Home » Destinos » Estados Unidos » O que fazer em San Francisco: a cidade mais visionária do mundo
Estados Unidos

O que fazer em San Francisco: a cidade mais visionária do mundo

O que fazer em San Francisco: Subir e descer suas colinas

Ao procurar o que fazer em San Francisco, o turista nunca ficará sem opções. Poucos lugares no mundo são tão ecléticos e ousados como esta cidade. Com seus inúmeros bairros históricos e importantíssimos para a cultura mundial, com suas lindas e íngremes colinas repletas de casas vitorianas, é impossível não se apaixonar por San Francisco.

Dos beatnicks às poderosas startups

O que fazer em San Francisco: observar a cidade de diferentes pontos de vista

Não é a toa que San Francisco seja uma das cidades mais procuradas por turistas nos Estados Unidos. Muita coisa de nossa historia recente começou lá. A era hippie, o movimento gay e as sedes de poderosas startups, para citar os maiores exemplos. Tudo isso ainda muito vivo e presente na cidade. E esse é seu grande atrativo.

Em San Francisco, a cada mudança de quarteirão o turista entra num novo capítulo da história:

Foi na Chinatown que Jack Kerouac escolheu para passar parte de sua vida; em Haight-Ashbury onde o movimento hippie viu o seu início; no Castro que Harvey Milk fazia discursos pelos direitos da comunidade homossexual; na Ilha de Alcatraz onde Al Capone ficou preso; e hoje, em suas zonas revitalizadas, onde as maiores empresas do mundo estabeleceram suas sedes, como o Airbnb, Twitter, Lucasfilm, entre outros.

Não interessa o que te trouxe até aqui. Ao listar o que fazer em San Francisco você verá que tem muito mais coisas em comum com a cidade do que imaginava. Viaje com a mente aberta e aproveite.

Planeje sua viagem: Vejas uma seleção com os melhores hotéis de San Francisco

O que fazer em San Francisco, na Califórnia

O que fazer em San Francisco: andar por suas ruas cheias de casas vitorianas

Diante de tantas opções muitos ficam perdidos na hora de decidir o que fazer em San Francisco. E com toda a razão. A cidade tem milhões de facetas e, dependendo do que lhe interesse, seu roteiro pode tomar uma forma completamente diferente do de um outro visitante, por exemplo.

Nós visitamos as atrações clássicas da cidade e mostramos que é possível conhecer cada uma delas em um pouco espaço tempo.

Como um resumo, as principais atividades a serem feitas em San Francisco são:

Golden Gate Bridge

O que fazer em San Francisco: Cruzar a Golden Gate Bridge

A maior atração da cidade de San Francisco indiscutivelmente é a Golden Gate Bridge, a famosa ponte vermelha que atravessa a entrada da Baía de San Francisco. Caso só queira vê-la, o melhor lugar talvez seja o Battery Lancaster, de onde é possível observar toda a extensão da ponte. Torça para que o dia esteja ensolarado, pois nós não tivemos essa sorte (ainda assim, muitos afirmam que a forma mais clássica de ver a ponte é com a neblina).

Com um pouco mais de disposição, dá pra atravessar a ponte a pé ou de bicicleta, e realmente deve ser incrível com toda a vista ao redor, mas fique de olho no clima. Em San Francisco venta bastante e a neblina tem participação quase certa na paisagem. Pode não ser nada agradável atravessar uma ponte extensa como a Golden Gate em condições adversas.

Outra maneira de cruzar a ponte é de carro, e como a maior parte das cidades americanas, ter um veículo alugado é a melhor opção para se deslocar para atrações mais afastadas. Atravessar a Golden Gate motorizado abre a possibilidade de incluir Sausalito no roteiro, e/ou as Muir Woods, no norte da cidade.

Andar de bondinho

O que fazer em San Francisco: Andar de bondinho

San Francisco é uma cidade bastante curiosa, tanto em sua história quanto em sua geografia. Repleta de subidas e descidas, poucos bairros ficam em áreas planas, sendo muitos deles em colinas bem íngremes com vistas maravilhosas para a baía.

Mas para um turista comum, subir e descer tantas ruas por dia pode ser bastante cansativo. Como opção e como uma das atrações mais usadas na cidade, os bondinhos tornam o passeio mais agradável e de certa forma, transportam o viajante para o passado, pois muitos deles ainda são os originais, de 1873. A rota mais popular entre os turistas é o Powell/Mason Cable Car.

Ferry Building Marketplace

Num passado não muito distante, as viagens pelos diferentes cantos da Baía de São Francisco eram feitas através de balsas e muitas delas saíam do Ferry Building. Com a construção das pontes, as balsas foram abandonadas, assim como seus píers. O prédio ficou largado até a década de 90, quando foi revitalizado, trazendo de volta até suas balsas que voltaram a ser usadas depois que o trânsito ficou impraticável.

Hoje o Ferry Building Marketplace é, além de um porto, uma galeria dos melhores restaurantes e barraquinhas de San Francisco. É um lugar perfeito para almoçar, lanchar e jantar. E tudo isso bem no centro da cidade.

Píer 39

O Píer 39 é um dos lugares mais turísticos de San Francisco. É como se fosse um shopping center a céu aberto, cheio de lojas, restaurantes e de onde saem balsas para alguns passeios específicos. Mas o que mais atrai os turistas até lá é uma colônia de leões marinhos que ali vive, como se nada estivesse acontecendo. O cheiro pode não ser dos melhores, mas vale a pena ver os bichinhos (ou bichões) bem de perto.

Do Píer também se tem vistas incríveis da Baía de San Francisco.

Alcatraz

O que fazer em San Francisco: Ir até a ilha de Alcatraz

Alcatraz foi a atração que mais gostamos em San Francisco. Sério. Antes de irmos estávamos com um pé atrás por ser uma prisão, mas o tour se mostrou um dos melhores que já fizemos.

Para visitar Alcatraz é preciso agendar com bastante antecedência, pois é um passeio bastante requisitado. O aúdio tour é a parte alta da ilha, com relatos de antigos presos e de pessoas que trabalhavam ali. Vale a pena cada centavo.

Chinatown

O que fazer em San Francisco: Visitar a Chinatown

San Francisco não está para brincadeira. Quando ela se diz pioneira, ela está falando sério. A primeira Chinatown das Américas e a maior comunidade chinesa fora da Ásia, fica lá. São quarteirões e mais quarteirões de prédios com telhados em estilo pagoda, balões orientais pendurados pelas ruas e restaurantes da mais tradicional culinária asiática. O bairro recebe mais visitantes do que o maior cartão postal da cidade, a Golden Gate Bridge.

O legal da Chinatown é andar por suas ruas, subir suas colinas, que acabam levando a outros cantos interessantes da cidade.

Jack Kerouac Alley e City Lights Bookstore

O que fazer em San Francisco: Visitar o Jack Kerouac Alley e a City Lights Bookstore

Um dos pioneiros da cultura beatnick (antecessora dos hippies durante as décadas de 40 e 50), Jack Kerouac foi um escritor a frente do seu tempo, que em suas viagens, cruzou todo o território dos Estados Unidos e foi pousar durante um tempo em San Francisco, deslumbrado com a vibração da cidade.

O fundador da livraria City Lights, também um escritor da geração beat, resolveu transformar um beco onde antes só eram jogados restos de lixo, no Jack Kerouac Alley. A livraria se tornou famosa pelo fato de seu dono ter publicado a controversa obra de Allen Ginsberg chamada Howl and Other Poems. Desde então é visitada por ser um símbolo da liberdade numa era pré-hippie.

Caffe Trieste

O que fazer em San Francisco: Tomar um café no Caffe Trieste, onde o roteiro de O poderoso chefão foi escrito

San Francisco também é uma cidade ligada à mafia italiana. O maior mafioso do mundo, Al Capone, esteve preso em Alcatraz na década de 1930.

Como se não bastasse, foi em San Francisco que Francis Ford Coppola escreveu o roteiro de O Poderoso Chefão. Para ser mais preciso, foi no Caffe Trieste, um café hoje muito visitado por fãs de um dos filmes mais importantes da história do cinema.

The Mission, The Castro e The Haight

O que fazer em San Francisco: visitar os bairros de Mission, Castro e Haight

 

Na hora de escolher o que fazer em San Francisco, parte de seus dias serão dedicados a somente caminhar por seus bairros históricos. Três deles não podem ficar fora de sua lista: The Mission, The Castro e The Haight.

O The Mission é o bairro mais descolado de San Francisco. Repleto de murais coloridos e lojas da moda, Mission atrai cada vez mais e mais turistas para suas ruas e parques. É o bairro mais antigo de San Francisco, inicialmente com uma grande concentração de latinos, devido à missão católica quando a Califórnia ainda pertencia à Espanha (daí no nome do bairro). Hoje Mission é uma explosão de culturas, com tudo que é mais trendy em seus quarteirões.

O Fabio e o Cleber do Viagens Cinematográficas desbravaram as ruas do The Mission em detalhes e contaram tudo no blog deles.

O que fazer em San Francisco: O bairro de Castro, o bairro gay mais famoso do mundo

O The Castro é o bairro vizinho ao Mission, e foi onde decidimos nos hospedar. É o bairro gay mais famoso do mundo e foi lá que Harvey Milk fazia seus discursos em prol dos homossexuais, sendo ele mesmo um deles. Foi assassinado na região e logo o bairro começou a tomar a forma que tem hoje, com suas bandeiras do arco-íris por todas as partes, até em faixas de pedestres nas ruas.

A Mari, do Ideias na Mala, conta em detalhes o que fazer no bairro de Castro.

Já o The Haight (ou Haight-Ashbury) foi onde o movimento hippie nasceu na década de 60, mudando o panorama mundial. Lojas com roupas psicodélicas, casas vitorianas coloridas, pessoas que ainda estão presas no “verão do amor”, tudo isso ainda pode ser visto pelas ruas de Haight-Ashbury. Foi ali o local escolhido por Janis Joplin para morar em sua curta vida.

Vale a visita por suas lojas de discos, boutiques e para, ao menos por um momento, achar que voltou para a década mais legal da história.

Alamo Square e as famosas Painted Ladies

Muita gente que nasceu na década de 80 cresceu assistindo a Full House (ou, Três é Demais, no Brasil), não é verdade? O seriado se passava em San Francisco e foi o primeiro trabalho das gêmeas Olsen, ainda bebês na época.

Pois bem, é na Alamo Square que ficam as famosas casas coloridas da série, uma ao lado da outra. Muitos vão até lá para vê-las de perto e, mesmo que você não tenha ideia do que seja Full House, vale a pena passar o tempo no gramado do parque e ver como a população local se diverte em dias ensolarados.

Lombard Street

O que fazer em San Francisco: descer a Lombard Street
Infelizmente só conseguimos uma foto de cima para baixo

A Lombard Street é uma das ruas mais conhecidas do mundo devido ao seu formato. Fica em uma ladeira e obriga aos carros que por ela descem a fazer zigue-zague. Caso esteja de carro, aproveite para descer a rua, aposto que você nunca mais irá achar um lugar para fazer isso!

Palace of Fine Arts

O que fazer em San Francisco: Palace of Fine Arts

Um dos prédios mais fotogênicos da cidade, fica no Marina District e já apareceu em filmes e séries como Um Corpo que Cai e Sense8. Foi construído para uma exposição em 1915, mas após ficar abandonado, foi restaurado em 2009. Ótimo para passear por seus jardins e tirar belas fotos.

Muir Woods Monument Park

O que fazer em San Francisco: Visitar o Muir Woods

Já fora da cidade fica uma atração que você não pode deixar de adicionar ao listar o que fazer em San Francisco. O Muir Woods é uma reserva florestal de redwoods (árvores primas das sequóias). Essas árvores são milenares e possuem alturas incalculáveis. Um passeio por lá, depois de visitar o caos da cidade grande, é um alívio.

Não existem transportes públicos para lá nos finais de semana, então o ideal é alugar um carro e ter todo o tempo do mundo para explorar as várias trilhas no interior do parque.

AJUDE O VIDA CIGANA A VIAJAR PARA A ÍNDIA

Leu algum texto no Vida Cigana que foi útil em sua viagem?
Usou alguma dica nossa ao se preparar para embarcar para algum destino?
Esta é sua chance de retribuir 😉

KERALA BLOG EXPRESS

Vote na gente no Kerala Blog Express
Em um minutinho você pode nos ajudar a embarcar para nossa próxima viagem, para a Índia!

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

publicidade

Close