Home » Destinos » Nova Zelândia » Ilha Norte » Um roteiro pelo extremo norte da Nova Zelândia
Ilha Norte Nova Zelândia

Um roteiro pelo extremo norte da Nova Zelândia

Compartilhe este texto!

A Nova Zelândia possui grande parte de seu território desocupado, com enormes áreas rurais praticamente sem cidade alguma. Isto ocorre principalmente no Sul, mas na Ilha Norte também é possível encontrar áreas remotas, praticamente intocadas, como é o caso do distrito de The Far North, o Longínquo Norte em português.

Subindo a SH1 rumo ao norte a partir de Auckland, muita gente segue apenas até a região de Bay of Islands, que é extremamente turística, mas indo um pouco mais além o Far North pode proporcionar locais realmente surpreendentes, que não podem ser vistos em nenhum outro canto do país. E mesmo sendo um região vasta e desolada, 2 ou 3 dias serão suficientes para explorar boa parte de seu potencial.


Leia mais: Saiba como foi nossa visita ao Cape Reinga, o ponto mais ao norte da Nova Zelândia.


O que é possível encontrar em The Far North?

O Far North te dá a possibilidade de visitar as duas costas, o Oceano Pacífico e o Mar da Tasmânia no mesmo dia. Em questão de minutos você pode sair de uma praia e ir a outra num mar completamente diferente. Pode ver o sol nascer no Pacífico e a tarde vê-lo se pôr em direção à Austrália.

Ninety Mile Beach

The Far North Vida Cigana

Banhada pelo Mar da Tasmânia, a Ninety Mile Beach é a maior praia da Nova Zelândia, ocupando todo o lado oeste da Península de Aupouri. O nome “Praia de Noventa Milhas” é um pouco exagerado, sendo mais exato se fosse a “Praia de Noventa Quilômetros”, mas de todo modo, é uma única faixa de areia que ocupa toda a sua visão, se perdendo no horizonte. Em quantos lugares do mundo é possível encontrar algo assim?

Como a maioria das praias do Mar da Tasmânia, a Ninety Mile Beach possui as águas bem claras, mas é violenta, sendo muito procurada por surfistas. O melhor ponto para freqüentá-la e passar alguns dias é o povoado de Ahipara, próximo a Kaitaia.

Giant Te Paki

The Far North Vida Cigana

A Ninety Mile Beach tem um tamanho tão descomunal que possui diferentes regiões dentro de uma só praia. Próximo ao seu extremo norte, pouco antes do Cape Reinga, o gigante Te Paki, ou simplesmente as grandes dunas do oeste, é a grande surpresa da viagem. Como poderíamos imaginar que a Nova Zelândia teria também dunas, como um deserto? É inacreditável chegar lá e dar de cara com aquelas enormes montanhas de areia.

Pelo modo fácil de chegar, seguindo a SH1 durante o trajeto até o Cape Reinga, uma estrada bem demarcada, a Te Paki Stream Road, te leva com toda sinalização necessária até as dunas.

Aos aventureiros, existem tours motorizados que percorrem a Ninety Mile Beach e sobem e descem as dunas partindo de Kaitaia. E para descarga ainda maior de adrenalina, dá pra alugar pranchas de sandboard e descer surfando as montanhas de areia até o córrego que passa logo abaixo.

The Far North Vida CiganaThe Far North Vida Cigana

Cape Reinga

The Far North Vida Cigana

Após percorrer todo o caminho até as dunas, ficam faltando apenas alguns quilômetros para chegar ao Cape Reinga, o ponto mais ao norte do país, onde o Mar da Tasmânia se encontra com o Oceano Pacífico. É um local sagrado para os maori que acreditam que é para onde suas almas vão após a morte, através de uma árvore de 800 anos ainda existente no local. É um local bastante místico e muito visitado.

Spirits Bay

The Far North Vida Cigana

Iniciando a volta do Cape Reinga, a Spirits Bay é uma baía logo do lado esquerdo da estrada onde fica a árvore sagrada para o povo maori. Ali é proibido se aproximar da árvore ou comer perto dela, e também se banhar em suas águas. Possui 12km de extensão e um dos mais famosos campings do país.

Se toda a aventura ainda não foi suficiente, a partir da Spirits Bay Road, em Kapowairua, é possível seguir uma trilha que contorna toda a baía, passando pelo Cape Reinga e descendo a península até as dunas do Te Paki. O trajeto tem 48km de extensão e leva de 3 a 4 dias para ser percorrido.

Henderson e Doubtless Bay

Seguindo rumo ao Sul pela mesma SH1, ainda existem diversas praias do lado do Pacífico que podem ser exploradas com a calma necessária. São locais mais tranqüilos e menos selvagens que a costa oeste.

Na própria SH1, a Henderson Bay oferece alguma estrutura ou, ao passar por Awanui, desvie para a SH10 e siga até Doubtless Bay, onde é possível encontrar uma infinidade de praias, uma para cada ponto cardeal.

Como chegar em The Far North?

The Far North Vida Cigana

Tudo na Nova Zelândia funciona dependendo de um automóvel, e a maneira mais fácil (e mais econômica) é alugar seu próprio veículo e ter a liberdade de montar seu próprio roteiro. No entanto, não ter um carro disponível não é um impeditivo e é possível chegar à região também em tours organizados a partir de Auckland, e especialmente de Bay of Islands.

Recentemente a NakedBus anunciou que disponibilizaria uma rota até Kaitaia, o que facilitaria bastante a visita, mas ainda é algo a ser conferido no futuro.

Onde conseguir hospedagem?

The Far North Vida Cigana

A única cidade da região com alguma infraestrutura é Kaitaia, mas lhe faltam atrativos que compensem uma estadia maior. O povoado de Ahipara, alguns quilômetros além, nas margens da Ninety Mile Beach, oferece boas opções de hospedagem e foi nossa escolha de base para explorar a região.

Conheça a nossa página no Pinterest!

A trilha para o Cape Reinga pode durar de 3 a 4 dias. Ela passa pela Ninety Mile Beach, pelas dunas de Te Paki, até chegar ao ponto mais ao norte da Nova Zelândia, o Cape Reinga. Na foto, uma mulher de cabelos curtos olha para a câmera. Ao fundo, o cape Reinga se encontra, onde o Mar da Tasmânia se encontra com o Oceano Pacífico.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Compartilhe este texto!

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

5 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.
  • ola!
    comentei aqui um tempo atras mas nao obtive resposta! vocês chegaram a ler meu comentario?
    embarco pra nz daqui 1 mes, estou meio perdida com o tempo necessario pra poder ver um pouco de tudo. terei algo como 26 dias para fazer as duas ilhas

    • Oi Fernanda! Desculpe a falta de respostas, a notificação do seu outro comentário não deve ter chegado pra gente.
      26 dias é um tempo bom pra uma viagem pela Nova Zelândia. É mais do que a maioria das pessoas têm, mas pode ainda ficar apertado dependendo da quantidade de paradas que você fizer no caminho. A gente gosta de dormir ao menos três noites em cada cidade para ter tempo de absorver tudo o que há disponível no local, mas há muitos que pensam diferente e você deve ver se este é o seu caso.
      Na ilha Norte ficamos 5/6 dias no Far North e Bay of Islands, uns 7/8 dias em Bay of Plenty também (contando Tauranga, Rotorua e Whakatane) e só passamos correndo por New Plymouth. Em Coromandel e no Oeste de Auckland ficamos hospedados por house sitting, o que nos dava tempo de sobra para explorar cada região e se você curte praias é bom reservar uma ou duas noites em cada local.
      No blog temos textos sobre todas as regiões da Nova Zelândia, leia com calma e veja como cada região se adapta melhor às suas necessidades.

      Um abraço,

  • oiii
    eu fiz intercambio pra nz uns 3 anos atras, e desde que voltei pro brasil to juntando dinheiro pra voltar pra nz.. e agora a hora chegou!
    em janeiro estarei ai de novo.. tenho 35 dias pra aproveitar o máximo que puder. eu ja fiz varias pesquisas, to tentando fazer um roteiro, mas ta muito dificil porque eu quero ver TUDO! e ao mesmo tempo to com medo de ficar nessa querer conhecer tudo e acabar não aproveitando os lugares direito.
    queria saber se voces podem me ajudar na questão de tipo quantos dias voces acham que são necessários pra conhecer cada região.
    ja conheco os principais lugares da ilha sul, queria conhecer bem a ilha norte agora, mas também voltar pra alguns lugares da ilha sul e tentar conhecer o resto (ta foda hahaha)
    to começando uma ideia de roteiro pela ilha norte. pra começar, saindo de tauranga, quero conhecer a área de coromandel, passar em cathedral cove, whangamata, hot water beach, waihi beach etc.. quantos dias voces acham necessário pra conhecer essa região?
    depois tava pensando em ir direto pra bay of islands e the far north, voltar descendo pela costa oeste, ai passar pela região de auckland (piha beach e as outras praias que voces indicaram aqui) e pra terminar quero passar em waitomo caves e new plymouth.
    quanto tempo voces acham que preciso pra fazer tudo isso?

    ps: amei o site de voces, melhor achado que o google me proporcionou! hahaha agora ta muito mais fácil planejar minha viagem!

    obrigada!

    fernanda

  • Oi gente!
    Outro dia deixei um comentario no post de praias em Auckland, mas não tive uma resposta tão rapida quanto no meu primeiro comentario (o que tudo bem!), mas agora fui olhar e nenhum comentario esta mais la, voces chegaram a ler?
    Obrigada!
    Amei as fotos desse post, uma maravilha.

    • Oi Aline! Como seu comentário tinha muitas perguntas que ainda não tinham aparecido, nós respondemos e movemos para o post do Working Holiday Visa, pra ver se ajuda mais gente que tenha as mesmas questões. Dá uma olhada lá. (achei que você receberia uma notificação da mudança – talvez tenha ido como spam)

House Sitting

Booking.com

publicidade

Close