Home » Destinos » Laos » Vientiane: 9 atrações imperdíveis na capital do Laos
Laos

Vientiane: 9 atrações imperdíveis na capital do Laos

Vientiane capital do Laos

Considerado por muitos o patinho feio do Sudeste Asiático, o Laos muitas vezes é cortado de uma viagem pela região, perdendo espaço frente à Tailândia, o Vietnã e o Camboja, seus vizinhos mais famosos internacionalmente. Ainda quando incluído, o roteiro dos turistas pelo país costuma deixar pra trás Vientiane, a capital do Laos, partindo unicamente a conhecer Luang Prabang, o centro mochileiro do pais.

Vientiane capital do Laos
A avenida principal de Vientiane vista do alto do Patuxai.

Luang Prabang é realmente o foco turístico do Laos, mas acredite, uma parada em Vientiane fará você gostar muito mais da cidade (e do país!) do que você possa imaginar em uma análise apressada. Cortá-la de seu roteiro será um tremendo tiro no pé.

Leia mais: Descubra Luang Prabang, a cidade no interior do Laos que tem atra;ido turistas do mundo inteiro.

Mas o que há de tão interessante na capital do Laos?

Vientiane fica de fora do roteiro sob os argumentos de não possuir atrações que justifiquem a estadia, mas a capital do Laos, com seu ritmo mais lento de viver, pode proporcionar uma experiência muito mais genuína a quem se dedique a explorá-la verdadeiramente. Com baixa presença de turistas na cidade, em Vientiane é possível ter um contato mais próximo da realidade, da cultura, da rotina e do estilo de vida, do povo laosiano.

Planeje sua viagem: Veja uma seleção de hotéis e reserve sua estadia em Vientiane

Vientiane capital do Laos
Vale ou não vale conhecer a capital do Laos?

A capital do Laos também apresenta custos muito mais baixos que Luang Prabang, uma culinária muito mais refinada e, apesar da arquitetura religiosa não fazer frente à sua vizinha do norte, as construções civis de Vientiane têm seu destaque à parte, com a mistura de estilos asiáticos, com o colonial francês e soviético.

Vientiane capital do Laos
Os mercados de Vientiane, uma atração à parte

Logo, se seu objetivo, ao visitar um país é conhecer um pouco mais a fundo a cultura e a história locais, e não apenas colecionar mais um carimbo de entrada, considere incluir Vientiane em seu roteiro pelo Laos. Você não vai se arrepender.

Leia mais: Como montar seu roteiro de viagem pelo Sudeste Asiático.

Como chegar em Vientiane, a capital do Laos

Outro motivo que pode levar os viajantes a desistirem de incluir o Laos em uma viagem pelo Sudeste Asiatico é a dificuldade de acesso ao país, uma vez que a malha aérea do Laos é bem limitada. Os vôos internacionais atendem especialmente o aeroporto de Luang Prabang, (vide tópico anterior) mas se seu objetivo é começar a viagem explorando a capital do país, há voos diários para Vientiane saindo de Kuala Lumpur e Bangkok. Já para quem opta iniciar por Luang Prabang, de lá saem diversos ônibus diários para a capital do Laos, inclusive em viagens noturnas, com camas individuais.

Mais: Veja o que fazer em Bangkok em uma visita pelo centro da cidade

Vientiane capital do Laos
O palácio do governo do Laos, em Vientiane

Para quem prefere economizar e evitar um voo internacional, uma possível rota é, a partir de Bangkok, embarcar em um trem rumo ao noroeste da Tailândia, até Nong Khai e de lá cruzar a fronteira em ônibus comuns, já que Vientiane fica logo do outro lado do rio Mekong.

9 atrações imperdíveis em Vientiane

A capital do Laos é um prato cheio a quem, como Larissa e eu, também gosta de explorar um local novo com calma, viajando devagar e conhecendo cantos que nem sempre aparecerão em guias de viagem.

Vientiane capital do Laos
Um dos templos espalhados pela capital do Laos

Em outubro de 2015 nós passamos duas semanas inesquecíveis explorando Vientiane durante uma de nossas estadias por house sitting pelo mundo. A seguir listamos 9 atrações que para nós mostram como a capital do Laos deve ser parada obrigatória a quem viaja pela região.

Leia mais: Saiba o que é house sitting e como você pode conseguir ficar hospedado de graça em qualquer lugar do mundo.

  1. O Rio Mekong

Já importante em outros locais onde passa pelo Sudeste Asiático, em Vientiane o Rio Mekong reina, com a cidade acontecendo quase inteiramente voltada a ele e espalhando-se ao longo de seu curso.

Conhecer o rio e explorar o que acontece em suas margens é o ponto de partida fundamental para capturar a energia e a essência da capital do Laos.

Caminhar pelo centro margeando o Mekong e as ruas paralelas mostrará em um só local as diversas identidades que formaram o Laos como país. É ali que estarão as bandeiras hasteadas, os monumentos aos heróis da revolução, as barraquinhas de roupas e quinquilharias, a comida de rua, os parques de diversão, o tai chi dos idosos na praça, os bares lotados de gringos.

Vientiane capital do Laos

Uma vez em Vientiane, mesmo que tente ir contra, você estará sempre indo de encontro ao Mekong, e esta não é uma experiência que você vai querer perder.

Relaxe, respire, peça uma garrafa de BeerLao, observe o melhor pôr do sol da região e aqui você começará a entender o que significa estar neste país fascinante.

Vientiane capital do Laos

  1. Os templos do centro de Vientiane.

Templos budistas não faltam no sudeste asiático, mas depois do deslumbramento inicial ao ver e entrar nos primeiros que você tiver contato, certamente você começará a se questionar porque deveria visitar este ou aquele, mas garanto que há algo de especial em Vientiane que é difícil de ver em outras cidades mais visitadas: o uso corrente pela população.

Os templos de Vientiane, especialmente os do centro, não se diferenciam muito dos demais que você poderá ver em Bangkok ou Luang Prabang, mas na capital do Laos eles ainda não se tornaram pontos de peregrinação turística e sequer cobram ingresso, sendo possível, em rápida caminhada, visitar diversos deles em sequência e sem gastar um só Kip (a moeda do Laos) do bolso.

Vientiane capital do Laos

Mas o mais interessante da visita pode ser não apenas fotografar e observar os detalhes arquitetônicos, e sim prestar atenção na rotina local, nos hábitos da população e dos frequentadores que ainda os utilizam regularmente – ao contrário de Luang Prabang, por exemplo, onde os mais importantes templos, apesar de ainda serem espaços sagrados à população, têm função maior como museu do que uso religioso.

  1. Wat Si Muang

É um dos mais antigos templos do Laos, construído no século XVI, em cima de um antigo templo hindu Khmer, onde ainda é possível ver as ruínas do antigo altar. Ele é bastante visitado, pois, além de ser bastante antigo, fica muito bem localizado e em constante funcionamento, sempre com monges distribuindo bênçãos aos fieis. Larissa mesmo entrou na fila e recebeu a pulseirinha branca que traz harmonia e sorte.

Vientiane capital do Laos

Sua sala maior, onde se encontra a principal estátua de Buda, vive cheia de oferendas lindíssimas, iluminando todo o espaço com velas.

Vientiane capital do Laos
Ofertas depositadas no Wat Si Muang, em Vientiane
  1. Wat Si Saket

Ainda no centro da capital do Laos, quase em frente ao Palácio do Governo, destaca-se o Wat Si Saket, um conjunto arquitetônico religioso que se acredita ser o mais antigo templo de Vientiane a ter sobrevivido aos dias atuais.

Vientiane capital do Laos

Este sim transformado em museu, o Wat Si Saket tem em seu interior diversas imagens de Buda nos mais diferentes estados de conservação. Muito interessante e super-rico, sendo possível ver estátuas das mais diversas épocas e estilos.

  1. Pha That Luang, o símbolo do Laos

A arquitetura religiosa de Vientiane não é formada só por templos desconhecidos. É na capital do Laos que fica o That Luang, uma enorme estupa dourada que, caso você seja fanático por viagens já deve ter visto por aí em fotos, mesmo sem saber onde fica.

Vientiane capital do Laos

O Pha That Luang é o símbolo do Laos e o monumento mais importante do país. É em torno dele que se desenvolveu a imagem do Laos como nação independente. Sua arquitetura é impressionante, onde a estupa apresenta três níveis diferentes, mostrando a transição do mundo material ao espiritual. O primeiro nível representa o submundo, o segundo, os 30 ensinamentos do budismo e o último, e mais estreito, a iluminação pessoal.

Vientiane capital do Laos
Pha That Luang. Nem os monges resistem a tirar uma foto

Do centro de Vientiane, uma corrida de Tuk Tuk até o That Luang custará 40.000 Kip (5USD). Alternativamente, na estação de ônibus Talat Sao (ao lado do Shopping Center) você pode pegar o ônibus número 20, que passa em frente.

Uma vez por aqui, aproveite e visite também os outros templos que existem ao redor para ver o quanto a arquitetura asiática consegue ser sofisticada. Esses outros são gratuitos, diferente do dourado, que é cobrada a entrada.

Vientiane capital do Laos
Um dos templos ao redor do That Luang
  1. Wat Sok Pa Luang

Para um contato mais próximo com o budismo, e de quebra, entender a cultura laosiana ouvindo direto de sua população, a melhor escolha é visitar o Wat Sok Pa Luang num sábado à tarde. Do Talat Sao, embarque no ônibus número 32 ou pague uma corrida de tuk tuk em direção à Embaixada da Alemanha. Nós fomos de bicicleta partindo da casa em que moramos, mas andar de bicicleta no trânsito do Sudeste Asiático é coisa de maluco. Mesmo!

Vientiane capital do Laos

Este templo, ainda que sem grandes destaques arquitetônicos, proporciona a melhor experiência e o mais íntimo contato com o budismo que um turista possa desejar ao visitar Vientiane.

Todos os sábados, às quatro da tarde, um grupo de jovens monges (noviços, em formação) se reúne para aprender inglês e ter contato com estrangeiros, expatriados e qualquer viajante que tenha interesse em participar de um intercâmbio cultural. Em troca de uma sessão de conversação sobre os mais diversos assuntos com os monges e com a população local, são oferecidas no Wat Sok Pa Luang algumas sessões gratuitas de meditação no melhor estilo budista, caminhando pelos jardins do templo sentindo a grama e terra em seus pés, ou esquecendo que tem um corpo físico meditando sentado no templo. Uma experiência única e fantástica.

Vientiane capital do Laos
O salão onde ocorre a meditação, aos sábados.
  1. Xieng Khuan, o Budda Park

Bem afastado do centro fica a atração religiosa mais excêntrica de Vientiane, o Xieng Khuan, mas que pra nós, gringos, ficou conhecido como Budda Park, que seria uma definição mais “descritiva” da coisa.

Xieng Khuan é um parque de esculturas desenvolvido por um artista-religioso nos anos 50, misturando conceitos budistas e hindus, sem muita ordem ou critério. O resultado, ainda que caótico, ficou interessante e chama bastante atenção, tornando o local uma das atrações mais procuradas da capital do Laos.

Vientiane capital do Laos

O mais legal do lugar talvez seja visitá-lo ao som de flautas típicas e não saber de onde vem o som, até, ao tentar rastrear a origem da música no mato em volta do parque, se deparar com um religioso pintado dos pés à cabeça pedindo dinheiro aos gringos. Coisa bem doida mesmo!

Vientiane capital do Laos
O Budda Park visto do alto

Como fica bem longe do centro de Vientiane, para chegar ao Budda Park a melhor opção é o ônibus número 14, que sai a cada 20 minutos das imediações do Talat Sao, a estação de ônibus e mercado municipal da cidade. A viagem dura uma hora, custa 8000 Kip (1USD) e é feita em ônibus de viagem, com direito a ar condicionado (um luxo absolutamente necessário no Laos).

Quer saber se locomover em Vientiane? Acesse o site da Vientiane Capital State Bus Enterprise (VCSBE) que tem linhas, trajetos, preços (desatualizados) e horários (que ninguém respeita), mas que serve de base para se orientar no transporte público da cidade.

  1. Patuxai, o arco do triunfo de Vientiane

Na arquitetura civil da capital do Laos, o destaque é o Patuxai, uma construção similar ao Arco do Triunfo erguido na França. A uma distância caminhável do centro, o Patuxai reina na avenida principal de Vientiane e serve como um mirante de onde se pode observar toda a cidade ao longe.

Vientiane capital do Laos

Tivemos uma experiência incrível lá, onde, ao pedir para fotografar dois monges sentadinhos lá, eles vieram até nós para praticar inglês (eles são fanáticos por isso) e acabamos até trocando emails. São essas coisas que fazem do lugar gratificante para nós, a genuína felicidade de seus locais em nos receber.

Vientiane capital do Laos
Nossos amigos monges
  1. COPE Visitor Center e a Guerra do Vietnã, no Laos

Devido a sua baixa população, o Laos, apesar de não figurar nos livros de história, é o país com o maior número de bombas despejadas per capita do mundo. Durante a Guerra do Vietnã, milhares de artefatos explosivos foram jogados pelos americanos em território laosiano e ainda hoje, anualmente, alguns destes itens que não explodiram quando lançados, são detonados acidentalmente no país, especialmente na área rural.

Outros textos: Conheça Halong Bay, o paraíso no Vietnã em um país marcado pela guerra

Vientiane capital do Laos
Arte reproduzindo as bombas jogadas sobre o Laos durante a guerra

Em 2016, ainda morre gente no Laos em consequência direta da Guerra do Vietnã.

Vientiane capital do Laos

O COPE é uma ONG dedicada à produção de membros e órgãos artificiais para estas vítimas. No local foi criado um centro de visitantes onde esta história, dos resquícios da Guerra do Vietnã, é contada aos turistas com fotos, reconstruções e especialmente, em vídeo, com alguns documentários bem impactantes mostrando como a pobreza extrema do país leva crianças a trabalharem como caçadores destes artefatos não detonados, arriscando suas vidas para vendê-los por quilo ao ferro velho.

Vientiane, uma cidade genuinamente simpática

Além das experiências relatadas acima, tivemos várias outras tão incríveis quanto ao longo de nossa passagem por Vientiane. Aprendemos nessas duas semanas a nos comunicar em Lao (e ainda nos lembramos), fizemos compras através de mímicas, andamos de bicicleta em meio ao trânsito caótico, pegamos ônibus com galinhas junto e comemos uma das melhores refeições da Ásia.

Vientiane capital do Laos

Sempre ao relatar nossa passagem pelo Laos, falamos que Vientiane tem as pessoas mais incríveis e a comida mais saborosa, algo que falta a Luang Prabang. A cidade não é tão bonita quanto, mas para nós, é ainda mais interessante. Como não recebe tantos turistas, o povo de Vientiane realmente se dedica a agradar o visitante, o que mantem a cidade com um ar genuíno que já foi rapidamente perdido em outros locais com a chegada do turismo em massa.

Assim, quando planejar sua viagem pelo Sudeste Asiático, não corte o Laos de seu roteiro, e muito menos Vientiane. Nós garantimos que você irá ter uma estadia incrível.

AJUDE O VIDA CIGANA A VIAJAR PARA A ÍNDIA

Leu algum texto no Vida Cigana que foi útil em sua viagem?
Usou alguma dica nossa ao se preparar para embarcar para algum destino?
Esta é sua chance de retribuir 😉

KERALA BLOG EXPRESS

Vote na gente no Kerala Blog Express
Em um minutinho você pode nos ajudar a embarcar para nossa próxima viagem, para a Índia!

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

9 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

    • Oi Warley, nós passamos um tempo morando em Vientiane e curtimos, mas isso depende muito do seu perfil, se encara viver em um país pouco estruturado. No Facebook tem um grupo de expatriados chamado “Vientiane Social” que mostra bem como é o dia a dia de quem vive lá. Aconselho que entre no grupo para ver se é o que você procura.

  • Que dia lindo que vocês pegaram! Na próxima viagem ao Sudeste Asiático, quero conhecer o Laos e estou procurando informações sobre outras cidades além de Luang Prabang. Colocarei a capital no roteiro. Adorei as dicas!

    • Vientiane é linda da sua maneira e achamos bem mais legal que Luang Prabang, pois ainda não foi “contaminada” pelo turismo excessivo. Vale muito a pena passar por lá. E nós não ficamos somente um dia, mas 2 semanas na capital do Laos, fazendo house sitting 🙂

    • Que notícia maravilhosa, Flavia, ficamos tão felizes quando vemos pessoas se interessando por lugares às vezes tão esquecidos! Vientiane é um amor de cidade! Depois nos conte como foi sua passagem por lá!

  • Olá,

    Estou querendo muito conhecer Vientiane, mas gostaria de saber se dá mesmo para fazer todos esses pontos turísticos acima em 1 dia. Principalmente o Budda Park. Vocês aconselhariam?
    Estamos fechando o roteiro essa semana. E essa passadinha vai afetar um pouco…

    Abraços

    • oi Flávia, dificilmente você vai poder visitar todos esses lugares em um dia só. Dois dias inteiros na cidade seria o mínimo para conhecer tudo ou um pouco mais para fazer as visitas com calma.
      Em um só dia sugiro ir ao Budda Park logo cedo, pois só o deslocamento até lá tomará parte do dia. Na volta dá pra visitar o That Luang, o Patuxai e durante a noite alguns dos templos do centro que fiquem abertos até mais tarde.
      As principais atrações de Vientiane fecham pouco depois das 16h

House Sitting

publicidade

Close