Home » Destinos » Itália » Roteiro de 4 dias em Roma: O essencial da capital da Itália
Itália

Roteiro de 4 dias em Roma: O essencial da capital da Itália

Roteiro de 4 dias em Roma: Caminhar pela orla do rio Tibre

Na hora de planejar um roteiro de 4 dias em Roma algumas atrações são obrigatórias para qualquer turista que chegue à cidade. Quatro dias foi o tempo que passamos na capital da Itália em nossa primeira visita e conseguimos ver bastante lugares em pouco tempo. Caso queira alguma inspiração para montar seu roteiro em Roma, vamos listar abaixo os lugares que visitamos e que não devem ser deixados de fora de sua viagem.

Montando um Roteiro de 4 dias em Roma

Roteiro de 4 dias em Roma: O Coliseu à noite

Separar apenas 4 dias em Roma para visitar a cidade parece pouco. E é. A capital da Itália é uma das mais fantásticas que visitamos. Você caminha pelas ruas e acha uma ruína diferente aqui e ali, como quem não quer nada. A sensação de estar caminhando por onde um dos maiores impérios da história existiu, pensando em quantas pessoas já passaram por ali é de arrepiar.

Apesar de pouco, durante 4 dias em Roma dá para conhecer bem os maiores pontos da cidade, mesmo para quem esteja visitando-a pela primeira vez.

O roteiro de 4 dias em Roma, dia a dia

Dia 1

  • Coliseu
  • Fórum Romano
  • Campo de Fiori

Dia 2

  • Museu Capitolino
  • Monumento a Vítor Emanuel II da Itália
  • Bocca della Veritá
  • Trastevere

Dia 3

  • Basílica e Praça de São Pedro
  • Museus Vaticanos
  • Caminhar pela orla do Rio Tibre

Dia 4

  • Praça de Espanha
  • Fontana di Trevi
  • Panteão
  • Praça Navona
  • Arquibasílica de São João de Latrão
  • Basílica de Santa Maria Maior

 

Dia 1

Roteiro de 4 dias em Roma: o Coliseu, óbvio

No nosso primeiro dia resolvemos diminuir logo a ansiedade e visitar o Coliseu e o Fórum Romano, que são as atrações mais visitadas em Roma e as que mais queríamos ver.

Para visitar o Coliseu a dica é chegar bem cedo. Sério. A atração abre às 8:30, então esteja lá antes disso para não perder parte do seu dia enfrentando filas.

Roteiro de 4 dias em Roma: O interior do Coliseu
O interior do Coliseu

Nós tínhamos o Roma Pass, vendido para quem tem 48 ou 72 horas na cidade, que nos permitia entrar em alguns museus, usar todo o transporte público da cidade de forma ilimitada e pular filas em alguns lugares, incluindo o Coliseu.

A dica de usar o Roma Pass para entrar mais rápido no Coliseu, no entanto, já não adianta de muita coisa, visto que muita gente compra o passe já pensando em furar a fila. É tanta gente usando o passe que até a fila para furar a fila é enorme.

Escrevemos como é a visita ao Coliseu de Roma, ótimo para programar o começo de seu dia!

Após a visita ao Coliseu, que deve tomar a sua manhã inteira, almoce nos arredores (que provavelmente será caro e não muito saboroso) e volte para conhecer também o Fórum Romano e o Monte Palatino, cujas entradas são válidas no mesmo ingresso do Coliseu.

Roteiro de 4 dias em Roma: O magnífico Fórum Romano
O Fórum Romano

O Fórum Romano irá tomar o resto deste primeiro dia de seu roteiro, diante de tantas ruínas que se espalham por quilômetros colina acima. É um lugar fantástico onde toda a vida dos romanos durante o Império se concentrava. Ali existiam as praças, com suas feiras, prédios importantes do governo, termas, palácios, jardins e muitas outras edificações.

À noite vale a pena ir jantar no Campo de Fiori, a praça em que Giordano Bruno – um frade católico que foi queimado durante a inquisição (e onde ergueram uma estátua em sua homenagem) -, que possui vários restaurantes agradáveis em seu entorno.

Dia 2

Roteiro de 4 dias em Roma: Visitar o Museu Capitolino, um dos mais importantes da capital da Itália
A entrada do Museu Capitolino

No segundo dia fomos visitar o nosso primeiro museu sem ser ao ar livre. Como o Roma Pass nos dava direito a entrar em mais uma atração gratuitamente, escolhemos o Museu Capitolino, que tem um acervo muito importante na cidade.

No Museu Capitolino estão grandes obras que datam desde os etruscos, passando pelo Império Romano, o Renascimento e vindo até os dias de hoje. E lá também que está a Lupa Capitolina, a original!

Roteiro de 4 dias em Roma: A Lupa Capitolina
A Lupa Capitolina com os gêmeos <3

Como eu sempre amei estudar história antiga, a loba é de enorme importância para as origens de Roma, pois segundo a lenda, quando os gêmeos Rômulo e Remo foram abandonados, foi ela que os amamentou. Rômulo no futuro fundaria Roma, daí o nome da cidade: Roma = cidade de Rômulo.

Roteiro de 4 dias em Roma: O Monumento a Vítor Emanuel II da Itália
Monumento a Vítor Emanuel II

Saindo do museu, do outro lado da rua fica o Monumento a Vítor Emanuel II, também chamado de Altar da Pátria. Vítor Emanuel II foi o primeiro rei italiano após a unificação da Itália e chamado de Pai da Pátria. O monumento é bem pomposo e cheio de regras. Não é possível sentar na escadaria ou fazer poses excêntricas, pois para os italianos é desrespeitoso com a história do país. É possível subir até seu mirante e ver a cidade de lá.

Roteiro de 4 dias em Roma: A Bocca della Veritá
Bocca della Veritá

Andando um pouco mais para baixo, na mesma rua, fica a Basílica de Santa Maria in Cosmedin. Mas o que leva tanta gente até lá é a Bocca della Veritá, que fica atrás dos portões da igreja. Como nosso roteiro estava repleto de atrações, chegamos depois do horário e a igreja já estava fechada, mas ainda era possível ver a estátua através dos portões. O ruim era não poder colocar a mão na boca da estátua. Diz a lenda que, se contar uma mentira com a mão na boca da estátua, esta arranca a mesma.

Para finalizar o dia, atravesse o Rio Tibre e explore o maravilhoso bairro de Trastevere. Gostamos tanto da região que quando voltarmos a Roma faremos questão de nos hospedar nesta área.

Roteiro de 4 dias em Roma: O charmoso bairro de Trastevere
Trastevere

O bairro é muito charmoso, daqueles que só de caminhar já é o suficiente para encher os olhos de qualquer turista. Vários artistas tocando instrumentos nas praças e dezenas de restaurantes maravilhosos onde é possível ver as massas serem feitas ali, na hora, como imaginamos as nonnas italianas fazendo. Tudo muito fresco e com molhos incríveis. Deu água na boca só de lembrar!

Dia 3

Roteiro de 4 dias em Roma: A cúpula da Basílica de São Pedro vista dos Museus Vaticanos
Os jardins dos Museus Vaticanos

O terceiro dia de nosso roteiro de 4 dias em Roma era uma segunda-feira. Muitos museus de Roma fecham às segundas e dificultam a organização de um roteiro conciso. A maior exceção são os Museus Vaticanos.

Deste modo, separamos a segunda-feira para conhecer tudo o que podíamos do Vaticano.

Roteiro de 4 dias em Roma: A Basílica de São Pedro, no Vaticano
O interior da Basílica de São Pedro

Acordamos bem cedo para poder pegar menos fila para entrar na Basílica de São Pedro. O lugar é grandioso e magnífico, nunca imaginei que existisse igreja tão grande! Ela tomará sua manhã inteira do roteiro.

Veja como é a experiência de visitar a Praça e a Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Após a visita à Praça e à Basílica, fomos para os Museus Vaticanos (Musei Vaticani), que ficam bem ao lado. Para planejar melhor seu roteiro em Roma, considere comprar o ingresso para os Museus Vaticanos com antecedência, pois as filas são enormes e eles não vêm incluídos no Roma Pass.

Roteiro de 4 dias em Roma: Os corredores dos Museus Vaticanos
Os corredores dos Museus Vaticanos

Os Museus Vaticanos são um dos museus mais importantes de Roma, com obras de Michelangelo, Rafael, e onde fica a famosa Capela Sistina! E indo ao museu, terá a chance de passear pelos jardins do Vaticano, coisa que nunca pensamos ser possível. Ótimo lugar para pegar um sol e ver uma das escadas mais bonitas que já presenciamos.

Roteiro de 4 dias em Roma: Passeio pelo Rio Tibre
As margens do Rio Tibre

Ainda de dia, caminhe pelas margens do Rio Tibre, num dos passeios mais lindos da cidade, perfeito para tirar as mais belas fotos.

Dia 4

Roteiro de 4 dias em Roma: O famoso Panteão
O exterior do Panteão

Para fechar os 4 dias de roteiro fomos conhecer a pé as atrações mais famosas da cidade, explorando tudo o que podíamos pelas ruas de Roma.

Começamos o dia pela Praça de Espanha, mas a escadaria estava em obra (em 2016), uma pena. Tiramos algumas fotos e partimos para a Fontana di Trevi. LOTADA, como sempre! Mas com paciência você consegue um lugar na borda para fotografar com mais tranquilidade e jogar uma moeda de costas para a fonte. Reza a lenda que arremessar uma moeda lá garante uma volta a Roma no futuro. E quem não quer voltar a Roma, não é mesmo?

Roteiro de 4 dias em Roma: A Praça de Espanha
A Praça de Espanha
Roteiro de 4 dias em Roma: A Fontana di Trevi
A Fontana di Trevi

De lá fomos ao famoso Panteão. Construído no Império Romano para homenagear os deuses romanos, após a instauração dos católicos na Idade Média o Panteão virou uma igreja e os antigos deuses romanos foram substituídos por santos católicos. Mas o que impressiona no edifício é sua cúpula perfeitamente esférica e vazada. Muito bonito.

Roteiro de 4 dias em Roma: A cúpula do Panteão
A famosa cúpula do Panteão

Após a visita ao Panteão, fomos à Praça Navona, que é uma das praças mais conhecidas de Roma. Lá é onde fica a famosa fonte de Bernini, a Fonte dos Quatro Rios, feita no século XVII, que simboliza os quatro rios mais importantes na época: o Rio Nilo, na África; o Rio Danúbio, na Europa; o Rio Ganges, na Ásia; e o Rio da Prata, na América. A praça é famosa também por ter aparecido em um momento chave do filme Anjos e Demônios, com Tom Hanks.

Roteiro de 4 dias em Roma: A praça Navona
A Praça Navona

Todas essas três atrações são relativamente rápidas de serem visitadas e caso comece o dia cedo, dá pra riscá-las do roteiro ainda antes do almoço.

À tarde, vá até a Arquibasílica de São João Latrão, a igreja mais antiga a ser construída no ocidente, no ano de 324 d.C. Foi ali que o Papa viveu antes da construção do Vaticano e é tão grande quanto a Basílica de São Pedro. Por toda a sua história e pela homenagem dada aos santos João Evangelista e João Batista, ela é chamada de arquibasílica, colocando-a acima de todas as igrejas católicas, incluindo a Basílica de São Pedro.

Por último deixamos a Basílica de Santa Maria Maior, a primeira igreja no ocidente dedicada à Virgem Maria. É uma das quatro igrejas do mundo que possuem o título de Maior. Todas as 4 ficam em Roma e têm relação com o Papa. Os mosaicos que decoram seu interior são belíssimos, da era paleocristã (do  início do cristianismo), quando ainda não se faziam imagens. Foi nela que São Ignácio de Loyola rezou a sua primeira missa, em 1538, e onde está enterrado Bernini.

Roteiro de 4 dias em Roma: O interior da Basílica de Santa Maria Maior
Santa Maria Maior

Após seguir esse roteiro em Roma, é só descansar e esperar para pegar o voo.

Aproveite Roma, seu charmoso clima mediterrâneo, sua luz natural magnífica e sua excelente culinária. Nós não vemos a hora de voltar.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

publicidade

Close