Home » Destinos » Hungria » Passeio de Barco em Budapeste: As melhores vistas da cidade de dia e de noite
Hungria

Passeio de Barco em Budapeste: As melhores vistas da cidade de dia e de noite

Fazer um passeio de barco em Budapeste é a melhor escolha que os turistas podem fazer para ter um panorama geral da cidade. Como suas mais belas atrações ficam nas margens do Danúbio, é impossível visitar Budapeste sem conhecer o rio. E a melhor forma de explorá-lo é, sem dúvida, fazendo um passeio por suas águas, vendo os belíssimos edifícios que o cercam e as pontes que o atravessam. Se durante o dia a visão já impressiona, de noite o passeio se torna uma das maiores atrações para colocar em seu roteiro pela capital da Hungria!

Durante nossa passagem pela cidade, testamos os dois passeios. Abaixo explicamos porque vale a pena investir nos tours diurno e noturno pelo Rio Danúbio em sua visita a Budapeste.

Dica: Nosso passeio de barco por Budapeste foi feito com a empresa Dock 8A. Compramos os ingressos no site da Get your Guide, pois lá sai mais barato do que comprar na hora ou direto no site da empresa.

As atrações de Budapeste nas margens do Danúbio

Passeio de barco em Budapeste: uma turista fotografando o Parlamento húngaro a bordo do barco

Budapeste, como muitas cidades européias, fica nas margens de um grande rio. No caso da capital húngara, o Danúbio. Você provavelmente já deve ter ouvido falar da famosa valsa composta por Strauss, “Danúbio Azul”, que fez famoso o nome do rio em livros de história e geografia.

Pois o Danúbio no passado funcionava como uma fronteira natural entre duas cidades distintas, Buda e Peste, que somente no século XIX vieram se unir, criando a Budapeste que conhecemos.

A antiga cidade de Buda hoje forma a parte montanhosa da cidade, onde está o castelo e mansões da população mais endinheirada; Peste, do outro lado, forma a parte plana, o centro turístico e comercial da capital.

Ainda que geograficamente diferentes, tanto o lado Buda quanto o lado Peste possuem atrações na beira do Rio Danúbio. As principais são:

  • Cidadela
  • Castelo de Buda
  • Igreja de Matias
  • Bastião do Pescador
  • Sapatos às Margens do Danúbio
  • Parlamento Húngaro

Além dessas atrações, o Rio Danúbio ainda conta com a Ponte das Correntes, uma atração à parte, que é muito famosa e a mais antiga da cidade.

Ver todas essas atrações caminhando de uma a outra, uma por uma, é possível, mas toma tempo. Para quem viaja com um roteiro apertado, será impossível ver tudo. Por conta disso, a melhor forma de ver todos esses monumentos é num gostoso passeio de barco em Budapeste. Num dia ensolarado então, fica tudo ainda mais especial.

E caso você faça o tour no verão europeu (entre março e outubro), além das vistas, o passeio de barco ainda permite uma visita à Ilha Margarida, uma espécie de Central Park de Budapeste. É uma área repleta de jardins e locais imersos na natureza, ideais para descansar e passear de bicicleta.

Leia também: 5 Documentos obrigatórios para Viajar para Europa.

O Passeio de Barco em Budapeste

Passeio de barco em Budapeste: Passando por baixo da ponte da Ilha Margarida

O passeio de barco em Budapeste foi um dos tours que mais gostamos de fazer na cidade. Mas quem é que não gosta de um passeio de barco, não é mesmo? É só sentar e se deixar levar, passando por várias atrações de tirar o fôlego.

O passeio que reservamos sai tanto de dia quanto de noite do Dock 8A, ao lado da Ponte Elizabeth, na margem Peste do Danúbio. É só chegar e apresentar brevemente seu ingresso na entrada. Um bar flutuante está sempre ali para recepcionar os turistas. Mesmo que não vá fazer o passeio, o barco está aberto a todos que queiram beber sobre o Danúbio, com mesas dentro e fora do recinto.

Passeio de barco em Budapeste: O Castelo de BudaPasseio de barco em Budapeste: Passando por baixo da Ponte das CorrentesPasseio de barco em Budapeste: O Parlamento

Quando o barco que fará o tour chega, é preciso apresentar o ingresso novamente para entrar. Escolha um assento (os da frente são os melhores para ter uma vista panorâmica), deixe a câmera em mãos e relaxe. O barco possui guia em áudio que sai dos alto-falantes em inglês e alemão, explicando um pouco sobre a história da Hungria e sobre cada uma das atrações pelas quais o tour passa.

Assim que sai, o barco passa pela Cidadela, por baixo da Ponte das Correntes, pelo Castelo de Buda, Igreja de Matias lá no alto com o Bastião do Pescador em sua frente, os minúsculos sapatos do monumento aos judeus mortos na Segunda Guerra Mundial e logo ao lado, o Parlamento.

Saiba mais: Seguro Viagem é obrigatório a quem vai para a Europa. Veja as nossas 9 Dicas para encontrar o Seguro Viagem mais Barato.

A parada na Ilha Margarida

Passeio de barco em Budapeste: O letreiro da cidade na Ilha Margarida

Caso tenha reservado seu passeio de barco em Budapeste entre os meses de março e outubro, que são os mais quentes, o tour inclui uma parada na Ilha Margarida. Descer lá é opcional, mas vale muito a pena.

A Ilha Margarida é enorme, com muito espaço verde. É um ambiente onde a população local gosta de ir para pegar um bronze e ler um livro durante o verão. Um ótimo lugar para relaxar, levar as crianças e ver o tempo passar. A parte mais visitada da ilha é um chafariz com águas que jorram de acordo com as músicas tocadas. Quando estivemos lá ouvimos muitas canções da Disney… mas em húngaro :p. É um lugar muito agradável e, dependendo do calor, ótimo para se refrescar, pois o chafariz possui uma área para sentar e molhar os pés.

Passeio de barco em Budapeste: as bicicletas na Ilha MargaridaPasseio de barco em Budapeste: O chafariz da ilhaPasseio de barco em Budapeste: Os enormes jardins da ilha Margarida

A Ilha Margarida também é um lugar perfeito para alugar uma bicicleta (existem opções individuais ou aquelas para famílias) e passear pelo local.

Os barcos do passeio pelo Danúbio param na ilha de hora em hora, mas somente durante os passeios de dia, logo, fique atento. O turista que tenha o ticket pode entrar em qualquer barco da mesma empresa, em qualquer horário de funcionamento, podendo controlar seu horário na ilha conforme seu roteiro.

Depois de muito passear, descansar e tirar altas fotos de Budapeste através de ângulos diferentes (a Ilha Margarida fica bem no meio do Danúbio, e proporciona vistas inusitadas da cidade), é hora de voltar ao barco. O último tour que sai da ilha às 16:55, ou seja, não passe desse horário. Voltando pelo Danúbio, o barco aporta no mesmo Deck 8A.

O passeio noturno pelo Danúbio

Passeio de barco em Budapeste: Passando por baixo da famosa Ponte das Correntes

Em Budapeste existem várias empresas que oferecem este passeio de barco pelo Danúbio. Nós escolhemos a Dock 8A porque é a única que, com um só ingresso, permite que o turista faça tanto o passeio de dia quanto o passeio noturno. Para nós isso era uma vantagem e tanto.

Na verdade, no passeio da Dock 8A o ingresso básico dá direito a 24 horas durante as quais o turista pode andar quantas vezes quiser nesse tour. Isso mesmo, se você quiser, pode ficar o dia inteiro dentro do barco, sem nem precisar descer, e ver Budapeste infinitas vezes.

Passeio de barco em Budapeste: O Castelo de Buda no topo da colinaPasseio de barco em Budapeste: O Parlamento aceso a noite

Para organizar nosso roteiro, decidimos fazer o passeio de barco em Budapeste de dia, parando na Ilha Margarida. De lá voltamos ao Centro com o barco do tour seguinte, tomamos uma cerveja geladinha, e depois do anoitecer voltamos para fazer o passeio noturno.

Agora imagine: se o passeio de dia já foi lindo, durante a noite é maravilhoso! Não há cidade como Budapeste à noite. Seus prédios e pontes ficam todos iluminados, o Parlamento parece um bolo de conto de fadas flutuando no Danúbio. É simplesmente de tirar o fôlego! A única desvantagem de fazer o tour à noite é não poder descer na Ilha Margarida. Caso só possa escolher um horário para fazer o tour, e caso não possa ver a cidade à noite, recomendamos o passeio depois que o sol se põe, é mágico (faça a visita a Ilha Margarida depois, por conta própria).

Como fazer um passeio de barco em Budapeste?

Passeio de barco em Budapeste: O Parlamento e a janela do barco

Nosso passeio de barco por Budapeste foi feito com a empresa Dock 8A. Compramos os ingressos no site da Get your Guide, pois lá sai mais barato do que comprar na hora ou direto no site da empresa.

Com a Get your Guide a confirmação do passeio sai instantaneamente. Ao embarcar você apresenta o email recebido ou, se tiver o app instalado no celular, basta mostrar o QR Code que vem nele para fazer o passeio.

O tour que fizemos possui 3 tipos diferentes de pacotes: o básico; um com direito a 2 bebidas da sua escolha no bar flutuante; e um terceiro com direito a bebidas ilimitadas no mesmo bar.

Caso queira aproveitar o passeio e ainda curtir uns bons drinks antes ou depois de zarpar, as duas últimas opções são boas e não tão mais caras que o pacote básico. O tour básico, comprado na hora custa 11 euros. Pelo o Get Your Guide pagamos 8,80.

Passeio de barco no verão x Passeio de barco no inverno

Passeio de barco em Budapeste: a ilha margarida no verão
A Ilha Margarida no verão

Durante o verão (entre março e outubro), os passeios de barco durante o dia saem desde às 10:30, de hora em hora, até às 16:30. Todos os passeios diurnos fazem uma parada na Ilha Margarida (opcional) antes de retornarem ao porto de embarque.

Já os passeios de barco noturnos, durante o verão, começam às 19:00 e tem saídas, também de hora em hora, até às 22:00. Nestas viagens, no entanto, não são feitas as paradas na Ilha Margarida.

No inverno (entre novembro e março), as saídas são mais limitadas, funcionando apenas à tarde (entre 14:00 e 17:00) e sem direito a parada na Ilha Margarida. Isso porque o rio amanhece congelado, então é preciso esperar até de tarde para ele estar minimamente navegável, e termina cedo porque anoitece mais rápido (e porque, com a noite, ele volta a congelar).

Barco (e ônibus) hop-on hop-off

Passeio de barco em Budapeste: o barco chegando na ilha Margarida

Estes passeios de barco diurno e noturno por Budapeste podem ser comprados separadamente, como fizemos, ou adquiridos como parte de um pacote. Dependendo do seu roteiro pode ser mais útil comprar o ingresso completo.

O pacote completo inclui:

  • Bilhete de 48 ou 72 horas para o ônibus turístico hop-on hop-off de dois andares de Budapeste
  • Passeio de barco hop-on hop-off no Danúbio
  • Excursão a pé guiada
  • Wi-Fi gratuito a bordo dos ônibus
  • Descontos de 10 a 50% em atrações de Budapeste

Para quem tem pouco tempo para explorar Budapeste, com apenas um ou dois dias dedicados à cidade, esta pode ser a melhor opção para economizar tempo e dinheiro.

Assim como o passeio de barco, este pacote maior pode ser comprado antecipadamente na Get your Guide e tem opções de ingressos com 48 ou 72 horas de duração.

Salve esta dica no Pinterest!

Fazer um passeio de barco em Budapeste pode ser um dos tours mais agradáveis na cidade. Nós fizemos tanto o diurno quanto o noturno e damos todas as dicas de onde agendar, como economizar e como ver as maiores atrações da cidade de um ponto de vista fantástico.
Fazer um passeio de barco em Budapeste é a melhor escolha que os turistas podem fazer para ter um panorama geral da cidade. Como suas mais belas atrações ficam nas margens do Danúbio, é impossível visitar Budapeste sem conhecer o rio.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
AIRBNB
Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe R$100 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

rbbv abbv

publicidade