Home » Destinos » Suécia » Onde ficar em Estocolmo, os 6 melhores bairros e hotéis baratos
Suécia

Onde ficar em Estocolmo, os 6 melhores bairros e hotéis baratos

Onde ficar em Estocolmo: lindos barquinhos na orla de Estocolmo durante o verão, com o mar azul, vegetação verde e o céu com algumas nuvens brancas

Escolher onde ficar em Estocolmo é tão complicado quanto em Copenhague, ou qualquer outra das grandes cidades escandinavas. Tal complexidade não se deve à dificuldade de encontrar um bom lugar para ficar hospedado, visto que seus bairros hoteleiros são muito bem servidos de infraestrutura, mas sim ao trabalho de encontrar uma oferta de hospedagem que caiba no bolso do viajante que esteja com orçamento limitado.

Se comparada aos grandes centros turísticos da Europa, a quantidade de hospedagens disponível em Estocolmo é bem reduzida, acanhada para o tamanho da cidade. E, como consequência da pouca oferta para a demanda, vem a dificuldade em encontrar preços amigáveis.

Leia também: O que fazer em Estocolmo: 16 lugares imperdíveis na capital da Suécia.

Os melhores bairros de Estocolmo

Onde ficar em Estocolmo: A Ponte das Coroas, com vista para uma ilhota com um prédio marrom ao fundo, cheio de árvores. O céu está azul com nuvens brancas

No geral, os bairros de Estocolmo apresentam padrões de hotéis bem diversificados, e em quase todos eles também é possível encontrar albergues muito bons. A diferença entre uma região e outra acaba sendo a maior proporção de comércio ou edifícios residenciais, a proximidade das atrações turísticas ou maior necessidade de uso do transporte público, ou ainda a presença ou não de uma vida noturna agitada.

Para ajudar a escolher onde ficar em Estocolmo, descrevemos abaixo os perfis dos 6 principais bairros da capital da Suécia, incluindo sempre algumas dicas de hotéis baratos, para que você possa decidir reservar suas diárias naquele que mais se adapta ao perfil de sua viagem.

Os principais bairros para ficar hospedado em Estocolmo são:

Onde ficar em Estocolmo

Onde ficar em Estocolmo: As ruas de Gamla Stan, com prédios em tons terrosos.

Para a maior parte dos turistas, a região central é a melhor localização para ficar hospedado em Estocolmo. Tanto na cidade antiga, Gamla Stan, quanto no atual centro comercial, Norrmalm, o viajante estará próximo dos principais pontos turísticos e com fácil acesso a toda infraestrutura turística da capital da Suécia.

Já quem prefere ficar numa área mais residencial, os melhores bairros são: Östermalm, de padrão mais alto e aristocrático; Vasastan, onde dá pra encontrar alguns hotéis mais baratos; e Södermalm, a quem procura um local com vida social mais ativa. Além destes, a ilha de Djurgården também pode ser interessante, especialmente a quem tiver com muitas idas aos museus de Estocolmo no roteiro.

Acompanhe abaixo a descrição detalhada de cada um deles:

Gamla Stan

Onde ficar em Estocolmo: O praça principal de Gamla Stan, com seus prédios coloridos, que vão do terracota ao ocre

Gamla Stan, quando traduzido do sueco, significa literalmente “cidade velha”. A ilha é o local onde Estocolmo se estabeleceu originalmente, no século XIII. A partir dali a capital sueca foi crescendo e ocupando o restante do arquipélago onde está localizada.

Aqui o viajante encontrará a maior concentração de edifícios históricos de Estocolmo (a maior parte deles datados do século XVII) que, em um labirinto de ruas estreitas, quase todas restritas a pedestres, dividem espaço com algumas das principais atrações turísticas da cidade. Ao escolher onde ficar em Estocolmo, Gamla Stan é a melhor localização possível aos que curtem a conveniência de reservar sua hospedagem na área mais turística da cidade.

Se a proximidade das atrações turísticas é o grande ponto favorável a escolher ficar hospedado em Gamla Stan, ela é também o grande fator negativo. A alta concentração de turistas na ilha faz com que todo o comércio, restaurantes, bares e lojas, sejam voltados a atendê-los. Isto dificulta que o turista tenha uma percepção local da cidade e, claro, faz com que padrão e preços cobrados estejam sempre em níveis “turísticos”.

Entre os bons hotéis de Gamla Stan que são baratos para o padrão geral das hospedagens na Suécia, eu destaco:

Já para quem procura um albergue ou hotel de padrão econômico, as recomendações são o Old Town Lodge, um dos mais baratos da cidade entre os muito bem avaliados, e o Archipelago Hostel Old Town, ideal a quem procura reservar apenas uma cama em dormitório.

Veja a lista completa com todas as opções de hospedagem em Gamla Stan.

Norrmalm

Onde ficar em Estocolmo: O bairro de Norrmalm, com sua praça principal, o Parque do Rei, com uma fonte imensa no meio que mais parece uma piscina, cercada de vegetação verde, prédios coloridos baixos e o céu está azul com nuvens brancas

Norrmalm é o centro de fato de Estocolmo. É o bairro que abriga a Estação Central de Trens e que é atravessado pela Drottninggatan, uma extensa rua de pedestres onde o turista pode encontrar tudo o que precisa para resolver sua viagem.

Apesar de ter um foco muito comercial, em Norrmalm há uma interessante mescla de públicos, com os turistas dividindo as ruas com trabalhadores e moradores. Como o bairro também fica bem próximo das atrações turísticas e é muito bem servido pelo transporte público, considero que ficar hospedado em Norrmalm seja uma escolha mais acertada do que Gamla Stan para a maioria dos viajantes. A diferença é que nesta região é mais difícil achar hotéis baratos, mas mesmo que não encontre, o investimento vale a pena. Foi em Norrmalm que ficamos hospedados quando estivemos em Estocolmo.

No bairro recomendo reservar suas diárias em hotéis próximos à estação Central, especialmente caso seu roteiro seja de poucos dias pela cidade, ou próximo à Drottninggatan e ao metrô Hötorget, onde preferimos porque há opções um pouco mais econômicas.

Próximos à Estação Central as recomendações são:

Já nos arredores da Estação Hötorget, as dicas são:

  • Best Western And Hotel, onde ficamos hospedados. Apesar do quarto ser pequeno, o padrão geral do hotel é excelente;
  • Haymarket, praticamente ao lado do metrô Hötorget;
  • Scandic Klara, que fica entre o metrô e a Drottninggatan

Para quem busca um hostel, Norrmalm não oferece muitas opções centrais. Os melhores são o City Backpackers Hostel e o Generator Stockholm. Ambos oferecem dormitórios, opções de quartos privados e ficam próximos um ao outro.

Veja a lista completa de hospedagens disponíveis em Norrmalm, o centro de Estocolmo.

Östermalm

Onde ficar em Estocolmo: o bairro de Östermalm, com uma igreja gótica com torre alta e pontiaguda amarela, árvores verdes no entorno e céu azul com algumas nuvens

Östermalm funciona quase como uma extensão de Norrmalm. Os dois bairros muitas vezes são listados como se fossem uma coisa só, mas o primeiro tem um caráter muito mais residencial do que o segundo. Östermalm é, portanto, a escolha ideal a quem quer ficar hospedado próximo ao centro, mas distante de suas partes mais ativas.

Não se engane, Östermalm é um dos bairros mais exclusivos e aristocráticos de Estocolmo. Quando estivemos por lá ficamos impressionados com seu estilo, tendo a certeza de que, tendo condições, não apenas ficaríamos hospedados ali, mas moraríamos se tivéssemos a oportunidade. É um lugar para poucos e a oferta de hospedagem é limitada.

Entre as principais alternativas estão:

Explore mais opções de hospedagem em Östermalm.

Vasastan

Ao norte de Norrmalm, Vasastan também funciona como um prolongamento da região central, mas tem um perfil muito mais residencial do que comercial. Ao contrário do que ocorre em Östermalm, aqui o padrão não é tão exclusivo, sendo um dos locais onde mais se encontram alternativas baratas de hospedagem na cidade.

Ao escolher onde ficar em Estocolmo, Vasastan costuma ser a saída para quem quer reservar uma estadia barata sem abrir mão do padrão de conforto a que está acostumado. O ponto negativo é que, por ser mais afastado das atrações turísticas, o bairro exige de quem fica ali hospedado um maior tempo de caminhada até a região central ou gastos mais frequentes com o transporte público (que, como em toda Escandinávia é excelente, mas nada econômico para o bolso de quem não é morador).

Entre as melhores opções em Vasastan estão o Rex Hotel e o Hotel Tegnerlunden.

Veja mais alternativas para reservar suas diárias em Vasastan.

Södermalm

Onde ficar em Estocolmo: O bairro de Sodermalm no fundo, com prédios em colinas, na beira do mar. Um navio antigo está ancorada em frente. O céu está azul com nuvens brancas

Ao sul da região central, Södermalm é o bairro da moda em Estocolmo. Por ali estão lojas e galerias de arte, boutiques, cafés e tudo o que há de mais alternativo da cidade. Além disso, a região também é um grande reduto boêmio da cidade, concentrando muitos bares e restaurantes em dois pontos distintos: nos arredores da Praça Mariatorget, e na região conhecida como SoFo (sigla para South of Folkungagatan) que é certamente o local mais alternativo da cidade.

Em “Söder”, boas dicas de hospedagem baratas são o Hotel Hornsgatan e o Hellstens Glashus, ambos próximos à Praça e ao metrô Mariatorget.

Outra opção bem interessante no bairro são os hotéis que funcionam dentro de navios que ficam ancorados no cais de Söder Mälarstrand, como o Loggin Hotel, por exemplo. Os quartos são pequenos (é uma cabine de navio!), mas fazem desta uma alternativa singular e uma das mais baratas da cidade.

Veja mais opções em Södermalm.

Djurgården

Onde ficar em Estocolmo: O parque Skansen, com sua entrada amarela, vegetação verde, e o céu está azul

Djurgården é a ilha dos museus e parques de Estocolmo. Lá estão localizados muitos dos maiores pontos turísticos da cidade, como o Museu do Vasa, o Skansen, o Museu Nórdico, o Parque Gröna Lund e o Museu do ABBA.

Com este perfil, ficar hospedado na ilha pode ser bom para quem tem muitos museus inseridos no roteiro, mas deixa o visitante longe do restante da cidade. Como o bairro não conta com estações de metrô, a melhor opção de locomoção para quem fica ali são as linhas de ferry que ligam o porto local, Allmänna Grand, ao de Slussen, na cidade velha.

Em Djurgården as opções de estadia são o Pop Hotel, que funciona dentro do ABBA The Museum e o Scandic Hasselbacken.

Salve estas dicas de Estocolmo no Pinterest!

Conheça os melhores bairros para se hospedar em Estocolmo durante sua visita à capital da Suécia. Explicamos cada uma das regiões, as vantagens de cada uma delas e próximas de que atrações ficam.
Saiba onde ficar em Estocolmo, conheça as melhores regiões e bairros da cidade. Os principais bairros para ficar hospedado em Estocolmo são: Gamla Stan, Norrmalm, Östermalm, Vasastan, Södermalm, Djurgården.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
AIRBNB
Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe R$100 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

rbbv abbv

publicidade