Home » Destinos » Brasil » Onde ficar em Manaus: os 3 melhores bairros e o cruzeiro pelo Amazonas
Brasil

Onde ficar em Manaus: os 3 melhores bairros e o cruzeiro pelo Amazonas

Onde ficar em Manaus: O casario antigo da Praça de São Sebastião

Ao procurar onde ficar em Manaus o turista pode ficar um pouco perdido, sem saber qual bairro escolher. A cidade não tem uma zona hoteleira que seja unanimidade entre os visitantes e, mesmo nos bairros mais populares entre os viajantes, não há muita variedade de hotéis que se adaptem a qualquer perfil de viagem.

Para fazer turismo, a opção mais confortável é ficar no centro, especialmente na área histórica, próxima à Praça São Sebastião, no entorno do Teatro Amazonas. Já para quem viaja a negócios ou procura um padrão mais alto de hospedagem, a saída é reservar seu hotel na região de Adrianópolis. E quem busca diárias de luxo, com piscina, deve buscar seu hotel em Ponta Negra.

Além dos hotéis em terra firme, Manaus ainda conta com uma opção de estadia singular se comparada a outros destinos. Para explorar as atrações da Amazônia, o viajante pode optar por fazer um cruzeiro pelos Rios Negro e/ou Solimões, ficando hospedado com todo o luxo e conforto no meio da maior atração turística da cidade.

Veja o que fazer em Manaus, o destino mais exótico do Brasil.

Onde ficar em Manaus: os melhores bairros e hotéis

Onde ficar em Manaus: Uma oca na Floresta Amazônica
Uma das opções é uma oca… brincadeirinha!

De modo resumido, os melhores bairros para ficar hospedado em Manaus são:

Alternativamente, os cruzeiros pelo rio Amazonas a bordo do Iberostar Gran Amazon servem como hospedagem e transporte por dentro da floresta para quem procura uma experiência inesquecível na Amazônia. No entanto, como não é recomendável tentar embarcar no mesmo dia da chegada à cidade, mesmo quem opta pela estadia no navio deve saber escolher bem onde ficar em Manaus visto que ao menos uma diária na cidade será necessária antes de embarcar.

Veja uma seleção com os melhores hotéis de Manaus

Centro / Praça de São Sebastião

Onde ficar em Manaus: O Teatro Amazonas na Praça de São Sebastião, no Centro da cidade

O Centro da cidade é a região mais cômoda para quem busca onde ficar em Manaus levando em consideração as atividades turísticas a serem feitas na cidade. Afinal, lá estão as maiores atrações e o porto, de onde partem os passeios pelos rios Negro e Solimões.

A praticidade de estar no centro, no entanto, não é sinônimo de estar na localização mais confortável. Como toda cidade grande brasileira – e estima-se que Manaus já tenha mais de 2 milhões de habitantes – o centro é composto por uma grande área comercial com poucos moradores permanentes. Apesar de ser interessante ficar hospedado por ali durante o dia, à noite o panorama muda de figura, já que a maior parte de suas ruas fica deserta.

Para evitar ficar mal localizado, a dica, ao procurar onde ficar em Manaus, é reservar sua estadia na parte histórica, nas ruas ao redor da Praça São Sebastião. A praça fica na parte mais elevada do Centro de Manaus, junto ao Teatro Amazonas e a um casario histórico que ainda se mantém no seu entorno. Ali fica o único trecho do centro realmente interessante turisticamente.

Por toda a sua importância, esta área é mais segura, seja de dia ou à noite, quando todos os restaurantes ficam abertos até tarde, servindo como um oásis a quem fica hospedado por ali.

Nos arredores da praça, a menos de uma quadra do teatro Amazonas ficam o Hotel Villa Amazônia e, em um padrão mais econômico, o Go Inn Manaus e o Seringal Hotel. Para reservar um hostel, o melhor e mais bem localizado do centro é o Local Hostel Manaus, também a uma quadra da Praça Sâo Sebastião.

Adrianópolis

Adrianópolis faz parte dos bairros nobres de Manaus e conta com fartas opções de hospedagem de médio/alto padrão. Para quem faz questão de ter grande variedade de bares e restaurantes próximos ao hotel para explorar durante a noite, Adrianópolis, e o bairro vizinho de Nossa Senhora das Graças, são escolhas muito mais acertadas do que o centro quando se procura onde ficar em Manaus.

Até um tempo atrás, ficar em Adrianópolis tinha em sua localização seu grande ponto negativo. Como as principais atrações turísticas ficam no Centro, reservar o hotel no bairro significava ter que pagar viagens de táxi diariamente ou ter que se entender com o transporte público de Manaus. Para os que viajam com o orçamento controlado, isto era quase um impeditivo, uma vez que o preço das corridas de táxi em Manaus são os mais abusivos que já encontramos ao viajar pelo Brasil.

Felizmente, desde abril de 2017, a Uber começou a atuar na capital do Amazonas, dando uma opção mais econômica ao turista que quer se deslocar na cidade.

Em Adrianópolis, o núcleo hoteleiro do bairro fica localizado próximo ao Manauara Shopping, onde estão algumas unidades das grandes redes de hotéis. Por ali se encontram o Quality Hotel Manaus, o Mercure Apartments Manaus e, um pouquinho mais afastado, o Blue Tree Premium.

Ponta Negra

Onde ficar em Manaus: A praia de Ponta Negra, região nobre da cidade

A Ponta Negra é o bairro onde ficar na praia – de rio, claro – mais popular de Manaus. Com a orla recentemente renovada para a Copa do Mundo de 2014, a região agora conta com um calçadão movimentado, com quiosques, restaurantes e um anfiteatro onde acontecem algumas apresentações culturais.

No bairro da Ponta Negra é também onde estão os hotéis de mais alto padrão de Manaus. Tanto o Tropical Manaus Ecoresort quanto o Wyndham Garden Manaus oferecem todo o luxo que o visitante possa querer ao ficar hospedado em Manaus.

O ponto negativo, assim como o Centro, é que em Ponta Negra não há muito movimento durante a noite. Mas como os hotéis daqui têm ampla estrutura em seus restaurantes, isto não chega a ser um grande problema. Ao menos para quem não se importa em passar as noites no hotel. Do contrário vale usar a Uber para explorar as outras partes da cidade (e economizar o preço cobrado pelos táxis na cidade), ou alugar um carro para explorar a cidade por conta própria.

O cruzeiro pelo Rio Amazonas

Onde ficar em Manaus: O incrível cruzeiro a bordo do Iberostar Grand Amazon

A cidade de Manaus tem poucas atrações. A maior parte dos visitantes fica hospedado na capital do Amazonas apenas como forma de usá-la como base para explorar a floresta, seu maior ponto turístico. Num roteiro de viagem padrão, os turistas hospedados em Manaus seguem diariamente até o porto da cidade, onde embarcam nos tours que oferecem os passeios pela floresta, retornando ao fim do dia.

Para quem tem condições, vale inverter esta lógica e levar seu hotel até a floresta.

Do porto de Manaus, toda segunda e sexta-feira parte o Iberostar Gran Amazon, um hotel-navio que navega pelos rios Negro e Solimões oferecendo a chance de conhecer o melhor do turismo na Amazônia com todo o conforto possível.

É um cruzeiro de luxo, estilo all-inclusive, onde todas as refeições, bebidas e passeios a bordo já vem incluídos na diária. Ainda que pareça inacessível ao viajante econômico, se você colocar na ponta do lápis tudo o que irá gastar em Manaus com hotéis, passeios, refeições e deslocamentos verá que o cruzeiro pode ter um melhor custo-benefício do que as demais hospedagens de Manaus.

Veja como foi nossa experiência a bordo do Iberostar Gran Amazon pelo Rio Solimões.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

2 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

publicidade

Close