Home » Destinos » Uruguai » O que fazer em Montevidéu, a capital do Uruguai
Uruguai

O que fazer em Montevidéu, a capital do Uruguai

A Plaza Independencia na Ciudad Vieja, em Montevidéu. É a praça mais importante da cidade, onde fica o Prédio Presidencial. Na foto podemos ver de costas a estátua equestre de Artigas, herói uruguaio, com um imenso e antigo prédio com uma só torre no fundo. Várias árvores no estilo de palmeiras no entorno da praça. O céu está nublado, com alguns pontos azuis aparecendo.

Na hora de pensar o que fazer em Montevidéu, tenha em mente que o modo de vida pacato da capital do Uruguai é seu maior atrativo. A cidade apresenta atrações bem estilosas para quem quer conhecê-la e, nas últimas décadas vem crescendo cada vez mais no interesse turístico dos brasileiros, tanto pela sua proximidade com o Brasil quanto por sua vida calma e agradável.

Para ajudar na tarefa montamos um roteiro com diversas atrações para sua viagem por Montevidéu, a capital do Uruguai.

Planeje sua viagem: Veja quais são os melhores bairros para ficar hospedado em Montevidéu

Montevidéu, a capital do Uruguai

Um fusca amarelo está parada em uma rua de Montevidéu, a capital do Uruguai, em frente a casas na Ciudad Vieja.

Montevidéu é a porta de entrada para quem quer conhecer o Uruguai. Tendo um pouco mais de um milhão e meio de habitantes, Montevidéu tem se estabelecido no terceiro lugar na lista de cidades latino-americanas com maior qualidade de vida no mundo, pela The Economist.

Mas não se iluda pela aparência pacata e interiorana de Montevidéu. Suas ruas parecem saídas de outro século, mas seu povo é um dos mais vanguardistas do mundo.

Quantos dias são necessários para conhecer Montevidéu?

Vários guardas com uniformes exóticos está enfileirados na Plaza Constituición, em Montevidéu, no Uruguai, em frente a um edifício. Todos eles seguram espadas.

Pisamos em Montevidéu pela primeira vez em 2010 e foi amor à primeira vista. A capital do Uruguai é pequena e compacta, concentrando grande parte de suas atrações turísticas na área da Ciudad Vieja, antigo bairro da cidade, o que faz com que grande parte do turismo na cidade possa ser feito a pé.

Um casal brasileiro, ela loira, ele moreno, usando roupas de frio monotemáticas, na Plaza Constituición, em Montevidéu, no Uruguai.
Nós em 2010, tão jovencitos. Aiai…

Durante nossa primeira visita passamos uma semana no Uruguai, sendo a maior parte dos dias na capital. Nesta última viagem, em 2016, ficamos apenas em Montevidéu, numa passagem de três dias apenas.

Mas o tempo ideal talvez esteja no meio do caminho: uma semana é tempo em excesso, e três dias faz a estadia ser muito corrida, não deixando que se veja tudo o que dá pra fazer em Montevidéu com toda a atenção que a cidade merece.

Como planejar uma viagem a Montevidéu

Morangos montados em uma banca de fruta em formato de coração, com uma placa escrito "frutillas", que significa "morangos" em espanhol. Essa banca fica em Montevidéu, no Uruguai.

Caso o medo de não falar espanhol seja uma barreira, trate de esquecer o problema. Devido à enorme massa de turistas brasileiros que visita o Uruguai, suas cidades estão repletas de pessoas que falam português. É muito comum tentar improvisar um portunhol e os garçons começarem a falar português por perceberem que seu cliente é brasileiro.

É bom também ficar de olho na época do ano em que visitará a capital do Uruguai. Em nossa primeira viagem fomos no inverno, não tivemos um dia de sol e passamos muito frio. Já nesta segunda ida, estivemos em Montevidéu no início da primavera e pegamos dias mais agradáveis, apesar de na cidade ventar bastante em qualquer época do ano.

Uma praia em Montevidéu, no Uruguai, com uma grande faixa de areia e o rio de la Plata com uma tonalidade escura. O céu está nublado e ao fundo podem ser vistos os prédios na Rambla.
Playa Pocitos

Mas não se preocupe, tanto no inverno quanto no verão não faltarão coisas a fazer em Montevidéu durante sua viagem.

Outro detalhe importante para se preocupar é com a quantidade de dinheiro a ser levado. Atualmente o Uruguai é um país mais caro que o Brasil e comer por lá de forma barata é praticamente impossível. É extremamente difícil achar um prato por menos de 30 reais, e digo isso até dos mais simples. Uma garrafinha de Coca-Cola sai por quase 10 reais!

O que fazer em Montevidéu, a capital do Uruguai

Um mural de graffiti na calle sarandí, em Montevidéu, no Uruguai. No mural pode ser lido "Yo amo mi barrio" e "Montevideo". As letras são coloridas e com diferentes fontes.
Street art na Calle Sarandí

Que todos sabem que a capital do Uruguai é um lugar interessante a ser visitado pela sua proximidade ao Brasil, isso é fato. Muita gente vê Montevidéu como uma primeira oportunidade para viajar para fora do país, mas poucos sabem de fato o que irão encontrar pela cidade.

A capital do Uruguai é pequena e pode ser vista por inteiro numa rápida visita, e aqui vamos enumerar o que fazer em Montevidéu:

Plaza Independencia

Plaza Independencia, em Montevidéu, no Uruguai. Na foto vemos a estátua equestre de Artigas ao fundo, um uma torre antiga. Em primeiro plano vemos um jardim cheio de flores coloridas, em cores rosas e amarelas. Várias árvores altas parecidas com palmeiras estão redor. O céu está parcialmente nublado, com alguns pontos azuis no céu.

A Plaza Independencia é o coração de Montevidéu. Foi inaugurada em 1840 devido à expansão de Montevidéu para além da Cidade Velha. Em seu centro encontra-se a estátua equestre de Artigas, o maior herói uruguaio, um dos responsáveis pelo movimento de independência das colônias espanholas. Seus restos mortais se encontram no subterrâneo da praça, mas infelizmente, nas duas vezes que visitamos a cidade, o espaço estava fechado.

A Plaza Independencia é onde tudo ocorre. Lá fica o Prédio Presidencial e vários edifícios históricos. Além disso, seus jardins ficam lindos durante a primavera, e todos os moradores usam o entorno para tomar sol, passear com os cachorros e ver a vida passar.

Teatro Solís

Teatro Solís, em Montevidéu, no Uruguai. A foto foi tirada a noite, com o teatro todo iluminado com luzes amarelas. O teatro é muito bonito, cheio de colunas clássicas e um enorme frontão. Pessoas caminham até ele.

O Teatro Solís é um dos pontos máximos da cidade. Inaugurado em 1856 com arquitetura bem próxima dos teatros italianos, vive em constante movimento. Visitas guiadas pelo interior do teatro são diárias e bem baratinhas.

Caminhar pela Calle Sarandí

Calle Sarandí, em Montevidéu, no Uruguai, com a Puerta de la Ciudadela em primeiro plano, e uma torre gigantesca ao fundo. Vários prédios ao redor. A Puerta de la Ciudadela é um arco bastante antigo. O céu está nublado.

A Calle Sarandí é uma rua de pedestres que começa na Puerta de la Ciudadela – o único resquício da antiga muralha que cercava Montevidéu na condição de colônia – e termina no porto.

É bastante interessante caminhar pela Sarandí observando suas várias feiras, que vão desde artesanato a bancas de chimarrão, passando por praças e prédios importantes, como a Plaza Constituición e a Catedral Metropolitana de Montevidéu. Fique de olho também nos vários murais de street art espalhados pela rua.

Plaza Constituición

Plaza Constituición, em Montevidéu, tida como a praça mais bonita da cidade. Na foto, um chafariz branco com vários anjinhos ao redor. Ao fundo, árvores verdes por todos os lados.

A Plaza Constituición é a mais bonita e mais antiga de Montevidéu. Visitamos a praça no inverno e na primavera – e ela é linda de todas as formas, com árvores peladas ou cheias de verde.

Catedral Metropolitana de Montevidéu

O interior da Catedral Metropolitana de Montevidéu. Muito bonita, com paredes brancas, mas iluminação amarelada, dando um ar acolhedor. Vários bancos com poucas pessoas sentadas, vários candelabros negros pendurados.

Fica em frente a Plaza Constituición e é a mais importante igreja católica do país. Fica no terreno da antiga igreja matriz da cidade, que ruiu em 1788. A Catedral é muito importante para a história do Uruguai, pois ali foi feito o primeiro juramento da recém liberta nação uruguaia e foi abençoada a primeira bandeira do país.

Plaza Zabala

Plaza Zabala, em Montevidéu. Na foto, uma estátua equestre de Zabala se encontra no meio da praça. A estátua é cercada de árvores verdes e vários pássaros voando por cima da estátua. O céu está parcialmente nublado.

É uma praça de inspirações parisienses e com um formato bem incomum, pois não é paralela às ruas. Possui esse nome em homenagem ao fundador da cidade e uma estátua do mesmo se encontra em seu centro.

Iglesia de San Francisco de Asís e Catacumbas (Cripta del Señor de la Paciencia)

Uma igreja vista de baixo para cima. Seu teto está em reforma, cheio de falhas nas paredes. As paredes são brancas e possuem várias sacadas para dentro da igreja. Essa igreja fica em Montevidéu, no Uruguai, e se chama Iglesia de San Francisco de Asís.

A primeira igreja da capital do Uruguai foi construída pelos jesuítas em 1724, mas depois passada às mãos dos franciscanos. Estava passando por uma grande reforma quando visitamos, mas mesmo assim estava aberta à visitação.

Já a Cripta del Señor de la Paciencia está aberta todas as sextas do ano. A entrada é bem ao lado da igreja. Para os curiosos, deem uma olhada nesse site que possui fotos e um vídeo do lugar.

Mercado del Puerto

Homem fazendo churrasco uruguai numa grelha gigante, com bastante fumaça. Uma luz amarelada está no ambiente. A foto foi tirada no Mercado del Puerto, em Montevidéu.

O Mercado del Puerto é o lugar mais conhecido da cidade para experimentar um autêntico churrasco uruguaio. Como muitos sabem, assim como no Sul do Brasil, o Uruguai é conhecido por suas carnes, e provar da culinária local se torna uma obrigação a qualquer viajante.

Sabendo disso, nada melhor que frequentar um local onde vários restaurantes se reúnem apresentando os mesmos pratos. É um local bastante turístico onde grande parte dos frequentadores não são uruguaios, então espere ser assediado a cada curva por atendentes.

No mercado também é possível ver as famosas churrasqueiras uruguaias, onde todas as carnes são feitas juntas, tudo com muito calor e fumaça.

Uma vez lá, é só escolher o restaurante que melhor agradar, sentar no balcão e comer. Mas fique atento às promessas feitas pelos atendentes. Como todo local extremamente turístico, eles irão falar de mil maravilhas sobre seus restaurantes, e na hora de cobrar, nada daquilo será cumprido!

Palácio Legislativo

O Palácio Legislativo de Montevidéu. Ele tem um estilo clássico, com sua fachada repleta de colunas e frontões. O Palácio se encontra ao fundo. Na frente, uma praça com um pouco de grama verde e chão de terra batida fica em primeiro plano. O céu está parcialmente nublado, com alguns trechos azuis.

O Palácio Legislativo é um prédio lindíssimo e imponente, onde estão a Câmara e o Senado do país. Fica no final de uma enorme avenida no Centro, dando mais destaque ao edifício. É possível fazer uma visita em seu interior, que é tão lindo quanto seu exterior.

Não fizemos a visita interna, mas caso queira saber mais detalhes, o Meus Roteiros de Viagem conta sobre.

Torre de las Telecomunicaciones

Três pessoas, dois homens e uma mulher, olham do topo de um mirante em Montevidéu, no Uruguai. Lá de cima é possível ver a orla da cidade. O céu possui alguns trechos azuis, mas está parcialmente nublado. Eles usam roupas de inverno.

O prédio mais alto da cidade permite que os turistas visitem seu topo para uma vista de 365 graus da cidade. É um edifício bem novo, finalizado em 2002 e possui 35 andares. Fica no bairro de Aguada.

Parque Rodó

Parque Rodó, em Montevidéu. Cheio de árvores verdes, um lago de cor marrom, onde as árvores refletem em suas águas, um coreto branco em estilo clássico pode ser visto ao fundo.

O Parque Rodó é um dos maiores e mais populares parques da cidade. Fica no bairro de Punta Carretas. Ele engloba parques de diversões, anfiteatros, campos de golf, campos de futebol e até um cassino. Seu lago atrai inúmeras pessoas que querem somente relaxar e tomar seu chimarrão (é praticamente impossível achar um uruguaio sem seu chimarrão embaixo do braço).

Caminhar pelas Ramblas

Praia em Montevidéu, no Uruguai, na beira do Rio de la Plata. Ao fundo se vê a cidade, com seus prédios. O mar tem tom acizentado e a areia é amarelada. O céu está nublado.

As Ramblas são enormes avenidas na beira do rio. A parte mais famosa delas é a Rambla de Republica del Perú, onde fica a Playa Pocitos, muito frequentada no verão. Caminhar pela orla das ramblas é passeio obrigatório na lista do que fazer em Montevidéu, onde é possível ver a vida em torno do Rio de la Plata.

Estádio Centenário

Um homem e uma mulher sentados em fila no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O estádio é imenso e possui vários cores em suas arquibancadas e é obrigatório na hora de decidir o que fazer em Montevidéu. O céu está nublado, mas possui cores do pôr do sol, em tom alaranjado. O campo de futebol é verde e pode ser visto lá embaixo.

O Estádio Centenário é um dos símbolos do Uruguai e do futebol mundial. Foi sede da primeira copa do mundo de futebol, em 1930, e fica no bairro de Parque Battle. Mesmo para quem não for fã de futebol, vale a pena uma visita, pois o estádio é histórico e, mesmo com sua má conservação e aparência decadente, tem muito o que revelar. Em seu entorno fica o Parque Battle, onde existe um complexo esportivo e muita área verde.

Jardim Botânico de Montevidéu

O Jardim Botânico de Montevidéu não é dos programas mais turísticos, mas lá se vê a vida uruguaia na visão de um local. Fica no bairro de Prado, uma zona nobre da cidade, com casarões antigos e muitas zonas arborizadas. Caso tenha mais tempo na cidade, vale a pena dar uma passada lá e ver seu roseiral.

Para quem quiser mais detalhes, dê uma olhada no texto do Nós no Mundo sobre o lugar.

Onde ficar em Montevidéu*

Mulher de toca rosa e vestido preto estampado, usando meia calça preta e tênis preto está apoiada em um mural de graffiti em Montevidéu, no Uruguai. Na arte podemos ver dois olhos abertos. O mural é todo azul.
Street art em Punta Carretas

Como disse anteriormente, a maior parte das atrações turísticas da capital do Uruguai fica na região da Ciudad Vieja. Lá foi onde a cidade começou e onde estão seus prédios históricos, seu centro comercial, suas praças mais antigas e suas feirinhas. Tem um visual meio largado e decadente, parecendo um bairro parado décadas atrás, sem muitas modernidades, mas é uma mão na roda pra quem gosta de caminhar.

Além da Ciudad Vieja, uma região que está sendo cada vez mais procurada por turistas com um pouquinho mais de poder aquisitivo é a de Punta Carretas/Pocitos/Buceo. São três bairros diferentes, mas que se misturam devido a sua semelhança e proximidade.

Lá ficam as praias da cidade, banhadas pelo Rio de la Plata, os prédios modernos e as lojas descoladas. Para quem quer fazer compras, é o melhor lugar.

Esplendor Montevideo

Mulher ruiva de cabelo curto sentada na beira de uma piscina aquecida bem luxuosa. A mulher veste um vestido curto estampado com formas geométricas em tons de vermelho. O spa está escuro, somente com luzes vindo da piscina e dois focos de luz na parede. Uma escada para dentro da piscina fica ao fundo. As paredes são pretas e o teto, branco.

Nós tivemos a sorte de poder experimentar um pouco das duas áreas turísticas da cidade. Durante dois dias nos hospedamos no Esplendor Montevideo, um maravilhoso hotel boutique localizado no centro, bem próximo à Ciudad Vieja.

O Esplendor apresenta tudo que um turista deseja, principalmente em dias frios como os que pegamos em Montevidéu. Ele tem um visual acolhedor, com cores quentes e móveis superconvidativos. Os quartos possuem camas imensas, banheiros com banheira e uma área para trabalhar. Além disso, o hotel conta com um spa servido de piscina aquecida e sauna. O café da manhã é ótimo, com tudo de bom para começar o dia e com uma vista incrível do entorno.

Faça sua reserva no Esplendor Montevideo

Dazzler Montevideo

Homem debruçado num parapeito no topo de um prédio em Montevidéu, no Uruguai. O homem é moreno, com barba, usa uma blusa cinza e um cachecol de lã cinza e branco. Lá embaixo é possível ver a cidade uruguai, com vários prédios baixos e árvores verdes. O céu está nublado.

Já no nosso terceiro dia na capital do Uruguai ficamos no Dazzler Montevideo, um hotel maravilhoso em Punta Carretas, cercado de centros comerciais e pertinho das Ramblas. Com quartos enormes e aconchegantes, banheiros com banheira e também com spa, o Dazzler possui um visual mais clean e moderno.

O café da manhã é bem parecido com o do Esplendor – ambos são da mesma rede – e na cobertura do hotel existe uma piscina, caso vá em dias quentes, com uma vista sensacional de Montevidéu.

Faça sua reserva no Dazzler Montevideo 

 

*Larissa e Carlos se hospedaram em Montevidéu a convite do Esplendor Montevideo e do Dazzler Montevideo.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

22 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

publicidade

Close