Home » Destinos » Reino Unido » Tower Bridge: A mais famosa ponte de Londres
Reino Unido

Tower Bridge: A mais famosa ponte de Londres

A mais famosa ponte de Londres é a Tower Bridge, que fica perto da Torre de Londres. Possui 2 torres em um estilo arquitetônico parecido com o da torre, cabos azuis e uma passarela em seu topo. Com sorte pudemos visitá-la em um lindo dia de sol. A ponte fica no Rio Tâmisa.

Muitos confundem (e é confuso mesmo, confesso), mas a chamada Torre de Londres não é aquela suspensa, de cabos azuis, próxima à Torre de Londres. Essa é a Tower Bridge e possui esse nome justamente pela proximidade com a torre.

Apesar da verdadeira Ponte de Londres ser mais antiga e historicamente mais importante, a Tower Bridge atrai mais turistas por sua beleza e diferente arquitetura, que segue a da Torre de Londres ali do ladinho, sendo possível passear por dentro dela e ver o Rio Tâmisa de vários ângulos, até mesmo de cima para baixo! Mas isso eu irei explicar mais a frente.

Viaje tranquilo: Veja onde encontrar o melhor seguro viagem internacional e faça a sua cotação para embarcar sem preocupações.

Uma breve introdução à Tower Bridge

A mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, vista da Torre de Londres, na beira do Rio Tâmisa, com suas duas torres, cabos azuis e passarela. O céu nesse dia está parcialmente nublado.

A Tower Bridge foi construída em 1894 sobre o Rio Tâmisa e é uma ponte levadiça, se erguendo para barcos maiores passarem por baixo dela centenas de vezes por ano. Em sua origem, a ponte se erguia através de máquinas a vapor, hoje já são usados recursos eletrônicos para tal.

Já foi cenário para vários filmes como Bridget Jones, Tomb Raider, Velozes e Furiosos 6, Missão Impossível, 007: O Mundo não é o Bastante, entre outros.

Hoje, a Tower Bridge é a ponte de Londres mais visitada e uma das maiores atrações turísticas do país, além de ser uma das pontes mais famosas do mundo.

Veja as melhores opções de hospedagem em Londres.

Visitando a Tower Bridge, a mais famosa ponte de Londres

A mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, vista de sua pista de pedestres, com seus cabos azuis dos dois lados e sua torre norte em frente. O céu está parcialmente nublado.

Visitar a Tower Bridge é bem fácil, pois é uma área bastante turística. Fica entre os distritos de Tower Hamlets e Southwark, ligando as duas partes que são separadas pelo rio. De um lado do Tâmisa temos a antiquíssima Torre de Londres. Já do outro, os prédios ultramodernos do City Hall (a prefeitura da cidade) e do The Shard. A Tower Bridge fica ali no meio, conectando esses dois mundos.

A Tower Bridge possui duas torres gêmeas e o acesso é pelo lado oeste da torre norte, ou seja, a mais próxima da Torre de Londres. A entrada é paga e para saber os valores atualizados, dê uma conferida no site da atração. Caso vá visitar outras atrações em Londres e queira economizar, existe o London Pass, que dá alguns descontos nos ingressos, e explicamos direitinho quando o testamos em nossa visita a cidade.

A parte mais moderna de Londres, com prédios como o The Shard e o City Hall vistos do topo da mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, no Rio Tâmisa. O céu está parcialmente nublado.
O City Hall e o The Shard na parte mais moderna da margem.

Dentro das torres fica todo o sistema que suspende a ponte toda vez que for necessário. Uma exposição permanente, a Tower Bridge Exhibition apresenta salas de exibição com um filme sobre a história da torre e seus construtores, assim como o maquinário, que pode ser visto numa primeira etapa. Depois é só subir até o quarto andar, onde fica uma passarela que provavelmente é o ponto alto da atração.

Por dentro da mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, e a exposição Tower Bridge Exhibition, que mostra como a ponte foi construída. Uma sala escura dentro de uma das torres.

Uma vez na passarela, é só admirar a vista de todo o Rio Tâmisa e dos arredores de Londres. Mas o mais legal é atravessar a ponte olhando para baixo. Caso você não perceba, os outros visitantes irão fazer você notar. É infernal atravessar de uma ponta a outra da passarela com tanta gente deitada no chão olhando os barcos passarem lá embaixo. Adultos simplesmente deixam as crianças deitarem no chão de qualquer forma, bloqueando intensamente a passagem. O que poderia ter sido feito em 10 minutos nos fez demorar meia hora. E olha que é só uma passarela.

Da passarela no topo da mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, é possível ver os barcos passando lá embaixo no Rio Tâmisa. Várias crianças deitam no chão para ver as embarcações passando.O Rio Tâmisa, em Londres visto do topo da passarela da Tower Bridge, a mais famosa ponte de Londres. Na foto é possível ver ambas as margens do rio, com suas construções e o HSM Belfast, um antigo barco de guerra ancorado numa das margens.

Assim que você arrumar o seu cantinho pulando uma perna aqui, um braço ali, tomando cuidado para não pisotear a cabeça de nenhuma criança, tire suas fotos e admire a vista lá embaixo.

O maquinário da mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge. Suas caldeiras eram usadas para acionar a ponte que é levadiça.O maquinário da mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, com suas roldanas gigantes e coloridas que acionavam a ponte levadiça de Londres.

Depois, é só descer os quatro andares da torre sul, saindo dela e ir até a última parte da exposição descendo uma escada a direita ao nível do rio. Num prédio anexo abaixo da ponte fica o enorme maquinário usado na mais famosa ponte de Londres.

Chegando na Tower Bridge

A vista da passarela do topo da mais famosa ponte de Londres, a Tower Bridge, no Rio Tâmisa. Dois pares de pés pisam no vidro com pessoas passando lá embaixo andando na parte pedestre da ponte.

Dependendo de onde esteja, para visitar a mais famosa torre da cidade é mais fácil ir a pé, pois a maioria das pontes londrinas possuem pista para pedestres (só a Tower Bridge é cruzada por dia por 40 mil pessoas!). Assim, independente de que lado do Tâmisa você esteja, é só ir caminhando.

No entanto, a melhor forma de conhecer Londres é de metrô. A cidade tem estações em todos os lados, para todos os gostos. A estação mais próxima da Tower Bridge é a Tower Hill.

Ônibus também passam pela ponte, mas dependendo de onde esteja hospedado, existem várias linhas diferentes. Já carro, em Londres, eu não aconselho a ninguém, é suicídio. Trânsito pesado, aluguel caro, estacionamento abusivo e até certa hora é proibido rodar pelo centro da cidade de carro. Caso descumpra, será multado. Tanto gasto assim em libra não vale a pena, não é?

Para a visitação, o turista pode aproveitar e fazer o combo Torre de Londres + Tower Bridge em um dia. Foi o que fizemos e foi o suficiente.

Save

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

House Sitting

publicidade

Close