Me sugeriram por no advogado lá na época mas nem quis… Voltei e desde que voltei não consegui ter uma vida como a que tinha lá. Se não for demais me falem como funciona o sponsor visa também. Obrigado

    • Antonio,

      Acho seu caso vai além do que eu entendo para te dar uma resposta completa. Eu sugiro que você entre em contato com uma agência de viagens ou procure um immigration adviser para te orientar melhor.

  • Olá! Boa tarde!!!
    Obrigada pelas informações no Blog!!! Estão muito completas e empolgantes rsrs
    Gostaria de tirar uma dúvida quanto à taxa que é paga para o Programa Working Holidays Scheme.
    Quando vocês foram, quanto vocês pagaram pela taxa que eles mencionam no site do Consulado?

    Obrigada!
    Beijos

    • Não sei exatamente que taxa é essa que você citou, Fernanda. Mas nós pagamos por volta de NZD140/150 pela inscrição, mas este valor pode ser reajustado ano a ano e não temos como garantir que desta vez será mantido.

  • Boa tarde, tudo bem?
    Primeiramente, parabéns pelo blog!

    Eu quero sair do país para estudar e trabalhar. Quero voltar com meu inglês afiado rs… Mas para nós, meros mortais que mal conseguem pagar o intercambio e temos que nos virar em outro país, pergunto o seguinte, em qual dos países que me ofereceram (Canadá, Austrália, Nova Zelândia e Irlanda), eu conseguiria arrumar um emprego mais fácil? Você sabe me responder isso?
    Tenho medo de ir para estudar e não conseguir um emprego para me manter no país escolhido, tendo que voltar antes… E quebrado rs….
    O custo de vida é muito alto? Consigo me manter trabalhando em um sub-emprego aí?
    Muito obrigado!

    Cassiano.

    • Oi Cassiano,
      Infelizmente, das opções que te ofereceram, só consigo te responder sobre a Nova Zelândia: aqui há bastante emprego no setor básico, que pagam o salário mínimo. O pagamento é feito por hora trabalhada e tendo uma jornada de 40 horas semanais vocês conseguiria se manter no país sem problemas, mas você deve ver primeiro se o tipo de visto que você pode tirar deixa pegar a carga total ou parcial (20 horas), porque neste caso, pode ser que o salário de meia jornada não seja suficiente se você vier sem um dinheiro guardado que lhe dê mais segurança.

  • Olá queridos, eu e meu noivo estamos acompanhando a história de vocês aqui no blog, e mt obg vocês já esclareceram muitas dúvidas nossas. Estamos indo para a NZ em julho, vamos estudar inglês 3 meses em Auckland e 3 em Wellington. No primeiro mês nos hospedaremos em uma república, mas queremos alugar algo nosso logo. Então, vocês sabem como é o contrato de aluguel aí? Me deem algumas dicas por favoooor! Obrigada e parabéns pelo blog, está incrível!

    • Oi Jéssica, a melhor forma de procurar casas na Nova Zelândia é pelo TradeMe. Para alugar em geral é exigido um ou mais meses de pagamento adiantado mais um “bond” – um valor de seguro que é devolvido ao final da locação caso tudo esteja ok. Uma outra opção para evitar estes gastos iniciais é procurar no Booking e filtrar os resultados, mostrando apenas os apartamentos listados para temporadas.
      Boa sorte na sua busca!

  • Olá! linda a estória de vocês, me identifico demais! Eu e meu marido estamos com a mesma idéia, mas a principio pensamos em Canadá, porque temos uma cadela que faz parte da família e teríamos que leva lá junto. Até preferiamos a Nova Zelândia, pensamos bastante nisso, mas lemos por aí que não é possível levar animais. Sabem maiores informações sobre isso, é mesmo proibido? Obrigada por compartilhar suas experiências! Boa sorte nas estradas!

    • Oi Karol,
      Proibido não é, mas é muito difícil mesmo. Não são aceitos animais vindos diretamente do Brasil porque o país não é considerado livre da raiva. Você teria que levar a algum outro país intermediário onde este status seja reconhecido (o Chile, por exemplo), ficar por lá por uns meses sem manifestar nennhum sintoma e só então trazê-la. Ainda assim ela teria que ficar por um período em quarentena, bancado por vocês, por aqui antes de ser liberada. Não conheço ninguém que tenha se aventurado a superar toda essa burocracia.

  • Oi pessoal, acompanho o blog de vocês e estou adorando as dicas. Sou fotógrafo e estou com planos de passar uns 3 meses aí (janeiro à março de 2016). Gostaria de saber se é possível eu conseguir fazer trabalhos como fotógrafo (como ensaios por exemplo) sem precisar de algum tipo de visto diferente. Minha ideia não seria trabalhar pra ninguem, gostaria apenas de conseguir uma grana extra com a fotografia. Se puderem me dar alguma dica.
    abraços

    • Oi Marcus,
      Sem um visto adequado é complicado. Você não pode receber pagamentos oriundos da NZ sem um visto que te dê condições de ter um IRD (o CPF daqui) e pagar os impostos devidos. Digo isso porque a única forma de conseguir os ensaios que vc fala é fazendo networking, do mesmo modo que vc já deve fazer no Brasil, mas eu não me arriscaria a anunciar um serviço que o meu visto não me permita executar legalmente.
      Um abraço,

House Sitting

publicidade

Close