Home » Reflexões » Viagem de casal: você deveria fazer uma (ou várias)
Reflexões

Viagem de casal: você deveria fazer uma (ou várias)

Viagem de casal Vida Cigana

Uma viagem de casal está nos planos de todos os apaixonados que gostam de pegar a estrada. Todos imaginam dividir lugares e experiências novas com aqueles que amam e isso é muito saudável para um relacionamento, além de iniciar uma coleção de histórias incríveis para contar um dia, quem sabe, para seus filhos e netos.

Como começamos a viajar juntos

Viagem de casal Vida Cigana

Carlos e eu nos conhecemos em 2010 e ambos já havíamos viajado antes para os mais diferentes lugares. As histórias sobre viagens antigas foram algumas das várias coisas em comum que tínhamos naquele momento, e o que nos levou a, após um mês de namoro, embarcar para nosso primeiro mochilão juntos, pelo Uruguai e Argentina. Estava empolgada.

Não só a viagem em si era empolgante. Organizar todos os preparativos para aquele destino nos fazia pesquisar sobre um pedaço do mundo que não conhecíamos muito, descobrir que tipo de coisas atraía cada um em relação a cada lugar e preparar um roteiro que ambos estivessem de acordo. E tudo isso sem ter entrado no avião ainda.

Aliás, nunca deixe a preparação do roteiro inteiramente nas mãos do seu parceiro, pois você corre o risco de ter lugares que quer muito conhecer cortados por não ter se manifestado. Uma viagem de casal é feita a dois e o planejamento, por mais chato que você possa considerar, também deve ser.

Respeito e conversa são essenciais

Viagem de casal Vida Cigana

Durante os preparativos é bom entender o limite de cada um, vocês são um casal, mas antes de tudo, indivíduos. Um pode querer fazer sky diving mas não necessariamente irá agradar o parceiro, assim como este não pode proibir aquele de ir caso tenham condições para tal.

Quando fomos a Machu Picchu, quase chegando ao topo da escalada de Huayna Picchu descobri que tinha medo de altura. Carlos em nenhum momento ficou chateado ao perceber que não poderia ir até lá em cima e me ajudou a descer tranquilamente. Ele poderia simplesmente ter me pedido para esperar e subido sozinho, e nem eu o proibiria disso, mas ele preferiu me acalmar.

Numa viagem de casal, você estará 24 horas, sete dias por semana com aquela pessoa, e por mais que seja o amor da sua vida, uma hora vocês irão brigar e querer ficar um pouco sozinhos. Isso é normal. Assim como no dia a dia, não pense que só porque você está num lugar maravilhoso e numa rotina totalmente diferente que essas coisas não vão acontecer. Para contornar, é só manter o respeito mútuo e mentalizar que vocês estão ali juntos e que querem viver aquilo juntos. Tem que saber tolerar, dar e pedir espaço, pois aquela viagem que poderia ser o melhor momento de um casal, pode se tornar o fim dele.

Viagem de casal Vida Cigana

Uma eterna viagem de casal

Após todos esses anos e todos esses países, chegamos à conclusão que precisávamos de mais. Queríamos conhecer um país por inteiro, com o tempo necessário para respirar novos ares e experimentar coisas novas em outro nível de intensidade. Juntos, resolvemos passar um ano na Nova Zelândia.


Veja mais: Por que escolhemos viver na Nova Zelândia (e você também deveria)?


E nossa vida não poderia estar melhor. Como citei anteriormente, temos nossas desavenças de vez em quando, como qualquer casal, mas estamos mais felizes do que nunca. Temos tempo de fazer o que não conseguíamos morando no Brasil, como escrever juntos este blog, assistir filmes toda noite e ter animais que não tínhamos pelo espaço mínimo do nosso apartamento. Claro que sem o house sitting não teríamos essas experiências e adoro ver o amor de Carlos pelos bichos crescer a ponto de eu nem me lembrar mais que quando nos conhecemos ele mal sabia como lidar com meus gatos.

É incrível a sensação de descobrir um lugar novo com uma pessoa querida, de saber exatamente o que a agrada ou se surpreender com cada reação nova. Carlos, por exemplo, sabe que eu sou fascinada por águas claras, de tonalidades diferentes e mesmo não sendo de praia encara uns dias de sol comigo, assim como eu sei da relação dele com as estrelas, e sempre o aviso que o céu está limpo e que seria um bom momento para fotografar a Via Láctea, mesmo sabendo que isso significa que iremos sair no frio, lá pras 11 da noite para fotografar o céu.

Viagem de casal Vida Cigana

Uma viagem de casal é uma experiência muito divertida e memorável. Se você pensa em descobrir o mundo com quem ama, vá, sem medo. As lembranças que ficam depois são impagáveis e preciosas para o seu crescimento como parceiro e indivíduo.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

House Sitting

publicidade

Close