Home » Destinos » Brasil » Onde ficar em Curitiba: 5 Melhores Bairros e Dicas de Hotéis
Brasil

Onde ficar em Curitiba: 5 Melhores Bairros e Dicas de Hotéis

Onde ficar em Curitiba: O Jardim Botânico de Curitiba, com sua estufa ao fundo e um jardim de flores vermelhas na frente

Ao escolher onde se hospedar em Curitiba você também irá determinar o tipo de experiência que terá numa cidade que é rica em atrações e tem forte personalidade.

Curitiba é um laboratório de planejamento urbano e inovação. A cada nova experiência a que o visitante se expõe é possível descobrir um novo detalhe da cidade que nos ensina como conviver em harmonia com a natureza e o espaço urbano.

Apesar de o transporte urbano entre os diferentes bairros de Curitiba ser reconhecido como um dos mais eficientes do Brasil, ficar hospedado na região que coincida mais com seus interesses é um ponto a se valorizar bastante no planejamento de uma visita à cidade. Para os turistas, tal decisão influencia diretamente a visão que terão de Curitiba durante seus dias na capital do Paraná.

Onde ficar em Curitiba: 5 melhores bairros da cidade

Como toda grande cidade brasileira, Curitiba tem bons hotéis espalhados por diversos bairros. Pode ser confuso de início, especialmente a quem planeja visitar a cidade pela primeira vez, saber qual o melhor lugar da cidade para reservar sua estadia.

Para ajudar na tarefa, nós listamos a seguir apenas aqueles que consideramos os melhores bairros de Curitiba. A seleção contém os locais mais recomendados para quem visita a cidade a turismo. Nossa avaliação leva em conta localização, preço e variedade de ofertas.

Assim, os bairros que sugerimos a quem precisa decidir onde ficar em Curitiba são:

  1. Batel
  2. Centro Histórico
  3. Mercês
  4. Centro Civico
  5. Santa Felicidade

Cada bairro listado tem muita história para contar. Eles oferecem experiências diferentes uns dos outros para a sua viagem, mas todos são excelentes alternativas para o viajante que quer explorar o melhor de Curitiba.

1. Batel

O bairro do Batel é uma das áreas nobres da cidade e uma das mais visitadas para passeios pelos curitibanos. Neles ficam localizadas atrações como a Praça da Espanha e a Praça do Japão, ambas muito frequentadas pelos locais em finais de semana e feriados. São áreas lindas para desfrutar a paisagem ou fazer um piquenique.

Onde ficar em Curitiba: a Praça do Japão com seu monumento em vermelho com prédios altos ao fundo
A Praça do Japão, no bairro do Batel | Foto: Valéria Rolim/SMCS

Além das áreas livres, o bairro ainda conta com dois grandes shoppings, o Pátio Batel e o Novo Batel, além da SIM Galeria e a Arena da Baixada, o estádio do Athletico Paranaense, que tornam a localização perfeita para os mais variados tipos de visitantes da cidade.

Com ruas amplas, estabelecimentos refinados e descolados, o padrão das hospedagens desta região segue o perfil do bairro, sendo um pouco mais caras do que a média de Curitiba, mas a localização faz valer o investimento.

Entre os principais hotéis do bairro, destacamos:

  • O Radisson Hotel Curitiba, que tem como vantagem a localização, logo em frente a Praça do Japão. Conta com piscina, centro de ginástica e sauna.
  • O Nomaa Hotel, que tem perfil de hotel boutique 5 estrelas e fica a uma distância facilmente percorrida a pé tanto da Praça da Espanha quanto do Shopping Pátio Batel.
  • Já o Quality Hotel Curitiba tem a vantagem de ser mais econômico para o padrão do bairro. Fica a poucas quadras da Praça do Japão e do Pátio Batel.
  • O Mercure Curitiba Batel é outra opção a quem quer ficar hospedado no bairro sem precisar pagar os preços mais altos das diárias. Fica a apenas 4 quarteirões dos shoppings Curitiba e Crystal numa localização que é rodeada por bares e restaurantes.

Mesmo com preços mais altos em alguns dos hotéis do bairro, ficar no Batel compensa na maioria dos casos. A localização deixa o turista numa parte bastante segura da cidade e vizinha ao Centro Histórico, o que a torna muito atraente a qualquer visitante.

Nas vezes que estivemos em Curitiba, foi no Batel que ficamos hospedados. O bairro é nossa principal recomendação na cidade.

Veja a lista completa de hospedagens no Batel.

2. Centro Histórico

O Centro Histórico de Curitiba é uma área formada por dois bairros: o Centro propriamente e o bairro de São Francisco. É uma região que abriga uma série de edificações de grande valor histórico e cultural para a cidade.

O Largo da Ordem à noite com seus prédios históricos iluminados
Iluminação cênica no casario histórico do Largo da Ordem. Igreja da Ordem e Casa Hoffmann | Foto: Daniel Castellano/SMCS

O coração desta área da cidade é o Largo da Ordem, que conta com bares, restaurantes e lojas de artesanato típicos da região. O Centro oferece uma deliciosa combinação de história e agito para conhecer o melhor que Curitiba tem a oferecer.

Entre as opções de hospedagem, no Centro é mais fácil encontrar ofertas mais econômicas. A região não tem o mesmo charme do vizinho Batel, mas para quem dá preferência a economia na hora de reservar a hospedagem, pode ser mais fácil se planejar para ficar hospedado por aqui.

No Centro Histórico de Curitiba nossas indicações são:

  • O Hotel Centro Europeu é uma opção bem econômica, localizado em frente à Praça Osório.
  • Já o Grand Hotel Rayon é uma alternativa mais sofisticada, deixando seus hóspedes ao lado da famosa Rua 24 horas.
  • E o NH Curitiba The Five chama a atenção pelo terraço ao ar livre com vista da cidade.

Veja a lista com todos os hotéis disponíveis no Centro de Curitiba.

3. Mercês

Localizado ao norte do Centro, Mercês destaca-se pela presença da Torre da Telepar que, do alto dos seus quase 110 metros de altura, permite uma vista panorâmica da cidade.

Além dela, no bairro valem ser mencionados o Portal da Imigração e a Praça 29 de Março. E no campo gastronômico, a região conta com opções bem diversificadas de confeitarias, bares e restaurantes.

A Torre Panorâmica, no bairro Mercês | Foto: Cesar Brustolin/SMCS

Entre as hospedagens, Mercês chama a atenção por ser o bairro que traz as opções mais acessíveis de Curitiba.

Alguns dos bons albergues que podem ser reservados no bairro são:

  • O Motter Home Curitiba Hostel é um hostel charmoso situado em uma casa original da década de 1950. Fica bem perto da Praça 29 de Março e da parada de ônibus da Praça das Mercês. Oferece cozinha compartilhada, quartos individuais e quartos coletivos.
  • Já o Knock Knock Hostel fica a só 10 minutos a pé do centro de Curitiba, a 1 km da Praça do Lago da Ordem. Sua área de uso comum conta com churrasqueira, cozinha, computadores e TV com home-theater e karaokê.

4. Centro Cívico

O Centro Cívico é o bairro, localizado na área central de Curitiba, onde se concentram os principais edifícios prédios governamentais da cidade. É uma área com projeto urbanístico próprio, lançado em 1953.

Para o turista que fica hospedado por ali, algumas atrações que estão a uma curta distância são o Museu Oscar Niemeyer (apelidado de Museu do Olho), o Bosque do Papa, o Palácio do Iguaçu e o Museu do Holocausto. Além deles, o Estádio Couto Pereira, do Coritiba, fica pertinho também, no Alto da Glória.

O Museu do Olho no pôr do sol
O Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como Museu do Olho

A região é movimentada tanto durante o dia quanto a noite e é relativamente próxima do Centro. Tendo alguns bons hotéis, o bairro se tornou uma alternativa bem atraente na cidade. O Centro Cívico tem opções mais econômicas do que o Batel, por exemplo, e pode ser uma opção viável a quem não queira ficar hospedado na área central de Curitiba.

No Centro Cívico nós destacamos:

5. Santa Felicidade

Sede da cultura italiana na cidade de Curitiba, Santa Felicidade é um bairro rico em arquitetura colonial e repleto de restaurantes de gastronomia típica. É o local ideal para quem viaja com a família.

O nome do bairro é uma homenagem a uma proprietária de terras na região, a portuguesa Dona Felicidade Borges, que doou parte de suas terras aos imigrantes italianos recém-chegados à cidade, no século XIX. Era um bairro localizado na estrada que ligava a capital ao velho norte do Estado.

O portal do bairro de Santa Felicidade, com flores amarelas na frente
Portal de Santa Felicidade | Foto: Maurilio Cheli/SMCS

Ali os imigrantes se dedicaram à produção de queijos, vinhos e hortigranjeiros. Por isso, hoje, além dos restaurantes típicos, se encontram também mercadinhos, casas de vinho e chocolates. Os restaurantes por ali têm no cardápio diferentes delícias italianas para toda a família. Um deles, o Madalosso, é considerado um dos maiores restaurantes do mundo, funcionando no esquema de rodízio.

Santa Felicidade é um bairro um pouco mais afastado do Centro da cidade – são 6km de distância. Por conta disso, ao escolher onde ficar em Curitiba, quem opta por uma estadia por aqui deve levar a questão do deslocamento para as atrações turísticas em consideração.

Na região, o hotel de maior destaque é o Ibis Styles Curitiba Santa Felicidade, que tem quartos com decoração especial e a piscina coberta e aquecida que é um convite para o relaxamento.

Salve estas dicas de Curitiba no Pinterest!

Onde ficar em Curitiba, um guia dos melhores bairros e hoteis. Na nossa lista falamos dos bairros: Batel, Santa Felicidade, Centro Histórico, Mercês e Centro Cívico.
Na hora de saber onde ficar em Curitiba, fique de olho em nossas recomendações: localizações e hospedagens para todos os tipos de visitantes em 5 bairros diferentes.
 

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento usando o Airbnb? Em alguns destinos fica mais barato do que um quarto de hotel.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Precisa de ajuda para planejar sua viagem?


Preencha seu e-mail e datas da viagem para receber nossas melhores dicas e avisos de promoções:

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
abbv
banner publicidade surfshark
hospedado por infinite cloud computing