Home » Destinos » Vietnã » Um roteiro por Hanói, a capital do Vietnã
Vietnã

Um roteiro por Hanói, a capital do Vietnã

Hanoi capital Vietna

Uma das cidades mais aguardadas por nós durante nossa passagem pelo Sudeste Asiático era Hanói, a capital do Vietnã. Devido à sua história constantemente atrelada à guerra contra os Estados Unidos, o país faz parte de nosso imaginário devido a tantos filmes que muitos de nós já assistimos sobre aquele lugar tão distante. Uma pena que o cinema só conte a versão americana da guerra, mas como bons viajantes, por que não ir lá e ver o que os vietnamitas têm a dizer ao mundo?

Antes da guerra, quando o Vietnã era dividido em dois, Norte e Sul, comunista e capitalista, Hanói era a capital do Vietnã do Norte, enquanto Saigon (hoje Ho Chi Minh City) era do Sul.

Planeje sua viagem:

Hanoi capital Vietna

Além da grande discrepância entre as duas cidades, onde é possível ver ainda um charme mais genuíno em Hanói, com prédios baixos, ruas mais estreitas e mais arborizadas, a cidade também atrai turistas por ser a porta de entrada para uma das maiores atrações do Vietnã, Halong Bay e base para explorar a região montanhosa de Sa Pa, no Norte, na fronteira com a China.

Leia sobre: Halong Bay, Vietnã, o paraíso num país famoso pela guerra.

Como grande parte dos turistas, fizemos o passeio ao paraíso vietnamita, mas optamos por um de duas noites de duração (sem nos arrependermos, pelo contrário) e ao voltar, ficamos com apenas mais um dia disponível para conhecer a capital do Vietnã.

Hanoi capital Vietna Hanoi capital Vietna

Foi um dia bem tumultuado, onde tivemos que nos focar nas atrações que mais queríamos ver e ter consciência de que as visitas teriam que ser bem corridas, o oposto do ritmo lento que estamos acostumados (e preferimos). Sem contar com o sol, brilhando intenso no céu do Sudeste Asiático (só quem foi, sabe o inferno que é).

Grande parte das atrações de Hanói fica no Old Quarter, que é a parte mais antiga da cidade. Ir de um lugar ao outro andando é super comum e foi o que fizemos, não sendo necessário usar transporte público ou táxis para ir de uma atração a outra.

No caos do Vietnã até atravessar a rua vira atração turística

Hanoi

O mais importante ao fazer uma caminhada pelas ruas de Hanói é ter coragem! Sim, pois o trânsito vietnamita é tido como um dos piores do Sudeste Asiático, quiçá do mundo! O pedestre é o menos favorecido em todas as situações, pois caso o trânsito esteja um caos (e vai estar), nada impedirá os motoristas de motos e carros a andar pelas calçadas, e ainda buzinar para que você saia do caminho.

Sinais de trânsito existem, mas parece que ninguém na cidade entende. Para atravessar a rua tem que engolir a seco e ir com a mão na direção dos carros para que eles entendam que não é para passar por cima de você. Isso mesmo, vá com o trânsito fluindo, ficando entre um carro e outro, vendo motos desviando de você, e quando menos perceber, terá atravessado a rua!

Saiba mais: Como planejar sua viagem (e montar seu roteiro) pelo Sudeste Asiático.

1. Cidadela Imperial de Hanói ou Thăng Long

Hanoi capital Vietna

Comece a explorar a capital do Vietnã pela milenar cidadela da cidade, construída em 1010 para ser o palácio real, servindo para esse fim até 1810. Foi amplamente destruída pelos franceses durante a corrida imperialista, mas alguns dos seus prédios conseguiram sobreviver. Durante a Guerra do Vietnã, serviu de base militar para os vietcongues e em 2010 foi reconhecida como patrimônio mundial da UNESCO.

Hanoi capital VietnaHanoi capital Vietna

Para chegar até seu portão principal, que se localiza em sua grande muralha, é preciso atravessar um longo campo onde ficavam alguns dos palácios que foram destruídos pelos franceses. Lá dentro, é possível andar pela muralha e ver ao longe a Torre da Bandeira, onde tremula uma enorme flâmula do país.

O sítio é imenso e impressionante. Em seus fundos ainda se encontram restos arqueológicos de mais prédios destruídos pelos europeus.

Mais Sudeste Asiático: Chiang Rai e o Templo Branco: arte contemporânea em formato de templo budista.

2. Mausoléu de Hồ Chí Minh

Depois da visita à Cidadela, ande até o Mausoléu de Hồ Chí Minh, um dos monumentos mais importantes do país.

Para quem não sabe, Hồ Chí Minh foi o líder do movimento de independência e primeiro presidente do país, governando o Vietnã durante boa parte da guerra em luta pela reunificação. Apesar de ter falecido antes do fim do conflito e nunca ter podido ver de fato seus ideais se concretizarem, sua figura permaneceu como ícone local, sendo ainda hoje idolatrado no Vietnã por seus compatriotas.

Com sua figura tomando tais proporções, nada mais justo, pelo pensamento local, que se erguesse um memorial, inspirado no mausoléu de Lênin, em Moscou, onde se encontra seu corpo embalsamado. Uma vez ao ano (durante os meses de setembro e outubro) seu corpo é enviado à Rússia para manutenção, e infelizmente visitamos a cidade justamente durante esses meses, não sendo possível ver o tão famoso líder.

Para quem for visitar o local, fique atento às regras de etiqueta, sendo proibido trajar roupas acima dos joelhos, comer, beber, fotografar ou filmar em seu interior e saiba que a visitação só é permitida na parte da manhã, então programe-se para isso.

3. Templo da Literatura ou Văn Miếu

Hanoi capital Vietna

Após o mausoléu, é possível caminhar até o Templo da Literatura, um dos prédios mais bonitos da cidade. Construído em 1070, abriga a primeira universidade do Vietnã. Mas, antes de tudo, é um templo confucionista, uma filosofia chinesa criada por Confúcio.

Hanoi capital Vietna Hanoi capital Vietna Hanoi capital Vietna

Com inúmeros jardins verdes e lagos artificiais, dentro de suas muralhas ficam guardados vários pequenos prédios com arquitetura bem singular, em especial o último deles, o próprio templo, totalmente vermelho. Um local de paz em meio ao caos vietnamita.

4. Prisão Hỏa Lò

Hanoi capital Vietna

Hỏa Lò é uma das atrações mais visitadas de Hanói. É uma antiga prisão, hoje transformada em um museu, importante para a história do Vietnã e da guerra contra os americanos.

Foi construída pelos franceses para abrigar os presos políticos durante a colonização do Vietnã pela França. Depois, foi reutilizada pelos vietcongues para prender os soldados americanos capturados durante a guerra do Vietnã. Era conhecida pelos americanos como Hanói Hilton, em referência à grande cadeia de hotéis.

Hanoi capital Vietna

Durante a ocupação francesa chegou a ter mais de dois mil prisioneiros em apenas um ano, num local que só poderia abrigar 450. A maioria desses presos era de militantes que buscavam a independência do país. Viviam em condições subumanas, onde permaneciam durante toda sua estadia com um dos pés algemados, eram mal alimentados e muitos morriam decapitados numa das duas guilhotinas existentes na prisão.

Hanoi capital Vietna Hanoi capital Vietna Hanoi capital Vietna

Já durante a Guerra do Vietnã, muitos americanos, em sua maioria pilotos derrubados de caças, que eram ali presos. No museu é possível ver uniformes dos soldados capturados, sendo um deles o Senador John McCain, candidato a presidente dos Estados Unidos contra Barack Obama em 2008.

Hanoi capital Vietna

Leia também: Phnom Penh, a capital do Camboja e o regime do Khmer Vermelho.

5. Lago Hoàn Kiếm

Hanoi capital Vietna

No final do dia, nada como assistir ao pôr do sol do Lago Hoàn Kiếm, o mais famoso de Hanói. Ao seu redor, vibra a vida urbana da cidade, cheio de prédios com restaurantes em seus topos, com lindas vistas do lago.

Às margens do lago há uma ilhota e nela um templo, o Ngoc Son, sendo possível chegar atravessando uma linda ponte chinesa vermelha.

Hanoi capital Vietna Hanoi capital Vietna

Ao longe ainda dá para enxergar outra ilhota, mas que não é possível ser visitada: a Turtle Island, ou ilha da tartaruga, que possui uma pequena pagoda em homenagem a uma lenda do século XV. No mito, uma gigante tartaruga sagrada reivindicou a espada do imperador da época. Até hoje, acreditam que a espada se encontra no fundo do lago com a tartaruga.

De Ngoc Son é possível ver todo o lago, que durante o entardecer é mais esplendoroso ainda, com a cidade toda iluminada.

Onde ficar hospedado em Hanói

Em Hanói ficamos hospedados em dois albergues da rede Vietnam Backpackers’ Hostels, o Downtown e o The Original.

Vietnam Backpackers’ Downtown

Halong Bay Vietnã

Fica situado numa das ruas mais badaladas de Hanói, no meio do Old Quarter, a Ma May, e é famoso pelo seu clima festeiro. No saguão todo dia acontece algum evento como quiz, brincadeiras, pub crawl, entre outros. Seus quartos são bem confortáveis e seu bar oferece uma comida incrível, desde o café da manhã a hambúrgueres e sucos. Tudo num preço ótimo e dentro dos padrões asiáticos.

Halong Bay Vietnã

É do Downtown que saem os vários tours oferecidos pelo albergue, inclusive o Castaways Island, onde você pode deixar sua mochila tranquilamente no armário deles sem nenhum custo adicional e só levar para Halong Bay uma mochila pequena com o necessário.

Reserve aqui sua hospedagem no Vietnam Backpackers` Downtown

Vietnam Backpackers`s The Original

Halong Bay Vietnam

Primeiro albergue da franquia, o The Original fica perto de grande parte das atrações históricas de Hanói e numa área mais tranquila. O hostel mesmo tem um clima mais calmo que o Downtown, caso você não seja uma pessoa muito festeira. Os quartos são divididos em dois prédios, um de frente para o outro, com camas confortáveis e alguns banheiros até com banheira.

Caso agende algum tour com o Vietnam Backpackers’, como o Castaways Island, mas esteja hospedado no The Original, eles levam você até o Downtown para começar seu passeio sem nenhum custo adicional.

Reserve aqui sua hospedagem no Vietnam Backpackers` Original

*Larissa e Carlos ficaram hospedados em Hanói a convite do Vietnam Backpackers` Hostels

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

3 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.
    • Oi Marcelo, que bom ver os niteroienses indo tão longe! Adoro nossa cidade 🙂
      Sobre Hanói, acredito que 3 dias inteiros seja o suficiente para fazer tudo com calma. Só tivemos um dia na cidade (pois fomos para Halong Bay) e nos arrependemos pois foi muito corrido. Vimos o que queríamos ver, mas curtiríamos mais caso tivéssemos mais tempo.

  • Oi! Estamos indo em Maio para o Vietnã. Vamos ficar 3 dias em Hanoi e apenas uma noite em Halong Bay, no cruzeiro. Vocês acham que seria interessante ficar mais uma noite em Halong Bay? Assim ficaríamos apenas dois dias em Hanoi e dois em Halong Bay. Obrigada!

    • Oi Bruna, depende do que vocês irão ver no cruzeiro. No nosso caso, dormimos em uma ilha, onde o clima era outro, com esportes radicais, festinhas e o próprio cruzeiro em si. Já em um cruzeiro por inteiro, acredito que um dia seja bastante sim.

House Sitting

publicidade

Close