Home » Bélgica » O que fazer em Bruxelas: 15 melhores atrações
Bélgica

O que fazer em Bruxelas: 15 melhores atrações

O que fazer em Bruxelas: o Palácio Real e seus lindos gramados durante o verão

Na hora de saber o que fazer em Bruxelas, muitos visitantes não sabem o que encontrar na capital da Bélgica além de chocolates, cervejas e batatas fritas. Isso tudo realmente é excelente, mas iremos lhe mostrar o tanto que Bruxelas tem a oferecer além de suas iguarias.

Com uma rica história e cultura, Bruxelas tem muito a oferecer aos visitantes, desde seus belos edifícios e museus até sua animada vida noturna e restaurantes.

Por todos esses motivos, separamos 15 atrações, atividades e locais para conhecer em Bruxelas.

O que fazer em Bruxelas: as 15 melhores atrações

O que fazer em Bruxelas: Ruelas estreitas e charmosas em suas ruas cheias de pessoas

Muitos que vão a Bruxelas resolvem visitar a cidade em bate e voltas de Amsterdam, mas não recomendamos. A cidade é uma graça, cheia de café charmosos e uma energia jovial que faz muitos terem vontade de morar ali.

Abaixo, você pode conferir a nossa lista das 15 melhores atrações de Bruxelas:

  1. Grand Place/Grote Markt
  2. Manneken Pis
  3. Galeries Royales Saint Hubert
  4. Delirium Café
  5. Chocolates, cervejas e batatas fritas
  6. La Boutique Tintin
  7. Jeanneke Pis e Zinneke Pis
  8. Museu Magritte
  9. Mont des Arts
  10. Palácio Real de Bruxelas e Parque de Bruxelas
  11. Atomium
  12. Parvis de Saint-Gilles
  13. Porte de Hal
  14. Parque do Cinquentenário
  15. Parlamento Europeu

1. Grand place/Grote Markt

A Grand Place num dia ensolarado, com barraquinhas de vendas

A Grand Place (ou em flamengo Grote Markt) sem sombras de dúvidas é uma das praças europeias mais belas. Ali é onde tudo começa numa viagem à Bruxelas.

Na Grand Place encontram-se prédios de enorme importância para a Bélgica, como:

  • o Hotel de Ville: a prefeitura da cidade,
  • a Maison du Roi: onde morava o rei e hoje é o Museu da Cidade,
  • Maison des Ducs de Brabant: onde morava a nobreza da época,
  • Le Pigeon: onde o escrito Victor Hugo morou em seu exílio.

Embora já seja bastante interessante e bela, a praça fica ainda mais bonita durante um evento chamado “Flower Carpet” (ou Tapete de Flores). O evento ocorre a cada 2 anos (normalmente em anos pares) em 3 dias dos meses de agosto desde 1971.

Além disso, há um Free Walking Tour que sai da praça e vai até o Palácio Real. Essa é uma ótima forma de conhecer essa parte da cidade, visto que contempla boa parte das atrações da zona central. Nós fizemos e aprovamos.

2. Manneken Pis

O Mannekin Pis, a estátua do menino fazendo xixi

O Manneken Pis é um dos monumentos mais conhecidos de Bruxelas. Diferentemente de outras esculturas conhecidas no mundo, a Manneken Pis é a representação de uma criança e não de um adulto.

Em tradução literal da língua flamenga (um dos dialetos existentes em regiões da Bélgica), Manneken Pis significa “menino urinando”. Como você deve saber, é exatamente isso que a imagem representa. E em determinados dias do ano, a estátua é vestida com as mais diversas roupas jamais pensadas.

Mais do que um ponto turístico de Bruxelas, a Manneken Pis serve como uma espécie de representação do bom humor e liberdade de pensamento e expressão do povo local. Os nativos da cidade de Bruxelas sentem-se representados e não há problemas em serem lembrados por isso.

3. Galeries Royales Saint Hubert

O interior das lindas Galerias Saint Hubert, cheia de lojas

Uma das mais charmosas galerias do mundo, as Galerias Reais Saint Hubert envolvem basicamente 3 galerias: a Galerie du Roi (do Rei), a Galerie de la Reine (da Rainha) e a Galerie des Princes (dos príncipes).

O que torna esse local um dos melhores lugares para visitar em Bruxelas é a sua arquitetura baseada em um estilo europeu clássico mesclado com paineis envidraçados, que dão um aspecto elegante ao local.

As galeries foram inauguradas em 1847 pelo rei Leopoldo I e por seus filhos. Desde então, com o passar das décadas (e até mesmo dos séculos), as galerias atraíram pessoas da moda e do entretenimento por contar com alguns dos cafés e lojas mais chiques da cidade. Além disso, ali ficam as melhores lojas de chocolate da Bélgica.

4. Delirium Café

As mesas exteriores do Delirium Café, o bar mais famoso de Bruxelas.

Na Bélgica, quando falam em ir a um café, nas verdade as pessoas não estão pensando em tomar um café, mas sim bebidas alcoólicas.

Uma das opções de vida noturna (ou diurna) na cidade, o Delirium destaca-se como um dos melhores pontos para conhecer gente na cidade. É muito animado e o ambiente é tão grande que o risco de se perder é grande, mas de uma boa forma.

Além disso, esse é um local que oferece ótima variedade de cervejas, que são oferecidas em diversos estilos, tipos e gostos. Isso pode ser comprovado pelo fato do Delirium ter entrado no Guinness Book em 2004 como o bar com o maior número de rótulos de cerveja disponível no mundo.

5. Chocolates, cervejas e batatas fritas

Vários tipos de cerveja na regra da Brewery Duval
Foto de Sal Gh pelo Unsplash

Chocolates, cervejas e batatas fritas, as grandes delícias gastronômicas na hora de saber o que fazer em Bruxelas.

Chocolates

Você vai encontrar os melhores chocolates belgas nas galerias Saint Hubert (que já citamos antes). Apesar de ser um lugar muito turístico, o que se vende lá não é simplesmente um “pega-turista”, como já vimos em muitos lugares.

As melhores lojas para comprar chocolate por lá são:

  • a Mary Chocolatier,
  • e a Neuhaus

As 2 produem chocolates para a realeza belga, então espere uma qualidade extraordinária. Há chocolates de diversos tipos (e bolsos). Eu recomendaria que você comprasse algo muito diferente do que está acostumado a comer, porque é tudo muito bom.

Cervejas

Com relação às cervejas, entre as boas opções está o Delirium Café Bar que já citamos aqui como o que tem mais variedade de rótulos. Porém, outros bares servem como pontos de degustação da bebida como:

  • Moeder Lambic,
  • o Mort Subite,
  • o Brewdog,
  • o Poechenellekelder

Batatas Fritas

Por fim, as batatas fritas também tem seu lugar como uma experiência gastronômica obrigatória que você precisa fazer em Bruxelas. Entre as boas opções para comer estão:

  • a Friterie du Miroir,
  • Fritland,
  • Chez Clémentine,
  • Frit’Flagey,
  • Chez Fernand,
  • e Friterie de la Barrière

Basicamente, a sua escolha poderá ser feita com relação ao local dessa lista que está mais perto de você. Quando estivemos em Bruxelas, acabamos comendo em outro local que amamos:

  • a Frites Atelier

6. La Boutique Tintin

Um mural do Tintin ao lado da loja La Boutique Tintin

Para quem gosta de quadrinhos, a Boutique Tintin é um dos pontos turísticos de Bruxelas que mais chamam a atenção. O personagem de ficção mais famoso da Bélgica tem uma loja com vários itens que você pode apreciar ou levar para casa.

Os bonecos (tanto em miniaturas quanto em tamanhos maiores) são parte do charme do local e envolvem todos os personagens dos livros, filmes e histórias em quadrinhos.

Não espere ver muita pirotecnia como em outras lojas de personagens icônicos, mas vale a pena conhecer a loja e levar algum item como souvenir da sua viagem em Bruxelas.

7. Jeanneke Pis e Zinneke Pis

A Jeanneke Pis, a menina que faz xixi, ao lado do Delirium Café

De forma complementar ao Manneken Pis, existem 2 estátuas feitas posteriormente:

  • a Jeanneke Pis,
  • e o Zinneke Pis

Respectivamente, seus significados são “menina a urinar” e “cachorro a urinar” em língua flamenga.

São lugares legais para tirar alguma foto e divertir com os amigos, mas não é algo que valha a pena se deslocar para conhecer. A menina fica bem ao lado do Delirium Café, então é bem fácil de encontrar. Já o cão fica na Rue de Chartreux, 35.

8. Museu Magritte

Um dos artistas surrealistas mais importantes na história da arte, René Magritte é um pintor belga que dá nome a este museu. Para visitá-lo, compre seu ingresso com antecedência.

Há uma parte dedicada às obras, mas também à vida do pintor, que viveu entre 1898 e 1967. Magritte é um dos nomes mais famosos da Bélgica e do mundo, sendo reconhecido até hoje por suas obras icônicas que influenciaram a Pop Art e as artes conceituais e minimalistas.

O museu faz parte do circuito de Museus Reais de Belas Artes da Bélgica, sendo uma das principais atrações quando falamos de arte em Bruxelas. Além de dar nome ao local, Magritte também é autor da maior parte das obras expostas lá, com cerca de 250 peças.

9. Mont des Arts

O Mont des Arts com seu lindo jardim durante o pôr do sol
Foto de Najib Samatar pelo Unsplash

O Mont des Arts é um local muito importante para a cidade, pois é onde se localizam os principais museus e galerias de arte de Bruxelas.

O Mont des Arts foi concebido pelo rei Leopoldo II, que visava angariar ainda mais respeito da população e das elites por meio da arte. Fica entre o Palácio Real e a Grand Place, fazendo com que o local seja um ponto de fácil acesso e disponível para a visitação tranquilamente.

Além dos museus e das galerias, um lindo jardim completa a paisagem, que tem vista para a parte baixa da cidade. É um local ótimo para fazer piqueniques, encontrar amigos e fazer caminhadas.

Entre os principais museus que ficam no Mont des Arts, posso citar os Museus Reais de Belas Artes, o Arquivo Real do Cinema Belga (CINEMATEK) e os arquivos da história da Bélgica numa biblioteca de livre acesso.

Vale muito a pena visitar por todos esses motivos elencados, mas os jardins ficam ainda mais bonitos e floridos durante os meses da primavera.

10. Palácio Real de Bruxelas e Parque de Bruxelas

O Palácio Real num lindo dia ensolarado

O Palácio Real de Bruxelas é o principal símbolo da monarquia belga. Sua construção só foi finalizada após cerca de 150 anos, sendo hoje utilizada como local de trabalho e recepção de chefes de estado por parte do Rei Filipe da Bélgica.

As visitas na parte interna do palácio são permitidas apenas durante os meses de verão no hemisfério norte. Isso acontece pois é nessa época que os monarcas e trabalhadores do edifício tiram férias.

Porém, o local é imponente mesmo do lado de fora, sendo um ótimo local para fotos ou simplesmente para conhecer e admirar.

Na parte externa inclusive fica o Parque de Bruxelas, que é um ótimo lugar onde tanto moradores locais quanto turistas utilizam para relaxar ou fazer caminhadas.

O parque está delimitado por importantes pontos de Bruxelas como o Palácio Real, a Rua Ducale, o Palácio da Nação (sede do Parlamento Belga) e a rua Royale. Por perto, você pode conhecer vários dos museus do circuito de Belas Artes.

Por isso, é mais uma coisa para a lista de “o que fazer em Bruxelas”, onde você não precisa se preocupar tanto com o transporte público ou gastos com táxi, uber ou aluguel de carro.

11. Atomium

O Atomium visto à noite
Foto de Fisnik Murtezi pelo Unsplash

O Atomium é uma representação de uma estrutura atômica da substância química Ferro (Fe) em uma escala 165 milhões de vezes maior que um tamanho real. Com mais de 100 metros de altura, essa estrutura é até hoje um dos principais cartões postais do país, sendo um grande orgulho nacional.

Sua construção se fez em decorrência da realização da EXPO 58, um evento de exposição internacional. Este especificamente, ficou marcado por ser o primeiro evento desse tipo após a Segunda Guerra Mundial.

Além de ser muito bonita por fora, pode-se adentrar nas 9 esferas, que contam com janelas com vistas panorâmicas e exposições sobre os anos 50, tão importantes para a história do mundo e também para o próprio monumento. Para visitá-lo, é preciso comprar o bilhete com antecedência.

O Atomium é considerado como uma espécie de Torre Eiffel belga, pois ambos foram construídos em EXPOS e eram para ter sido demolidos, mas permaneceram.

12. Parvis de Saint-Gilles

A Parvis de Saint Gilles cheia de esplanadas, pessoas sentadas e a Igreja de Saint Gilles ao fundo

Outro lugar que permite aos visitantes fazer comprinhas na cidade de Bruxelas e conhecer mais da gastronomia local é o Parvis de Saint-Gilles. Neste local (uma rua de pedestres situada bem no coração do bairro de Saint Gilles), você pode ter momentos de descontração e apreciação.

O mercado por lá funciona desde 1865 e é um ótimo local para tomar um café da manhã. Já a tarde e noite, vários bares e truck food abrem, sendo um local perfeito para almoçar, jantar e provar novas cervejas, enquanto alguém na calçada toca uma música.

Alguns dos cafés mais famosos de Bruxelas estão nessa parte da cidade: Verschueren, Maison du People e o Union.

Por ali, há ainda a igreja de Saint Gilles, do século XIX, construída em estilo neo-românico, que também é uma atração por quem está passando por Bruxelas.

13. Porte de Hal

A Porte de Hal, uma torre antiga, rodeada de árvores

A Porte de Hal é um raro espécime medieval da capital belga. Trata-se de uma das antigas portas da muralha que protegia Bruxelas na Idade Média, e foi construída em 1381.

Hoje, em seu interior fica o museu de arte medieval de Bruxelas, que conta com armaduras, salas góticas e uma vista privilegiada da cidade.

14. Parque do Cinquentenário

O Arco do Triunfo do Parque do Cinquentenário
Foto de François Genon pelo Unsplash

O Parque do Cinquentenário é um dos mais belos lugares da cidade de Bruxelas, pois alia algumas das coisas que fazem a capital da Bélgica ser tão importante turisticamente falando. Um lindo Arco do Triunfo, belos jardins, esculturas, museus e maravilhas arquitetônicas.

Na estrutura do Parque (que tem mais de 30 hectares de área verde) há o Museu Real do Exército e da História Militar e os Museus Reais de Arte e História de Bruxelas. Para quem gosta de carros e automobilismo, pode ser válido visitar também o Autoworld, que conta com uma coleção de mais de 250 carros antigos.

O Parque do Cinquentenário como um todo representa uma boa experiência que você não deve deixar de aproveitar na hora de saber o que fazer em Bruxelas.

15. Parlamento Europeu

O edifício do Parlamento Europeu, em Bruxelas
Foto de Paolo Margari pelo Unsplash

O Parlamento Europeu é um dos principais símbolos da União Europeia. É lá que a maior parte das decisões do bloco são tomadas, de forma multilateral e com representantes de todos os países que o constituem.

Embora possa parecer um pouco entediante ir a um local tão marcado por decisões burocráticas e políticas, a verdade é que o Parlamento Europeu (também chamado de Parlamentarium na parte turística) pode ser um boa opção para sua lista sobre o que fazer em Bruxelas.

Isso porque o Parlamento Europeu oferece uma série de visitas guiadas, inclusive com serviços de agendamento e audiodescrição caso necessário. Para quem gosta de história e quer saber mais sobre a formação da União Europeia e da relação entre os países que a formam, é um prato cheio.

Não é uma visita obrigatória, mas sem dúvidas vale a pena fazer caso você tenha um pouco mais de tempo.

Tem alguma dúvida? Veja mais dicas no Instagram @vidaciganablog

ORGANIZE SUA VIAGEM!

CARTÃO DE DÉBITO INTERNACIONAL

Abra uma conta online na Wise e peça o seu cartão de débito para economizar em suas viagens internacionais.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa Pereira

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
cartão wise
abbv