Home » Destinos » Portugal » O que fazer no Algarve: Top 18 Melhores Dicas de Viagem
Portugal

O que fazer no Algarve: Top 18 Melhores Dicas de Viagem

Ao planejar o que fazer no Algarve, o turista irá encontrar uma imensidão de locais belíssimos. Dependendo do tempo disponibilizado para conhecer o lugar, não terá como ver tudo e tampouco saberá o que priorizar.

A fim de ajudar o visitante a montar seu roteiro pelo Algarve da melhor forma possível, neste texto descrevemos cada uma das cidades, vilarejos a beira mar, praias e passeios.

O Algarve é uma das regiões mais conhecidas e visitadas de Portugal, principalmente por europeus durante o verão, tendo em vista que a região fornece 300 dias de sol ao ano. Fica no extremo sul do país, com o Oceano Atlântico a oeste e a Espanha ao leste.

No passado, a região era dominada pelos mouros, daí os nomes de origens árabes de suas cidades e praias. Algarve em árabe quer dizer “O Oeste”, pois fica a oeste da Andaluzia, também de domínio mouro no passado.

Leia mais: Veja a melhor forma de fazer seu seguro viagem para Portugal.

O que fazer no Algarve: as 18 melhores dicas

Antes de qualquer coisa, ao começar a montar seu roteiro pelo Algarve, é preciso definir uma ou mais cidades que servirão de base para sua hospedagem.

Por mais que seja tentador reservar algo o mais perto possível do mar, não são todos os vilarejos que possuem boa infraestrutura turística. Você pode terminar se sentindo isolado na hora que precisar encontrar um local para almoço ou jantar.

O que fazer no Algarve: a praia do carvoeiro vista da trilha, no meio das árvores, cheia de barcos de pescadores na areia

Por isso, fizemos a lista de atrações abaixo já levando em consideração as melhores bases para se hospedar no Algarve. Dividimos as atividades conforme a proximidade das cidades e vilarejos que oferecem melhores opções de restaurantes, hotéis e atrações turísticas, facilitando a vida de quem quer programar seus dias de viagem pelo Algarve.

Nossa lista com o que tem de melhor para se fazer no Algarve inclui:

  1. Centro Histórico de Lagos
  2. Praia do Camilo
  3. Ponta da Piedade
  4. Praia de Dona Ana
  5. Praia dos Estudantes
  6. Praia do Pinhão
  7. Cidade Velha
  8. Rua 5 de Outubro e Rua Cândido dos Reis
  9. Miradouro do Pau da Bandeira
  10. Praias de Albufeira
  11. Praia do Carvoeiro
  12. Praia de Benagil
  13. Praia da Marinha
  14. Praia do Carvalho
  15. Praia de Vale Covo e Praia do Vale de Centeanes
  16. Percurso dos Sete Penhascos Suspensos
  17. Passadiço do Carvoeiro, Algar Seco e Boneca
  18. Passeio a Gruta de Benagil

O que fazer em Lagos

Lagos é uma parada obrigatória a quem planeja o que fazer no Algarve. Uma das cidades mais antigas da região, já foi dominada por celtas, cartagineses, romanos e muçulmanos, onde é possível ver resquícios dessas diversas culturas ainda hoje.

O que fazer no Algarve: o centrinho histórico da cidade de Lagos

Lagos foi um importante ponto para as grandes navegações portuguesas e, infelizmente, a cidade foi a mais antiga do mundo a receber povos de inúmeras etnias africanas que seriam reenviados às Américas como escravos.

Além de toda a história, na hora de saber o que fazer em Lagos, tenha em mente que a cidade agrega várias praias paradisíacas que com certeza estarão na sua lista.

Nós nos hospedamos em Lagos como a segunda base da viagem (a primeira foi Carvoeiro) e foi ótimo poder visitar cada uma das praias a pé saindo do centro histórico da cidade.

Aqui embaixo vai uma lista do que ver na cidade:

1. Centro Histórico de Lagos

O Centro Histórico de Lagos é muito antigo, de quando a cidade ainda se chamava Lacóbriga pelos celtas. Já foi a capital do Reino do Algarve, que só mudou para Faro (que se mantém até os dias atuais) por causa do tsunami que arrasou a cidade em 1755.

O castelo de Lagos, com sua muralha feita de pedras cercada por árvores

Bem ali no Centro Histórico ficam as muralhas medievais do antigo Castelo de Lagos. Viradas para o mar, elas defendiam o antigo burgo que ali dentro existia. Uma das portas (a chamada Porta de São Gonçalo, local onde o beato nasceu) está intacta, mesmo após o terremoto de 1755.

Bem ali ao lado fica a Igreja de Santa Maria de Lagos, construída no século XV. E um pouco mais adentro da cidade fica a Igreja de Santo Antônio, um dos monumentos mais importantes da região. O interior da igreja é belíssimo, coberto de murais em azulejos e paredes de ouro roubados do Brasil durante as grandes navegações. Vale a visita.

Junto ao mar fica a estrutura do século XVII mais bem preservada do Algarve, o Forte da Ponta da Bandeira. A edificação fica no caminho entre a famosa Marina de Lagos e as lindas praias da região. Em seu interior fica a capela de Santa Bárbara, forrada inteiramente em azulejos seiscentistas.

Por último, mas não menos importante, o antigo prédio do Mercado de Escravos, o primeiro no mundo a comercializar seres humanos vindos do continente africano, a partir do século XV, o que tornou a cidade de Lagos uma das mais “prósperas” da região. Hoje é um museu chamado Núcleo do Mercado de Escravos e faz parte da Rota da Escravatura da UNESCO.

2. Praia do Camilo

A Praia do Camilo é uma das mais famosas do Algarve. Possui uma faixa de areia estreita, cercada pelas lindas falésias que estão presentes em toda a região.

A linda Praia do Camilo vista da escadaria

Para chegar a Praia do Camilo é preciso descer uma escadaria de madeira, pois a praia fica em um desfiladeiro. É possível também ir até lá caminhando a partir do centro de Lagos. O caminho é ótimo, com calçamento e passa por várias outras praias incríveis.

O único problema de lá é a temperatura da água, mas é só ficar de olho na previsão que é possível ter uma idéia bem certeira. Quando fomos à Praia do Camilo, a água estava cristalina, sem ondas e bem gelada, mas eu entrei assim mesmo. Depois de um tempo o corpo acostuma.

3. Ponta da Piedade

A Ponta da Piedade é um dos locais mais bonitos do Algarve, sem sombra de dúvidas! Trata-se de um grupo de formações rochosas nas imensas falésias da região, que se encontram exatamente numa ponta em direção ao oceano.

A Ponta da Piedade vista de cima para baixo, em sua escadaria, com as falésias ao fundo e água cristalina

O passeio pode ser feito de barco, saindo diretamente da Ponta da Piedade, mas é preciso descer (e após o passeio, subir) seus 182 degraus no sol. A vista é magnífica, mas confesso que a subida de volta foi bastante sofrida com tanto calor. Vale pelas fotos, mas vá sabendo que não poderá entrar na água para se refrescar, devido à alta rotatividade de barcos.

Nós descemos a escadaria no mesmo dia que fomos a Praia do Camilo, mas resolvemos fazer o passeio de barco saindo da Marina de Lagos, pois quando chegamos lá já havia passado do meio dia (somente na parte da manhã as grutas ficam iluminadas). Da Marina também saem tours de caiaque para quem tiver disposição.

A Ponta da Piedade vista da altura da água, com águas claríssimas

Saindo da Marina, o barco passa por todas as praias no caminho entre a cidade e a Ponta da Piedade. O passeio entra em cavernas de águas perfeitas, tão claras que parecem até de mentira. Dura em torno de 40 minutos e é uma forma mais confortável de conhecer um dos pontos turísticos mais famosos do Algarve.

Não se esqueça: visite a Ponta da Piedade pela manhã, antes do meio dia, para não pegar a área já na penumbra.

4. Praia de Dona Ana

A Praia de Dona Ana hoje é uma das preferidas dos turistas estrangeiros no Algarve. Foi eleita em 2013 pela Condé Nast Traveller a praia mais bonita do mundo e a melhor praia de Portugal.

A Praia de Dona Ana vista da trilha

Dona Ana possui uma faixa de areia bem larga, o que atrai muitos turistas, além de formações rochosas por todos os lados, incluindo na areia. Outra vantagem é que fica bem próxima de um grupo de hotéis desta região de Lagos, sendo mais acessível que as demais.

A praia é ótima caso você esteja hospedado ali no entorno, pois é só atravessar a rua praticamente. Boa para famílias com crianças também. Conta com restaurante na areia.

5. Praia dos Estudantes

A Praia dos Estudantes vista da água, com sua ponte romana pendendo do alto

A Praia dos Estudantes é a mais próxima do centro de Lagos. Fica a apenas alguns passos da Marina. A princípio o turista pode não dar nada por ela, mas ao caminhar para a parte leste da praia, o visitante verá a antiga ponte romana ligando o continente a uma ilhota que desabou durante o terremoto de 1755.

Eu fiquei extremamente emocionada com a praia, pois é possível nadar por baixo da ponte, num mar claríssimo e raso. Foi uma sensação indescritível e acabou se tornando a minha favorita só por esse fator. Além das ruínas romanas, o que restou da ilha ainda preserva resquícios de um forte da época moura, que não existe mais.

6. Praia do Pinhão

A Praia do Pinhão vista do alto de suas escadas, com mar claríssimo

A Praia do Pinhão é uma praia mais reclusa em Lagos. Fica entre a Praia dos Estudantes e a Praia de Dona Ana, mas seu acesso se dá através de uma escadaria no penhasco. Aconselho a ir de manhã até umas 15h, pois depois disto as sombras da encosta deixam a praia na penumbra.

Não é das praias mais badaladas e não tem recintos para comer. A dificuldade de acesso a deixa restrita para poucos, então só vá caso esteja procurando tranquilidade.

O que fazer em Albufeira

Albufeira é uma das cidades mais antigas do Algarve. É um local povoado continuamente desde a pré-história. Primeiro pelos romanos, depois mouros (daí vem seu nome “albufeira”, que em árabe quer dizer “a lagoa”) e, mais tarde, foi tomado na Reconquista Cristã de Portugal, em 1249.

Até os dias de hoje, Albufeira mantém a arquitetura moura de suas ruas e prédios, que mais parecem com as medinas islâmicas, com ruas estreitas e tortuosas, casas encostadas na calçada e pintadas de branco.

Nós incluímos a cidade em nosso roteiro apenas de passagem para lá ver o pôr do sol no Miradouro do Pau da Bandeira. Para quem estiver afim de fazer um cruzeiro de catamarã pela costa do Algarve, Albufeira também é o lugar!

Mas não se engane com a aparência pacífica de Albufeira. Ela é a cidade mais badalada do Algarve e uma das favoritas de estrangeiros que vêm atrás de sua intensa vida noturna. Para quem procura tranquilidade, se hospedar na cidade pode ser uma grande furada.

Mas, é possível conhecer uma Albufeira histórica e incluir muita coisa da cidade numa lista de atrações do Algarve. Nós vamos mostrar como!

7. Cidade Velha de Albufeira

Ao olhar Albufeira do alto de um miradouro, será possível ver uma sequência de casas brancas sobre as falésias que formam a costa do Algarve.

A Cidade Velha de Albufeira, cheia de casinhas brancas

Essa região mais alta é a Cidade Velha, formada pelos antigos mouros que viveram no local durante 500 anos. Caso você já tenha ido a alguma medina de cidade islâmica, logo irá perceber as semelhanças: ruelas estreitas formadas pelos limites das casas, arcos dividindo os velhos bairros e azulejos marcando as antigas portas da muralha que cercava a cidade (fique atento à bela Porta de Sant’Ana).

A Torre do Relógio é um dos pontos altos da cidade antiga. No passado era uma das torres mouras que defendiam a cidade, também sendo usada como prisão. No século XIX recebeu como adorno uma coroa de ferro de formato bastante minimalista, que fica iluminada durante a noite. Lá do alto se tem lindas vistas da cidade.

Na Praça da República, bem em frente à Praia do Peneco, ficam 2 pontos interessantes para quem quer saber mais sobre o passado árabe de Albufeira:

  • o Museu Municipal de Arqueologia
  • as Ruínas de Antigas Casas Islâmicas, bem ali no meio da praça.

Continuando pela Rua Henrique Calado, ao lado da praça, fica a Capela da Misericórdia, que nos tempos mouros era uma mesquita. Fácil encontrar devido à sua porta em formato de ogiva, elemento clássico dos edifícios islâmicos.

8. Rua 5 de Outubro e Rua Cândido dos Reis

Sabe aquelas fotos lindinhas de ruas em Albufeira que nos fazem pensar que estamos na Grécia? Então, essa é a Rua 5 de Outubro, a mais turística da cidade.

Lá você encontra lindos mosaicos de pedras portuguesas em todo seu pavimento, muitas lojas e restaurantes. A rua dá acesso a Praia do Peneco através de um portal.

Logo ao lado fica o Largo Engenheiro Duarte Pacheco, que marca o início da Rua Cândido dos Reis. Esta é a infame Albufeira Strip, sempre lotada de bares, bastante barulhenta e boêmia. Ali é onde a noite de Albufeira acontece de forma bastante intensa. É um local totalmente deslocado de Portugal, cheio de pubs e bares com cardápios em inglês e com quitutes britânicos. Caso queria fugir do agito, deixe de fora de seu roteiro.

9. Miradouro do Pau da Bandeira

O pôr do sol em Albufeira visto do alto, com suas casinhas brancas ao fundo

O Miradouro do Pau da Bandeira fica na falésia acima do Largo 25 de Abril. Existe uma escada rolante para levar os turistas até lá em cima.

A vista do topo é incrível, principalmente durante o pôr do sol, que deixa a cidade toda alaranjada. Não tem porque não ir: a vista é linda e o acesso facílimo!

10. Praias de Albufeira

Albufeira conta com praias muito procuradas pelos turistas que visitam o Algarve. Dentre as mais populares estão:

  • Praia dos Pescadores
  • Praia da Oura
  • Praia da Galé
  • Praia do Barranco das Belharucas
  • Praia dos Olhos de Água
  • Praia da Falésia
  • Praia de São Rafael
  • Praia dos Salgados

Dessas, nós só incluímos a Praia dos Pescadores em nosso roteiro, porque demos prioridade a outras locais do Algarve em nossos dias por lá.

A Praia dos Pescadores é a maior de Albufeira e fica ao lado da Praia do Peneco, sendo bastante acessível. É a melhor opção a quem não quer ir para muito longe da cidade. Chegue cedo para garantir um bom lugar para estender sua canga, porque chega a faltar espaço no verão, por maior que seja sua faixa de areia.

Sobre as outras praias, aconselho a ler esse texto, que tem fotos e explicações sobre todas elas.

O que fazer em Carvoeiro

Carvoeiro é um sonho! E foi uma grande surpresa. Lembro que já tinha ouvido falar no vilarejo quando li, em 2017, um texto da Forbes falando de lugares muito baratos para viver, e Carvoeiro estava em primeiro lugar por sua relação custo-benefício.

O lindo pôr do sol em Carvoeiro

Imagina um povoado de pescadores ainda sendo descoberto pelos turistas, com uma praia linda e casas brancas no topo de suas colinas: assim é Carvoeiro.

Escolhemos nos hospedar ali na nossa primeira parada no Algarve, pois a cidade é perfeita para visitar as praias do lado leste da região (enquanto Lagos é perfeita para visitar as praias do oeste).

Planeje uma passada na cidade, e se possível, considere passar algumas noites ali.

11. Praia do Carvoeiro

A Praia do Carvoeiro é pequena, mas linda demais, com águas transparentes e uma extensa faixa de areia.

O que fazer no Algarve: a linda e pequena praia do carvoeiro, encantadora

Como a maioria das praias encontradas no Algarve, a do Carvoeiro fica aos pés das falésias, o que, dependendo da hora do dia, projeta sombras para quem quer tirar um descanso do sol.

A Praia do Carvoeiro é bastante frequentada por jovens e dali saem os tours de algumas empresas que oferecem passeios até a Gruta de Benagil.

No entorno da praia ficam vários restaurantes muito gostosos e a sorveteria mais famosa do Algarve, a Gelados & Companhia, que vende o delicioso sorvete de arroz doce com canela. (dica que pegamos dos relatos do Viaje na Viagem).

12. Praia de Benagil

A Praia de Benagil é a praia mais conhecida do Algarve, sem sombra de dúvidas. A fama é devido a gruta próxima, de mesmo nome. Ao pesquisar sobre o Algarve, você com certeza já se deparou com uma foto de sua famosa caverna.

A Praia de Benagil é linda e bem parecida com a do Carvoeiro. Fica num pequeno vale entre duas falésias, com casas brancas no alto.

A Praia de Benagil vista da trilha do alto, com suas águas transparentes

Nós tivemos muita sorte com Benagil, pois fomos visitar a praia antes das fronteiras portuguesas serem abertas a outros países, após a pandemia do covid-19, em 2020. A praia estava vazia, bem diferente do que acontece em condições normais no verão.

Já ouvimos relatos de outros visitantes que foram em alta temporada e não conseguiram ficar ali de tanta gente. Logo, o conselho costuma ser por evitar a praia em alta estação. Existem várias outras praias melhores e mais bonitas no Algarve para escolher (e se estressar menos). Mas se você não se importar muito com o excesso de gente, a praia de Benagil é ótima.

Da Praia saem tours de barco para a gruta de Benagil. E também é possível alugar caiaques para ir até lá sozinho ou em grupo, ou até mesmo ir nadando, caso tenha muito fôlego e disposição.

13. Praia da Marinha

A Praia da Marinha foi eleita como uma das 10 praias mais bonitas da Europa e uma das 100 mais bonitas do mundo. E com razão, o lugar realmente é lindo demais.

A Praia da Marinha vista do alto, cheia de falésias na água, maravilhosa

Desde seu mirante do alto da falésia (que é o início do Percurso dos Sete Vales Suspensos) até a vista da praia são incríveis.

Para chegar até a areia é preciso descer alguns degraus bem pavimentados. A praia é bastante larga e com águas claríssimas. Ao seu redor, as falésias coroam o visual, com as rochas em meio às águas servindo de demarcação do lugar. Só fique de olho na maré no horário que decidir visitar, pois isso irá influenciar bastante em sua experiência, em vista que a praia é larga, mas não possui uma faixa de areia muito extensa.

14. Praia do Carvalho

A Praia do Carvalho, com águas azuis e uma rocha no meio da água

A Praia do Carvalho foi a que mais gostei em todo o Algarve. Toda a experiência vale muito a pena porque é, antes de tudo, muito surpreendente. Só pra você ter uma idéia: caso já tenha visto As Crônicas de Nárnia, sabe quando as crianças entram no guarda roupa e chegam a outro lugar? Então… é a mesma sensação na Praia do Carvalho! Vou explicar!

Não é possível ver a praia de seu estacionamento. O acesso até lá embaixo é através de um túnel esculpido nas falésias, estreito e com vários degraus. O percurso vale cada segundo depois que o turista chega lá embaixo.

O caminho para chegar a Praia do Carvalho, uma caverna

Uma praia escondida, com água cor de esmeralda, areias douradas e uma única pedra dentro do mar estão a sua espera. E como não são muitas pessoas que conhecem a Praia do Carvalho, ela não fica tão cheia quanto às outras.

15. Praia de Vale Covo e Praia do Vale de Centeanes

As Praias de Vale Covo e de Centeanes não são as praias mais bonitas, mas são bem confortáveis para quem está em família e não quer se aventurar muito para dar uns mergulhos e pegar um sol.

A Praia de Vale Covo, bem tímida, mas mesmo assim, linda

A Praia de Vale Covo só existe na maré baixa e fica nos fundos do Tivoli Carvoeiro. Foi neste hotel maravilhoso que nos hospedamos em Carvoeiro. Suas águas são meio revoltas, mas ela tem uma caverna enorme que é possível ir a pé ou de barco. É bem bonita e super desconhecida.

A Praia do Vale Centeanes no meio das falésias

A Praia do Vale de Centeanes é bastante frequentada por estrangeiros, pois ali no seu entorno ficam vários condomínios para aluguel de temporada. A praia é tranquila e perfeita para ir a pé caso esteja hospedado no entorno com a família. Ela é mais urbanizada, com estradas de concreto e escadas para melhor acesso, mas em questão de beleza, não é nada especial.

16. Percurso dos Sete Penhascos Suspensos

Aos que tem bastante disposição física, ao planejar o que fazer no Algarve não deixe de lado o magnífico Percurso dos Sete Penhascos Suspensos. Nessa trilha você verá todas as praias citadas acima (exceto Carvoeiro, que faz parte do Passadiço do Carvoeiro, no qual explico no tópico abaixo), mas vários outros vales e grutas vistas de cima.

A praia da marinha vista da trilha

A caminhada pelo percurso dura 3 horas de uma ponta a outra (6 horas, portanto, caso vá fazer o percurso ida e volta).

Para facilitar a logística, nós resolvemos pegar um uber no hotel em Carvoeiro com a Praia da Marinha, ponto de encerramento do percurso, como destino. De lá, fizemos todo o caminho andando de volta até o nosso hotel, o Tivoli Carvoeiro, que fica na Praia de Vale Covo, bem próximo do começo da trilha.

O farol visto ao longe no percurso dos sete vales suspensos
O percurso dos sete vales suspensos

O percurso é de fácil acesso, sem muitas subidas e descidas. Mas como o solo no litoral sul de Portugal é bastante danificado é recomendado ir com um calçado resistente. Passe bastante filtro solar e leve muita água, pois o caminho é todo embaixo do sol quase árido do Algarve. Por ser na borda do mar, venta bastante, o que ameniza um pouco a caminhada, mas se planeje bem para fazer a trilha sempre com segurança.

Muitas fotos lindas serão conseguidas durante a trilha. O caminho passa por praias de todas as cores que são perfeitas para serem os pit stop durante a caminhada. Nós descemos em várias para dar um mergulho e comer alguma coisa. A trilha tem alguns locais preparados para piquenique e em Benagil há algumas opções de restaurantes para almoçar.

17.  Passadiço do Carvoeiro, Algar Seco e Pedra da Boneca

O Passadiço do Carvoeiro seria o equivalente à continuação do Percurso dos Sete Penhascos Suspensos, que são interrompidos entre a Praia do Vale Centeanes e o Algar Seco. É uma trilha muito tranquila, toda pavimentada em madeira, que dura menos de 1 hora em seu total, caso não faça paradas (o que é impossível).

O passadiço do carvoeiro a beira mar

O Algar Seco está no início do percurso e é uma das áreas mais bonitas da região. Conta com piscinas naturais de águas azuis em meio a cavernas e grutas esculpidas pelo vento e pelo mar durante milhões de anos. Durante a maré alta vale ir nadar na piscina principal do local.

Mais a frente fica a famosa Pedra da Boneca. É uma rocha na falésia que, do mar, aparenta ter o formato de uma boneca. Um túnel atravessa a pedra, permitindo que se caminhe pelos salões de seu interior até as “janelas” perfeitamente esculpidas que nos permitem ter a mais maravilhosa das vistas.

Duas janelas naturais de dentro da pedra da Boneca
A vista de dentro da Pedra da Boneca

A Boneca fica ao lado de um restaurante bem legal para quem estiver procurando um local pra almoçar pelo caminho.

Continuando a trilha caminhando em direção ao Carvoeiro, passe também pelo Forte de Nossa Senhora da Encarnação, construído no século XVII. Os pores do sol de lá são espetaculares.

Dali o turista estará a um passo da Praia do Carvoeiro. É só descer a rua.

18.  Passeio a Gruta de Benagil

A Gruta de Benagil é a visita de maior expectativa para quem está montando um roteiro pelo Algarve. Trata-se de uma caverna natural nas falésias, só sendo possível ser acessada pelo mar. No alto da gruta existe uma entrada por onde se pode ver o céu (seria um Panteão natural, estou me perguntando…).

A linda Gruta de Benagil vista da agua

Para chegar até a gruta é preciso reservar algum dos tours de barco que saem do Carvoeiro ou da Praia de Benagil. Também é possível ir de caiaque alugado, SUP ou até mesmo a nado (para que tem um pulmão muito resistente).

Nós fomos de barco saindo de Carvoeiro e foi bem tranquilo. Fomos os dois com mais dois marinheiros e mais um casal. Mas lembro que isto aconteceu durante o período de desconfinamento de 2020, antes das fronteiras reabrirem. O normal é que seja muito mais procurado pelos turistas.

Uma das várias cavernas que entramos, com água profundamente verde

Chegando à caverna, outra surpresa: ela estava vazia, somente com 4 pessoas no total. Incrível, mas o número de pessoas foi pelo mesmo motivo. A ida de bardo só traz uma desvantagem: não é possível descer na praia.

Caso queira ficar um tempo curtindo a praia na gruta, deitado nas areias e tirando umas fotos, vá de caiaque, SUP ou a nado.

Roteiro de 1 semana pelo Algarve para facilitar sua vida

Para facilitar a vida de quem está preparado uma viagem e não sabe o que incluir no roteiro, elaboramos abaixo nossas sugestões do que fazer no Algarve numa viagem de uma semana.

Saiba mais: Onde ficar em Lisboa, quais os melhores bairros e dicas de hotéis baratos.

Divida sua hospedagem em 2 cidades diferentes

A vista da Ponta da Piedade de barco

Na nossa viagem nós escolhemos dividir nossas diárias de hospedagem entre Carvoeiro (Tivoli Carvoeiro Algarve) e Lagos (Tivoli Lagos Algarve). Os dois locais são pontos bem estratégicos para visitar tudo o que foi citado neste post.

Caso tenha pouco tempo no Algarve, prefira concentrar as diárias todas numa cidade só. O Algarve não é uma região muito dispersa e pode ser percorrido facilmente de uma ponta a outra, caso esteja de carro.

Dica: Pesquise os preços para alugar um carro no site da RentCars para poder pagar pelo aluguel em reais e parcelado.

Conheça as atrações mais próximas de cada cidade

No nosso planejamento nós visitamos:

Dia 1: Praia da Marinha, seguido de pôr do sol e jantar em Albufeira.

Dia 2: Percurso dos Sete Penhascos Suspensos.

Dia 3: Passadiço do Carvoeiro completo. Reservamos saindo da Praia do Carvoeiro o tour para a Gruta de Benagil para o dia seguinte, vimos o pôr do sol e jantamos por lá.

Dia 4: Fizemos o tour da Gruta de Benagil saindo de Carvoeiro. De lá seguimos para a segunda parte do roteiro, em Lagos.

Dia 5: Descida da Ponta da Piedade a pé e Praia do Camilo.

Dia 6: Tour a pé pelo Centro Histórico de Lagos. Trilha que sai da Marina de Lagos e vai de praia em praia, começando pela Praia dos Estudantes até a Praia de Dona Ana.

Dia 7: Tour de barco até a Ponta da Piedade, saindo da Marina de Lagos. Almoço na Praia da Luz. Pôr do sol em Sagres (só é bem difícil o dia estar limpo por lá, veja a previsão antes).

Dia 8: Check out e volta para Lisboa.

Prefira ir de carro

Ao planejar seus dias de férias no Algarve, saiba que a região fica a somente 2 ou 3 horas de carro de Lisboa, sendo perfeitamente encaixada numa viagem de carro alugado pelo país.

Ver tudo que o Algarve tem a oferecer sem um carro é uma missão um tanto difícil. As estradas são estreitas, sinuosas e tudo é bem afastado por lá.

Caso vá de transporte público, planeje ficar em cidades maiores como Lagos, Albufeira ou Portimão. Para mais informações acerca do transporte público no Algarve, dê uma olhada neste link.

Salve estas dicas do Algarve no Pinterest!

Ao planejar o que fazer no Algarve, o turista irá encontrar uma imensidão de locais belíssimos. Dependendo do tempo disponibilizado para conhecer o lugar, não terá como ver tudo e tampouco saberá o que priorizar. A fim de ajudar o visitante a montar seu roteiro pelo Algarve da melhor forma possível, neste texto descrevemos cada uma das cidades, vilarejos a beira mar, praias e passeios.
Ao planejar o que fazer no Algarve, o turista irá encontrar uma imensidão de locais belíssimos. Dependendo do tempo disponibilizado para conhecer o lugar, não terá como ver tudo e tampouco saberá o que priorizar. A fim de ajudar o visitante a montar seu roteiro pelo Algarve da melhor forma possível, neste texto descrevemos cada uma das cidades, vilarejos a beira mar, praias e passeios.
 

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento usando o Airbnb? Em alguns destinos fica mais barato do que um quarto de hotel.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Precisa de ajuda para planejar sua viagem?


Preencha seu e-mail e datas da viagem para receber nossas melhores dicas e avisos de promoções:

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

2 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
abbv
banner publicidade surfshark
hospedado por infinite cloud computing