Home » Destinos » Ucrânia » O que fazer em Kiev, a capital da Ucrânia
Ucrânia

O que fazer em Kiev, a capital da Ucrânia

O que fazer em Kiev: A Catedral de São Miguel das Cúpulas Douradas, com suas paredes azuis, cúpulas douradas, num pátio com árvores e céu azul

A Ucrânia ainda é um país muito distante dos brasileiros, mas também é um dos lugares mais baratos da Europa para viajar. Abaixo elaboramos uma lista do que fazer em Kiev para mostrar que a capital ucraniana é um lugar incrível e que vale a pena figurar entre os destinos escolhidos por brasileiros que vão à Europa procurando ver algo além dos roteiros usuais. Além de descobrir uma cultura única, será possível também gastar bem pouco em uma visita à cidade.

Por que visitar Kiev?

O que fazer em Kiev: Um street art nos fundos de um prédio

Kiev é uma das maiores e mais antigas cidades da Europa, tendo sido fundada no século V. De lá pra cá, cresceu e passou por diversas invasões, até a região que hoje forma a Ucrânia ter sido incorporada pela União Soviética. Com isso, a influência da Rússia sobre a cidade que já era grande desde o século XIX, ainda pode ser vista nos dias de hoje, com a maior parte da população de Kiev falando russo ainda (sendo o ucraniano um idioma bem próximo), ao contrário do que se vê em cidades menores na Ucrânia.

Hoje, Kiev, ao contrário das maiores cidades da Rússia, se tornou uma cidade bem mais cosmopolita devido a sua maior conexão com a Europa. Num exemplo simples do viajante perceber, é muito mais fácil se comunicar em inglês por lá do que na Rússia.

Assim, Kiev acaba sendo um ponto interessante de conexão entre as culturas russa e europeia. É o melhor exemplo de antiga cidade soviética, que se desenvolveu de uma forma em que é fácil notar sua conexão com o resto do mundo. Visitar a cidade com este olhar é uma experiência incrível, e ainda melhor por tudo poder ser feito de forma bem barata.

Mas atenção em sua visita: Foi justamente a maior inclinação da Ucrânia em se aliar a União Europeia (rompendo os laços históricos com a Rússia) que gerou a crise política existente entre os dois países. Hoje, a população ucraniana, devido a disputas territoriais e políticas com a Rússia, possui certa resistência a temas russos, então nem pense em confundi-los com os primos eslavos do norte, pois eles podem se sentir ofendidos.

O que fazer em Kiev

O que fazer em Kiev: Uma placa escrita Eu amo Kiev, na Praça da Independência

Kiev não é das cidades mais bonitas, mas que compensa a falta de beleza pela excelente qualidade de vida. O principal diferencial é que por lá não é preciso muito para ter um padrão de vida alto. Seus restaurantes são super acessíveis, com pratos dos mais variados, ruas estilosas – dependendo, claro, da região da cidade que visite, apartamentos grandes e belas igrejas douradas, nos padrões eslavos. Além disso, no verão é possível pegar uma praia nas margens do Rio Dniepre!

Nós ficamos em Kiev por 3 semanas depois da Copa do Mundo de futebol na Rússia, e descobrimos uma cidade barata e encantadora. Kiev não pode ficar de fora caso seu interesse seja em conhecer o Leste Europeu que ainda não foi descoberto de fato pelas massa de turistas.

Ao decidir visitar o país, a capital tem muitas atrações e ainda pode servir de base para explorar outras regiões, como a cada vez mais procurada visita à usina de Chernobyl.

Como resultado de nossa estadia na capital ucraniana, listamos o que fazer em Kiev de mais importante, com uma reunião de museus, praças, monumentos e prédios importantes na cidade. Caso seu tempo na cidade seja curto, talvez um tour em um ônibus hop on/hop off seja a melhor escolha.

  1. Praça da Independência (Майдан Незалежності)
  2. Mosteiro de São Miguel das Cúpulas Douradas (Михайлівський золотоверхий монастир)
  3. Catedral de Santa Sofia de Kiev (Собор Святої Софії)
  4. Igreja de Santo André (Андріївська церква)
  5. Monumento de São Vladimir
  6. Museu Nacional de Chernobyl
  7. Portões Dourados de Kiev (Золоті ворота)
  8. Catedral de São Vladimir (Собор святого Володимира)
  9. Arco da Amizade entre as Nações (Арка дружби народів)
  10. Hidropark (Гідропарк)
  11. Museu do Estado Ucraniano da Grande Guerra Patriótica e o Monumento da Mãe Pátria (Музей історії України у Другій світовій війні)
  12. Mosteiro de Kiev-Petchersk (Печерська лавра)
  13. Arsenalna (Арсена́льна)

Praça da Independência (Майдан Незалежності)

O que fazer em Kiev: A Praça da Independência, com seus prédios soviéticos em meia lua

A Praça da Independência é a mais importante de Kiev. Ela fica no coração da cidade e possui esse nome devido aos protestos de independência da União Soviética ocorridas ali no começo da década de 1990. Até hoje ela é o palco de protestos e manifestações que ainda ocorrem no país devido a disputas territoriais com a Rússia e problemas do governo com a União Europeia.

A maior rua de Kiev, chamada Khreshchatyk, cruza a praça e durante os domingos ela é fechada para o lazer. Cheia de fontes, edifícios institucionais e instalações sobre as manifestações ocorridas ali, é um lugar que não pode ser deixado de fora do seu roteiro em Kiev.

Mosteiro de São Miguel das Cúpulas Douradas (Михайлівський золотоверхий монастир)

O que fazer em Kiev: A Catedral de São Miguel das Cúpulas Douradas, visto de sua entrada

Construído em 1050 por Esvetopolco II, no alto de Kiev, o mosteiro foi a primeira igreja do país a possuir as cúpulas douradas, o que virou uma moda arquitetônica posteriormente. Suas fachadas são em estilo barroco ucraniano enquanto o interior é bizantino. É uma das igrejas mais lindas da cidade, com as paredes azuis e imenso pátio interno, que conectam o mosteiro a igreja.

O que fazer em Kiev: O interior do pátio do Mosteiro

A igreja hoje ali erguida é uma reconstrução da original destruída durante a década de 1930 pelos soviéticos (que tinham como intuito destruir tudo que remetesse aos tempos monárquicos e à religião). Seus mosaicos internos em parte são originais, pois foram retirados por especialistas antes da demolição do prédio. O refeitório do mosteiro foi o único edifício do complexo que continuou em pé e serviu de vestiário para o futuro complexo esportivo construído ali depois da demolição. Sua reconstrução só terminou em 1999, mas a reposição de todos os mosaicos internos, vindos de Moscou, só foi finalizada em 2006.

Ao visitar as igrejas ortodoxas na Ucrânia, esteja ciente de usar roupas adequadas, cobrindo joelhos e ombros, além de levar sempre um lenço para cobrir a cabeça no interior dos edifícios, no caso das mulheres.

Catedral de Santa Sofia de Kiev (Собор Святої Софії)

O que fazer em Kiev: A Catedral de Santa Sofia de Kiev, com sua torre na entrada em tons pasteis, com uma cúpula dourada

Atravessando a rua, em frente ao Mosteiro de São Miguel das Cúpulas Douradas fica a Catedral de Santa Sofia, construída em 1011 em homenagem a Hagia Sophia, famosa catedral bizantina construída no século VI na atual Istambul. A catedral é um dos maiores e mais conhecidos pontos turísticos da cidade, tendo sido o primeiro monumento ucraniano integrado à lista de patrimônios mundiais da UNESCO.

Magnífica, possui 13 cúpulas, algo raro para as igrejas em estilo bizantino. Bem conservada, ainda apresenta seus afrescos e murais originais do século XI, mas durante o regime soviético os serviços religiosos foram encerrados e a igreja se tornou um museu. Ainda hoje, mesmo sob protestos, a igreja não retornou para as mãos ortodoxas e funciona como o Museu da Cristandade Ucraniana.

Igreja de Santo André (Андріївська церква)

O que fazer em Kiev: A Igreja de Santo André, no alto de sua escadaria, com paredes em tons de azul piscina em estilo italiano

Uma das igrejas mais bonitas de Kiev, a Igreja de Santo André fica no alto de uma colina e possui uma vista linda de toda a cidade lá de cima. Para chegar até lá é preciso subir uma escadaria e pagar para o ingresso ao local.

É uma igreja barroca construída em 1747 e, de acordo com a Crônica de Nestor, foi exatamente nesta colina que Santo André ergueu uma cruz no século I, após a morte de Cristo. Como está passando por um processo de restauração, está fechada para visitações internas, pois parte de suas fundações estão sendo deterioradas por ter sido construída em terreno acidentado.

O que fazer em Kiev: O Beco Peizazhna com seus personagens de histórias infantisO que fazer em Kiev: O Beco Peizazhna com seus personagens de histórias infantis

Da igreja, aproveite para caminhar pelo parque ao lado, onde fica o Museu Nacional da História da Ucrânia, e trilhar o caminho de azulejos do Beco Peizazhna com personagens em travesseiros de pedra cobertos de mosaicos como o Pequeno Príncipe e o Gato de Alice no País das Maravilhas. É um pedaço mágico de Kiev, que fica lindo durante o pôr do sol.

Monumento de São Vladimir

O que fazer em Kiev: O Monumento de São Vladimir de costas, com o Rio Dniepre ao fundo, cercado de árvores

Às margens do rio Dniepre, fica um enorme monumento a São Vladimir, responsável por batizar os antigos povos que dominavam era área, no século XI. Localizado em cima de uma colina, no meio de um parque bastante arborizado, a escultura do santo em si é bem simples, mas um dos marcos da cidade. As vistas que se tem do rio visto de lá são as mais bonitas de Kiev.

Museu Nacional de Chernobyl

O que fazer em Kiev: O interior do Museu Nacional de Chernobyl, incrível e impactante, com suas paredes escuras e objetos da zona excluída

Uma das atrações mais interessantes e impactantes de Kiev, o Museu Nacional de Chernobyl explica todo o processo que desencadeou no maior desastre nuclear da história, na cidade de Chernobyl, a alguns quilômetros de distância de Kiev.

O museu é bastante completo, com mapas, guias, objetos, tudo bastante detalhado e realista. Caso você tenha ido para a Ucrânia para visitar Chernobyl, faça questão de ir nesse museu antes ou depois do tour, para entender a complexidade do acidente. Caso faça o tour para Chernobyl com a Chernobyl Welcome, aproveite e visite o museu de graça, pois o ingresso já está incluído no valor do passeio.

Portões Dourados de Kiev (Золоті ворота)

O que fazer em Kiev: Os Portões Dourados de Kiev, uma mistura de prédio de pedra e madeira

O principal e um dos antigos portões de entrada da cidade amuralhada de Kiev, que foram construídos no século XI, serviam de proteção para a cidade durante invasões. Existiam 3 entradas para a cidade, sendo este o portão Sul, junto com os outros dois, o portão judeu e polaco. Estes últimos foram destruídos em antigas invasões, só restando o sul, o principal deles, que ficou sendo chamado de Grande Portão de Kiev.

Este Grande Portão foi destruído pelas invasões mongóis no século XIII e dele restaram apenas ruínas, que foram reconstruídas do zero pelos soviéticos em 1982, comemorando o aniversário de 1500 anos da cidade. Até hoje não se sabe exatamente a forma que o portão original tinha e por isso sua reconstrução foi um tanto controversa. Ainda assim atrai muitos turistas ao local.

Catedral de São Vladimir (Собор святого Володимира)

O que fazer em Kiev: A Catedral de São Vladimir, com suas paredes amarelas em contraste com o céu azul cheio de nuvens brancas

A Catedral de São Vladimir é a mais importante da Igreja Ortodoxa Ucraniana. Foi construída no século XIX em comemoração dos 900 anos do batismo do povo ancestral que ali morava, chamado de Rus’, que hoje pode ser conhecido como os originários dos eslavos. São Vladimir foi o responsável pelo batismo em massa, e por isso, foi dado seu nome à catedral.

A construção da igreja foi caríssima e foram usados doações de fiéis de toda Rússia e Ucrânia. Os azulejos usados em seus mosaicos vieram de Veneza; os tijolos dourados foram feitos no Mosteiro de Kiev-Petchersk, em Kiev e seus afrescos, desenvolvidos por importantes pintores da época. Ali foram armazenados as relíquias oriundas de Santa Bárbara, que antes ficavam no Mosteiro de São Miguel das Cúpulas Douradas, que foi demolido durante a União Soviética.

A Catedral não só sobreviveu às tentativas de destruição soviéticas, como era um dos únicos locais da União Soviética onde turistas podiam frequentar missas ortodoxas.

Arco da Amizade entre as Nações (Арка дружби народів)

O que fazer em Kiev: O Arco da Amizade entre as Nações, com as estátuas soviéticas embaixo

Um clássico monumento soviético, feito em aço no formato de um enorme arco íris, o Arco da Amizade fica em um lugar bastante privilegiado da cidade, de onde é possível ver toda Kiev. Foi construído em 1982 durante o 60º aniversário da União Soviética e do 1500º aniversário de Kiev.

Na base do arco ficam as estátuas de um trabalhador russo e um ucraniano segurando a bandeira da amizade entre as nações. Em 2016, o governo ucraniano decretou a demolição do arco de acordo com as leis de remoção de monumentos comunistas do país, mas ainda hoje o arco continua lá. Durante a Eurovision de 2017, o arco foi pintado nas cores do arco íris e renomeado de Arco da Diversidade, como símbolo da parada gay de Kiev, que começou tímida, mas hoje já alcança proporções maiores.

Hidropark (Гідропарк)

O que fazer em Kiev: Uma das praias em Hidropark, com o centro de Kiev ao fundo

Durante o verão não há melhor lugar para ir em Kiev do que o Hidropark. É um conjunto de praias nas margens do Rio Dniepre, nas ilhas de Veneza (Венеціанський) e Dolobetsk (Долобецький). Sendo possível chegar lá de metrô, elas ficam cheias mesmo durante a semana, com atividades aquáticas, ioga, quiosques na beira do mar, vôlei, entre outros.

A cor das águas não são as mais atrativas, mas a temperatura é agradável e as águas são limpas. É possível também fazer stand up paddle e andar de caiaque. Além disso, possui restaurantes, boates e academias.

Museu do Estado Ucraniano da Grande Guerra Patriótica e o Monumento da Mãe Pátria (Музей історії України у Другій світовій війні)

O que fazer em Kiev: O Monumento da Mãe Pátria a esquerda, com soldados soviéticos em primeiro plano na beira de uma fonte

A Grande Guerra Patriótica é a forma que a Rússia e os antigos países da União Soviética chamam a Segunda Guerra Mundial. A União Soviética foi a nação que mais perdeu soldados durante a guerra e sua participação foi fundamental para a vitória dos países aliados.

O Museu do Estado Ucraniano da Grande Guerra Patriótica é um enorme complexo repleto de túneis, esculturas soviéticas e veículos de guerra, como tanques e aviões. No topo do complexo se encontra a imponente estátua do Monumento da Mãe Pátria, uma enorme escultura soviética no melhor estilo estátua da liberdade, com uma mulher segurando um escudo com a foice e o martelo com uma das mãos e uma espada com a outra. É enorme e lá de cima é possível ter belas vistas da cidade.

Mosteiro de Kiev-Petchersk (Печерська лавра)

O que fazer em Kiev: Uma mulher caminhando por um arco no mosteiro

Obrigatório em sua lista do que fazer em Kiev, o Mosteiro de Kiev-Petchersk, ou Lavra, é o mais antigo da Ucrânia e figura atualmente na lista de patrimônio mundial da UNESCO. É um dos locais mais importantes da Igreja Ortodoxa e está em funcionamento desde 1051.

É um complexo religioso bastante grande, cuja área toma uma colina inteira. Todo murado, em seu interior ficam vários edifícios religiosos com missas constantes, rezadas em grego, da forma tradicional. Com tantos prédios diferentes em um mesmo espaço, talvez a melhor opção seja contratar um guia para explicar cada um dos lugares e lendas do lugar num tour de 2 horas.

O que fazer em Kiev: Uma das igrejas do Mosteiro de Kiev-Petchersk

Mas, o mais curioso de tudo no complexo, e o que mais atrai os turistas, são suas cavernas. No interior de uma das igrejas fica um complexo de cavernas repletas de capelas e corpos de personalidades importantes para a igreja ortodoxa da Ucrânia. O ambiente, como atração turística, cria uma situação bastante bizarra, pois os visitantes caminham junto aos fiéis por dentro de corredores escuros e estreitos no fundo de cavernas. Com muitos carregando velas acesas, passam por corredores repletos de caixões, muitos deles feitos de vidro onde é possível ver os corpos dentro. É uma experiência bem louca e intensa, que confesso ter tido vontade de sair rápido dali quando vi do que se tratava. É proibido tirar fotos nas cavernas.

Arsenalna (Арсенальна)

O que fazer em Kiev: As escadas rolantes da estação de metrô Arsenalna, a mais funda do mundo

Arsenalna é a estação de metrô mais funda do mundo, com 105 metros e meio de profundidade. Não é uma estação bonita e não possui muitas coisas importantes em seu entorno, mas é bastante visitada devido ao seu “título”. Vale pela curiosidade de descer as longuíssimas escadas rolantes sem saber onde irão parar.

Salve estas dicas de Kiev no Pinterest!

O que fazer em Kiev, a capital da Ucrânia. Kiev é uma das capitais mais baratas da Europa, mas não é muito conhecida por brasileiros. Ainda assim, a cidade apresenta inúmeras atrações interessantes, que pudemos listas durante nossas 3 semanas na cidade.
O que fazer em Kiev: mostramos as melhores atrações dessa, que é uma das cidades mais baratas da Europa, com uma cultura bem diferente do resto do continente. Nesse texto listamos o que fazer na capital ucraniana, onde vivemos por 3 semanas.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
AIRBNB
Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe R$100 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

rbbv abbv

publicidade