Home » Destinos » Nova Zelândia » Onde ficar em Auckland: os melhores bairros da maior cidade da Nova Zelândia
Ilha Norte Nova Zelândia

Onde ficar em Auckland: os melhores bairros da maior cidade da Nova Zelândia

Mulher ruiva em cima da borda do vulcão Mount Eden, em Auckland, na Nova Zelândia, com vista para a cidade lá ao fundo, com a Sky Tower, uma torre pontiaguda, se destacando lá ao longe. O céu está nublado. A cor predominante na foto é o cinza.

Decidir onde ficar em Auckland é o primeiro passo para muitos viajantes que programam uma viagem para a Nova Zelândia. Auckland é o ponto de entrada quase obrigatório do país uma vez que a maior parte dos voos internacionais desembarca no aeroporto da cidade. Assim, a escolha do bairro onde ficar hospedado e do hotel ou albergue perfeito às suas necessidades é fundamental para formar uma boa primeira impressão do país.

Veja aqui uma lista de opções de hospedagem em Auckland.

Para quem deseja saber mais a fundo, logo abaixo vamos detalhar as principais regiões de Auckland, dividindo-as nos bairros e diferenciando cada uma, além da localização, pelo ambiente, padrão e distância dos principais pontos de interesse na cidade.

Leia mais: Descubra o que fazer em Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia

Onde ficar em Auckland:

A Sky Tower, no centro do Auckland, na Nova Zelândia, vista de baixo para cima. O céu está azul com algumas nuvens brancas. Um homem se joga da torre, praticando esporte radical, que é bem comum na Nova Zelândia. Ele está preso por cabos de aço. A torre tem o topo arredondado.

O Centro comercial de Auckland, o Auckland CBD

Mulher ruiva usando um suéter vinho no topo da Sky Tower, em Auckland, na Nova Zelândia. Ela olha para fora de uma janela enorme com a vista para a cidade lá embaixo, com a baía aos seus pés. O céu está nublado.

Na Nova Zelândia a região central de cada cidade é sempre chamada de CBD, uma sigla para Central Business District, em inglês. Em Auckland, o CBD é a área central delimitada pelas rodovias que ligam o sul e o norte da cidade e o porto.

Veja uma lista de hotéis e albergues no Auckland CBD.

Toda esta região do CBD é uma ótima escolha na hora de decidir onde ficar em Auckland, mas para saber mais detalhes é preciso subdividi-la em áreas menores.

Queen Street

A Queen Street é o coração do CBD, onde estão as lojas e centros comerciais. A rua cruza todo o centro de norte a sul, do porto até a famosa K Road (Karagahape Road). Caminhar pela Queen Street é tão frequente na rotina do visitante que chega em Auckland pela primeira vez que quando você menos esperar, lá estará você novamente andando pela rua da rainha.

Assim, quanto mais perto da Queen Street você estiver hospedado, mais facil será sua ambientação no centro de Auckland. Na Queen Street propriamente há poucas alternativas, mas as ruas transversais e as paralelas mais próximas são cheias de hotéis e albergues com bons preços.

Veja onde ficar hospedado na Queen Street de Auckland.

Britomart

Britomart é o nome da principal estação de transportes de Auckland. Como principal ponto de referência da área, a estação dá nome a toda a região a sua volta, englobando a faixa paralela ao porto, indo da Vector Arena até os píers.

No Britomart estão localizados os grandes shoppings, restaurantes e cafeterias da cidade, o que faz da área uma ótima opção de hospedagem a quem quer ter tudo o que precisa a uma pequena caminhada de distância.

Descubra opções para ficar hospedado em Auckland na região do Britomart.

Viaduct Harbour

Para quem procura o mais alto padrão de estadia que Auckland pode oferecer, a melhor opção é ficar hospedado no Viaduct Harbour.

A área incorpora toda a frente do porto e a novíssima região do Wynyard que tem sido reurbanizada para se transformar numa nova expansão do centro da cidade para receber atividades culturais.

Pela proximidade com o porto, boa parte dos hotéis no Viaduct Harbour conta com as melhores vistas da cidade. Alguns, como o Sofitel e o Hilton Auckland estão erguidos em cima dos píers, proporcionando uma experiência insuperável aos hóspedes.

Veja outras opções para decidir onde ficar na área do Viaduct Harbour.

Os bairros nos arredores do CBD

Uma mulher ruiva com os cabelos ao vento na frente um um muro de pedras coloridas com letras brancas formando a palavra "Auckland", em Auckland, na Nova Zelândia.

Ficar hospedado fora do centro de Auckland faz com que o turista tenha uma visão mais próxima de como é viver na Nova Zelândia.

Até alguns anos atrás decidir por este caminho tinha como lado negativo as limitações com o transporte publico neozelandês. Hoje, com acesso a Uber e aplicativos de compartilhamento de viagens a limitação já não é tão grande e os bairros mais próximos ao CBD passam a ser escolhas interessantes na hora de decidir onde ficar em Auckland.

Ponsonby

A oeste do centro de Auckland, Ponsonby é o bairro mais descolado da cidade. A Ponsonby Road e as ruas ao redor são cheias de restaurantes das mais variadas origens, além de bares, cafeterias e com uma vida noturna bem animada. O bairro é repleto de praças e suas ruas são muito bem arborizadas, sendo a opção ideal a quem quiser passar mais tempo na cidade.

Se sua escolha for ficar em Ponsonby, experimente a Ponsonby Manor Guest House, na Ponsonby Road, ou o Great Ponsonby Arthotel.

Parnell

A leste do CBD, Parnell é o bairro que fica logo atrás da Universidade e do Museu de Auckland. A região pode ser uma opção mais tranquila do que Ponsonby a quem quer uma hospedagem com perfil mais residencial e sem tanta agitação.

Ao longo da Parnell Road uma opção é o Parnell Inn. Ou um pouco mais afastado, o Ascot Parnell tem excelentes reviews.

Newmarket

A sudeste do centro, Newmarket já tem um perfil de bairro mais comercial, repleto de lojas de rua e shoppings centers. Apesar de um pouco mais afastado do centro que Ponsonby e Parnell, ficar hospedado em Newmarket tem a vantagem de contar com uma estação de trens cujas linhas levam até o Britomart, bem no miolo do CBD.

Veja algumas opções de hospedagem em Newmarket.

Os bairros além da Auckland Harbour Bridge – o North Shore

Onde ficar em Auckland: Ponsonby - Uma árvore em primeiro plano jogando sombra no chão. Do lado direito da foto, um banco vazio se encontra. Em sua frente, o mar. E ao fundo, a cidade de Auckland, na Nova Zelândia.

O Norte de Auckland é ligado ao centro da cidade por uma ponte, a Auckland Harbour Bridge. A região que fica após a ponte e próxima ao litoral é conhecida como North Shore. Ficar hospedado por ali dá acesso a algumas das melhores praias de Auckland e, possivelmente a vistas incriveis para a ilha do vulcão Rangitoto ou para a própria cidade, num panorama difícil de igualar.

Como os bairros são mais afastados dos pontos centrais, a região é ideal a quem estiver com um veículo alugado para poder transitar pelo restante da cidade com mais facilidade.

Veja opções variadas de hospedagem no North Shore de Auckland.

Takapuna

Takapuna é o primeiro bairro do North Shore, logo depois da saída da Harbour Bridge. O bairro tem um centrinho comercial com algumas opções. Mas a dica aqui é ficar hospedado em algum lugar que tenha vista para o mar, com o Rangitoto ao fundo, especialmente no verão, quando a praia passa a ser um atrativo extra.

Escolha aqui seu hotel em Takapuna.

Devonport

Ao sul de Takapuna, Devonport tem vista para o centro de Auckland e é ligado ao CBD por uma linha de ferry com saídas frequentes. Para quem não curte andar de carro, Devonport consegue aliar a calma do bairro com a tranquilidade de viajar ao centro de barco.

Veja opções de hospedagem em Devonport.

As praias da costa oeste: Piha, Karekare e Bethells

Onde ficar em Auckland - A praia de Piha, em Auckland, na Nova Zelândia, com seu mar azul, a Lion's Rock no meio. Emoldurada por uma vegetação verde e céu azul, com nuvens brancas.

Para quem curte ficar isolado em meio à natureza o caminho são as praias da costa oeste. Não existe transporte publico nesta região. Só é possível chegar quem tenha o veiculo próprio, mas o esforço é recompensado pela experiência de ficar hospedado em lugares ainda muito pouco alterados pelo homem.

Em Piha, experimente o Lions Rock Bed and Breakfast ou o Romantic Piha.

Em Bethells, a dica é o Betthells Beach Cottages, bem na praia.

Para ficar no caminho entre uma praia e outra em casas com vistas sensacionais, escolha o Scenic View Escape, na Scenic Road, ou a Flaxmere House, a caminho de Bethells.

Saiba mais sobre: 11 praias em Auckland para fugir do estresse da cidade grande.

A ilha de Waiheke

Mar azul e céu azul sem nenhuma nuvem, com veleiros no mar. Do lado direito da foto, um cabo alto.

A ilha de Waiheke fica no meio do Golfo de Hauraki. A viagem do centro de Auckland até lá de ferry leva 35 minutos. Pela distância, ficar hospedado em Waiheke não é uma opção para conhecer Auckland. Mas a ilha é uma excelente pedida como um passeio de fim de semana para quem quer sair um pouco da cidade grande sem ter que ir pra muito longe.

Além das praias, Waiheke atrai muitos turistas por seus muitos vinhedos, o que torna o destino ainda mais interessante. Mas não se preocupe, a ilha possui opções para os mais diversos padrões de viajantes, se encaixando em todos os bolsos, de albergues a hotéis de luxo.

Veja diversas opções e pesquise onde ficar na Ilha de Waiheke.

O aeroporto de Auckland

Vista da janela de um avião, com o céu azul, nuvens lá embaixo entre montanhas escuras. Da janela dá para ver a asa do avião.

Auckland é superinteressante e há muito o que fazer na cidade, mas reconhecidamente as maiores atrações da Nova Zelândia estão no interior do país. Por esta razão, muitos viajantes optam por cortar Auckland do roteiro, mas mesmo nesse caso uma noite na cidade pode ser necessária.

Para quem estiver nessa situação, ao redor do aeroporto de Auckland há muitos hotéis que podem servir para uma estadia curta. Boas sugestões incluem o Novotel Auckland e o Ibis Budget.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

4 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.
  • Primeiro gostei muito do blog. Segundo vocês indicariam um guia brasileiro /português , pretendo viajar em janeiro com minha esposa e filhos de 18 e 27 anos. Fazer passeios por 6 dias e depois irei para a Austrália. Agradeço

    • Oi Marcos, infelizmente a gente não conhece, mas dá uma olhada nos nossos posts sobre o país, a NZ é muito pequena e organizada, dá pra se virar muito bem sozinho 😉

  • Olá, tudo bem?

    Meu filho embarca em março 17 para Auckland. Tenho uma dúvida que não encontro esclarecimento em lugar algum. Se comprarmos um voo de SP para Auckland. Haverá uma escala de uma hora em Sydney – pergunta que não quer calar: é tempo suficiente?

House Sitting

publicidade

Close