Home » Finanças » 3 Formas de Abrir uma Conta nos EUA (pessoalmente ou à distância)
Finanças

3 Formas de Abrir uma Conta nos EUA (pessoalmente ou à distância)

Como abrir uma conta nos EUA: uma nota de 100 dólares

Abrir conta nos EUA é uma necessidade para muita gente e não apenas àqueles que viajam ao país com freqüência ou pensam em se mudar para lá.

Acompanhe nossas dicas abaixo que vamos explicar 3 formas que você pode usar para abrir uma conta nos Estados Unidos e ter acesso ao sistema bancário local mesmo sem ser um cidadão norte-americano.

3 formas de abrir conta nos Estados Unidos

Abaixo separamos 3 formas que você pode usar para abrir sua conta e começar a movimentar seus dólares sem preocupações.

  1. Wise
  2. Bancos Americanos
  3. BB Americas

Confira a seguir um pouco mais sobre cada uma dessas dicas. Ao menos uma delas vai se adaptar muito bem às suas necessidades:

P.S.: Embora seja possível abrir uma conta nos Estados Unidos em até 30 minutos, fazer isso à distância gera algumas limitações e requer uns procedimentos extras. Mas escolhendo a opção correta para o seu caso e sabendo seguir todos os passos, não é nada tão complicado.

1. Wise (antiga TransferWise)

Logo da Wise, a antiga TransferWise

A Wise, novo nome da antiga TransferWise, é uma das melhores opções para quem quer abrir uma conta online nos Estados Unidos.

A vantagem de ter uma conta na Wise é que a empresa trabalha em todos os processos com o câmbio comercial na conversão de moeda (mid-market exchange rate), diminuindo as perdas para o usuário.

Significa então que o cliente deixa de ter o spread bancário aplicado sobre o valor do câmbio, como os grandes bancos costumam fazer.

Como entre os bancos tradicionais é um difícil de abrir um contrato à distância, a Wise se apresenta como uma alternativa viável a quem precisa de uma conta online.

Veja o que é e como funciona a Wise (a antiga TransferWise).

Conta multi-moedas

A Wise oferece uma conta com saldo em dólar e que pode armazenar também diversas outras moedas simultaneamente.

Esta conta da Transferwise é chamada Borderless. Com ela o cliente pode abrir gratuitamente uma conta online com dados bancários americanos, mantendo seu saldo em dólares e, opcionalmente, em outras moedas também, sem nenhuma taxa adicional.

A conta Borderless é uma conta multimoedas que pode ser movimentada tanto nos Estados Unidos como em outros países.

Ao criar a conta você recebe de imediato seus dados bancários para movimentação online. Caso tenha residência em um dos países habilitados, recebe também um cartão de débito MasterCard, que funciona como um cartão pré-pago e pode ser usado para saques e compras presenciais.

Apesar de ser uma opção que vem despertando muito o interesse de brasileiros, é importante esclarecer que o cartão de débito MasterCard da TransferWise ainda não é enviado para endereços no Brasil. Mas isto não é um impeditivo para a criação da conta. Mesmo sem o cartão, o cliente consegue movimentar seus valores usando o próprio aplicativo para converter entre moedas e fazer transferências.

Para ativar a opção multimoedas da sua conta é super simples:

  • Acesse a sua conta Wise;
  • Ative a opção “Conta Borderless”;
  • Escolha uma moeda para ter seus dados bancários iniciais (pode ser dólar);
  • Faça o carregamento de no mínimo 20 dólares. Este saldo ficará na sua conta/cartão, sem prazo para expirar.

Limites e Taxas

A Wise se destaca como uma ótima opção para quem precisa transferir dinheiro para o exterior, em virtude de contar com uma política de taxas baixas e total transparência na cobrança dos valores.

Para se ter uma ideia, quem precisa fazer uma transferência de uma conta bancária brasileira em um banco comum para outra no exterior, pagará uma taxa de aproximadamente 2,5% do valor da operação – já com o IOF incluso.

E para enviar um determinado valor do exterior para uma conta no Brasil, a Wise cobra em torno de 1,4% pela transferência, sendo que nesse pacote também está incluso o IOF.

É enorme a diferença.

E para quem dispõe do cartão, há um limite mensal de até 200 dólares para saques gratuitos. Não há nenhum custo adicional para recebimento de transferências locais e internacionais, bem como taxa zero para manutenção da conta.

2. Bancos americanos

Foto de lo lo no Unsplash

Ao contrário do Brasil, que dispõe de pouquíssimas opções de bancos, nos Estados Unidos há um leque muito maior para o cliente que precisa abrir uma conta bancária. Algumas das instituições mais populares no país são:

  • Bank of America
  • JP Morgan
  • Wells Fargo
  • Goldman Sachs Group
  • Morgan Stanley
  • PNC Financial Services Grou
  • Capital One Financial Corp
  • TD Group US Holdings LLC
  • U.S. Bancorp e Citigroup

Em boa parte dos casos, os bancos dos EUA não exigem endereço fixo para abertura de conta.

E ao contrário do que estamos acostumados no Brasil, o curioso em se tornar cliente em qualquer um desses bancos é que não há necessidade de reservar um dia inteiro para abrir uma conta. Muitas vezes basta escolher o plano pretendido e fazer um depósito mínimo, num valor que varia de um banco a outro, para, em 30 minutos, sair de lá com um cartão de débito na mão.

Tudo é bem rápido, é verdade, mas em quase todos os casos os bancos exigem que o cliente vá pessoalmente a uma agência, o que inviabiliza como uma possibilidade para muita gente que mora no Brasil e não viaja aos EUA com freqüência.

Para quem precisa de uma dica de banco americano para abrir conta, uma das instituições financeiras preferida pelos brasileiros é o Bank of America. Trata-se de uma opção interessante que além de contar com diversas agências, também oferece as melhores condições para conta corrente, com taxas acessíveis.

3. BB Américas

Foto de Rafael Garcin no Unsplash

O Banco do Brasil Américas é um dos melhores bancos para quem precisa abrir uma conta bancária nos Estados Unidos sem sair do país. O BB Americas é uma possibilidade real para brasileiros que querem ter uma conta corrente nos EUA mesmo morando no Brasil.

O banco é uma subsidiária do Banco do Brasil com atuação nos Estados Unidos. A conta no BB Americas é uma opção excelente para brasileiros que têm compromissos financeiros nos Estados Unidos e recebem em dólares. O modelo serve tanto para quem precisa de uma conta corrente ou poupança, seja como pessoa física ou jurídica.

Quem é correntista do Banco do Brasil regularmente já tem meio caminho andado ao aderir a uma conta na subsidiária dos Estados Unidos. A exigência será que esse cliente preencha apenas um formulário online tendo que enviar alguns documentos complementares para a efetivação da nova conta.

Porém, é importante enfatizar que o processo não é tão simples, nem acessível para todo mundo.

Para ter acesso ao BB Americas é preciso fazer um depósito mínimo inicial de 10 mil dólares caso não seja cliente do Banco no Brasil, comprovar identidade, endereço e renda por meio de extrato bancário.

Para quem já é cliente, o valor de depósito reduz para algo em torno de 3 mil dólares.

Qual a melhor forma de abrir uma conta americana?

A opção mais simples é abrir uma conta multimoedas com saldo em dólares na Wise. A empresa britânica possibilita ao cliente total controle de suas movimentações por meio de um aplicativo super intuitivo, onde é possível enviar e receber dinheiro estrangeiro de forma super econômica.

Já os Bancos Americanos são a saída para quem prefere seguir o modelo tradicional e recorrer aos bancos com agências físicas. Sabemos que muitas pessoas ainda preferem contar com instituições sólidas que ofereçam maior gama de serviços. O interessante no caso dos EUA é que grande parte delas não exigem residência fixa. Porém, alguns são muito rígidos quanto à documentação.

E por último, vamos destacar o caso do BB Américas que, basicamente, é uma versão do Banco do Brasil operando nos Estados Unidos. Como ele oferece a possibilidade de abrir uma conta à distância mesmo para quem mora no Brasil, pode ser uma alternativa viável para muita gente.

Vale a pena abrir uma conta bancária nos EUA?

como abrir conta nos eua: dolares em uma mão
Foto de 金 运 no Unsplash

Muitas pessoas preferem contar com uma conta bancária administrada em moeda estrangeira, especialmente em uma moeda forte como o dólar americano, seja como forma de proteção de seu patrimônio ou para habilitarem novas possibilidades de transferência de valores que sejam mais vantajosas.

Ter uma conta bancária nos EUA é uma necessidade também para profissionais que trabalham online e recebem em dólares para evitar perdas com conversão de moedas.

Mesmo para quem mora no Brasil, esta alternativa é ainda mais significativa, uma vez que transações internacionais em bancos brasileiros não são nada simples nem baratas de serem feitas.

A vantagem dos EUA é por lá ser possível ter uma conta com saldo em dólar mesmo para quem não é residente no país.

Quais documentos são necessários para abrir uma conta nos EUA?

como abrir uma conta nos eua: passaporte brasileiro

Os documentos exigidos pelos bancos americanos variam muito de instituição para instituição. Mas, em geral, há um protocolo semelhante em quase todos. Normalmente são solicitados: o fornecimento de dados pessoais, carteira de motorista e o Social Security Number.

Há outros bancos que exigem apenas o passaporte, sem precisar mostrar outros tipos de comprovantes. Mas este novo cliente será informado que todas as mensagens serão entregues em um endereço físico, havendo, portanto, a necessidade de registrar um endereço de residência nos EUA.

Além disso, é importante ter em mente que para quem não é cidadão americano é aconselhável que o mesmo vá pessoalmente até uma agência bancária mais próxima, mesmo que ele faça todo o processo de abertura da conta pela internet.

Nunca é demais lembrar que para brasileiros, o único banco que permite uma abertura de conta à distância é o BB Américas. Com ele, é preciso encaminhar cópias de documentos de identidade válidos, tais como passaporte, RG ou CNH, além de comprovante de residência e preenchimento dos devidos formulários.

É seguro abrir uma conta online nos EUA?

Em geral sim. Muitas pessoas se prendem aos bancos tradicionais, por terem uma sensação maior de segurança, mas uma conta digital também oferece muita tranquilidade aos clientes.

No caso que citamos da Wise, a empresa é registrada em diversos países onde atua pelos seus respectivos órgãos regulamentadores, garantindo a segurança de suas operações.

Para os usuários do Brasil, por exemplo, a Wise é uma instituição financeira licenciada, reportando diretamente ao Banco Central. A empresa utiliza contas de bancos como o JP Morgan para movimentar o dinheiro.

Salve estas dicas no Pinterest!

A vantagem dos EUA é por lá ser possível ter uma conta com saldo em dólar mesmo para quem não é residente no país. Quer saber como ter acesso a tudo isso e qual situação é mais adequada ao seu caso? Acompanhe nossas dicas que vamos explicar 3 formas que você pode usar para abrir uma conta nos EUA.
A vantagem dos EUA é por lá ser possível ter uma conta com saldo em dólar mesmo para quem não é residente no país. Quer saber como ter acesso a tudo isso e qual situação é mais adequada ao seu caso? Acompanhe nossas dicas que vamos explicar 3 formas que você pode usar para abrir uma conta nos EUA.
 

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

CONTA GRÁTIS NA EUROPA

Abra uma conta online no Banco N26 para ter um cartão com saldo em euros para suas viagens internacionais.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

22 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

  • Olá! Minha situação:

    Faço compras quase que diariamente nos EUA através de cartão de débito internacional (bs2, c6 global, nomad). Porém estas contas apresentam um limite anual de gastos. Então penso que o próximo passo é abrir uma conta-corrente americana, mesmo, e mandar remessas pra lá via wise/outras corretoras. Mas preciso que essa conta me forneça um cartão (crédito ou débito, tanto faz) para pagar minhas compras. O BB Américas, por exemplo, me fornece isso?

  • Eu estou precisando fazer uma transferencia en USD desde un país estrangeiro de forma rápida e sem tanto problema, Wise chegou pra ajudar. Obrigado Carlos pela informação.

  • Carlos, boa tarde.
    Gostei muito desta sua matéria.

    Eu trabalho em um grupo de empresas. Uma das empresas do grupo, é americana, com sede nos EUA.
    O dono 100% da empresa é um brasileiro.
    Precisamos abrir uma conta comercial (recebimentos e pagamentos – cartões crédito e débito) para esta empresa americana nos EUA (precisa ser nos EUA), mas com a pandemia, o dono brasileiro não pode viajar até la para abrir.
    Você consegue me ajudar neste sentido?
    Abrir uma conta de uma empresa 100% americana, nos EUA, sendo que o sócio é brasileiro e não pode ir até o país para abrir a conta.
    Tem como fazer isso a distância? Pode me dar o caminho?
    Obrigado desde ja
    Bruno

  • Valeu amigo gostei das informações, no meu caso eu gostaria de ter uma conta bancário estilo tradicional em dólares americanos. Compro e vendo criptomoedas e gostaria de adicionar uma conta na exchange onde negocio para poder enviar e depois sacar o dinheiro da corretora para essa conta. Essa TransferWire me parece estilo PayPal não sei se pode se manter uma conta em dólares e usar como se usa aqui no Brasil. Você sabe se existe algum banco desses online onde eu consiga abrir uma conta como se eu fosse cidadão do pais por exemplo dos EUA?

    • Não consigo ajudar nessa. Um banco tradicional costuma ser mais rígido no processo de abertura de contas. E com negociação de criptomoedas envolvida as exigências são ainda maiores pela equipe de compliance.

  • Oi Carlos, tudo bem?

    Minha empresa deve atender um cliente nos Estados Unidos por um longo período. Fui orientada a abrir a conta bancária por lá por ser mais atrativo.
    Gostei muito da opção pela Transferwise, pois este mesmo cliente já fez transferências anteriores para minha conta corrente no Brasil por lá. E foi rápido e com taxas bem menores que o pagamento via Paypal, por exemplo.

    No meu caso, que é minha empresa recebendo, precisaria ser uma conta empresarial, ou faço uma conta pessoal mesmo? As contas empresariais teriam o mesmo benefício? E a conta por lá tem algum rendimento?
    Obrigada

  • Em 2020 estive no Reino Unido abri a conta remotamente em um banco lá que se chama Monzo Bank. No dia seguinte um domingo o cartão de débito era entregue em casa dos amigosa em que estive hospedado. Reparei que este banco também tem representação nos EUA mas por lá pedem que se inscreva numa lista de espera. Sabe dizer se estas listas são comuns, se a abertura de conta chega mesmo a acontecer? Além do Monzo Bank inscrevi-me na lista de espera de outro banco também digital o Zenus Bank.

    • Estas listas são comuns quando um banco tem plano de entrar num mercado novo, mas podem demorar anos até concluir e entrar em operação.

  • …Não é verdade; O “Banco Do Brasil Américas” NÃO É VINCULADO ao Banco Do Brasil. Eu vivo em Orlando e verifiquei essa informação pessoalmente e se quiser saber mais, vá no YouTube lá tem vídeos de pessoas chocadas com o fato… Eu também me choquei.

    • Só ir no site do BB Américas, clicar em “Nossa História”.
      Colo aqui o que está escrito lá: “Por mais de 200 anos, o Banco do Brasil S.A., acionista único do BB Americas Bank, tem oferecido produtos e serviços de alto-padrão para seus clientes no Brasil e em 23 países ao redor do mundo.

      Em 2012, o banco expandiu seu negócio, modelo de qualidade e serviço, para os Estados Unidos e o BB Americas Bank foi aberto, entregando soluções inovadoras com serviço especializado em Inglês, Português e Espanhol.

      Os serviços financeiros oferecidos pelo BB Americas Bank incluem contas correntes pessoais e empresariais, contas poupança, cartões pré-pago, contas money market, contas CDs, cartões de crédito e débito, transferências de fundos internacionais e uma linha completa de financiamentos residenciais e comerciais.

      O BB Americas Bank orgulhosamente continua a tradição de sua empresa mãe, apoiando a educação, cultura e esportes locais, através de projetos comunitários, apoio financeiro e voluntário.”

    • Deveria ser a melhor opção para os Brasileiros. Mas infelizmente o BB é muito grande e difícil para se lidar. Tenho tentado há mais de 2 anos abrir a conta no BB Américas, mas não se acha alma na agência ou virtualmente agora que te orienta e realmente te direciona. E olha que sou correntista PF e PJ, mas acabei tendo que seguir XP, Nubank, Revolut e Transferwise. É o futuro…os grandes bancos infelizmente precisam urgentemente se remodelarem. Abs.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
abbv