Home » Destinos » Portugal » O que fazer em Lisboa: 22 atrações imperdíveis na capital portuguesa
Portugal

O que fazer em Lisboa: 22 atrações imperdíveis na capital portuguesa

O que visitar em Lisboa: A estátua equestre de D. José I na Praça do Comércio em Lisboa, cercada de prédios amarelos de telhas ocre. O céu no dia desta foto estava incrivelmente azul.

Na hora de procurar o que fazer em Lisboa o turista pode ficar um pouco perdido em meio às tantas áreas turísticas na cidade.

Por isso, resolvemos listar as principais atrações da cidade divididas conforme as regiões de Lisboa nas quais elas se encontram. Desse jeito fica mais fácil para o visitante montar seu roteiro e decidir o que visitar na cidade.

A capital de Portugal é grande e muita gente, ao chegar lá, pode ficar perdido na hora de decidir o que fazer em Lisboa. Mas ao se organizar e aprender a se situar na cidade será fácil achar seus pontos turísticos mais procurados.

Já estivemos em Lisboa muitas vezes e nesse meio tempo exploramos bastante a cidade e seus arredores. Nossa lista inclui alguns pontos turísticos muito famosos e outros locais que muitos viajantes não costumam visitar, mas que nós adoramos.

Lisboa é uma das capitais europeias que mais gostamos. As atrações que selecionamos não incluem tudo o que a cidade tem a oferecer, mas servem como um bom guia para quem quer explorar a cidade a fundo.

Programe-se: Saiba onde ficar em Lisboa, os melhores bairros e hotéis em 9 regiões da cidade.

O que fazer em Lisboa: as 22 melhores atrações

O que fazer em Lisboa: Um cartão postal feito com papel reciclado em Lisboa. No cartão está escrito "Lisboa" e vários peixinhos desenhados em volta nas cores branca, verde, vermelha e amarelo.

Fizemos uma seleção das melhores e mais importantes atrações para ajudar a montar seu roteiro do que fazer em Lisboa.

A lista está ordenada e subdividida conforme as regiões da cidade, para facilitar sua vida como turista.

Para nós, as 22 melhores atrações de Lisboa são:

  1. As ruas de Lisboa
  2. Praça do Comércio
  3. Rua Augusta
  4. Elevador de Santa Justa
  5. Praça Luis de Camões
  6. Eléctrico 28
  7. Miradouros da Senhora do Monte e de Santa Luzia
  8. Igreja de São Vicente de Fora
  9. Feira da Ladra
  10. Panteão Nacional
  11. Castelo de São Jorge
  12. Torre de Belém
  13. Mosteiro dos Jerônimos
  14. Padrão dos Descobrimentos
  15. Pastéis de Belém
  16. Príncipe Real
  17. Miradouro de São Pedro de Alcântara
  18. Basílica da Estrela
  19. Jardim da Estrela
  20. Gare do Oriente
  21. Oceanário
  22. Teleférico

1.     As ruas de Lisboa

O que fazer em Lisboa: Passear pelas ruas da cidade é o melhor atrativo. Elas tem um charme como em nenhum outro lugar, com prédios únicos sobrepostos e cobertos de azulejos. Na foto um obeslisco bem diferente dos que vemos por aí em uma praça em Lisboa.

Sem sombra de dúvidas a maior atração de Lisboa é sua urbanização e a forma como ocupa suas colinas.

As ruas de Lisboa estão entre as mais bonitas que visitamos na vida, e olha que já caminhamos pelas avenidas de Paris e Londres.

Suas ruas são angulares, seus muitos sobrados se sobrepõem uns aos outros, criando ângulos lindos nunca vistos.

Todas as vezes que caminhávamos por Lisboa, demorávamos mais do que o necessário para chegar ao nosso destino, pois eu precisava parar para fotografar cada esquina.

Tente usar seus pés como transporte e se jogue nas ruelas da capital portuguesa. Caso queira percorrer a cidade em um tour guiado, reserve sua vaga aqui. É grátis! É muito bem recomendado e passa por toda a região central a pé, com um guia explicando tudo em português.

Para os turistas que não puderem ou não quiserem andar, até porque Lisboa é uma cidade cheia de subidas e descidas, o ônibus turístico pode funcionar bem. O passe dura 24 horas e apresenta 3 tours diferentes: pela cidade, pela beira do rio Tejo até o Parque das Nações e por Belém. Nesses tours o turista determina onde subir e descer e a ordem em que vai visitar as atrações.

Leia mais: Quais são as melhores apólices de seguro viagem para Portugal?

As regiões da Baixa Pombalina, Chiado e Carmo

Aqui é o coração de Lisboa, a região comercial e por onde todo turista que visita a cidade começa a explorá-la.

Há muitas lojas internacionais, restaurantes e atividades turísticas para todos os gostos.

2.     Praça do Comércio

O que fazer em Lisboa: A Praça do Comércio com uma estátua equestre de D. José I em seu meio. Ao fundo, o Arco Triunfal da Rua Augusta. A praça é cercada de prédios amarelos. A foto foi tirada num lindo dia ensolarado.

A Praça do Comércio, ou Terreiro do Paço, é a grande atração dessa região.

Fica na beira do Rio Tejo e é uma das maiores praças da Europa.

Foi erguida após o terremoto de 1755 que devastou Lisboa, a mando do Marquês de Pombal. Ali funcionam até hoje vários ministérios do governo português.

Com uma estátua de D. José I em cima de um cavalo, a praça possui edifícios charmosos em seu entorno e ainda conta com o Arco Triunfal da Rua Augusta, um dos cartões postais mais conhecidos do país.

É um lugar perfeito para passar o final da tarde tomando um café e vendo as cores do pôr do sol colorir tudo de laranja. É muito comum os portugueses saírem de seus trabalhos e sentar na beira do rio Tejo para ver o dia se despedindo.

A Praça do Comércio é definitivamente um dos pontos altos de Lisboa.

3.     Rua Augusta

O que fazer em Lisboa: A Rua Augusta é das mais famosas de Lisboa, que começa no Arco Triunfal da Rua Augusta. Uma rua perfeita para caminhar, ir em bons restaurantes e fazer compras, pois lá ficam as lojas mais famosas.

A Rua Augusta é uma das mais famosas de Portugal.

É uma rua de pedestres que vai do Arco Triunfal até a Praça do Rossio.

Ao longo de sua extensão ficam diversos restaurantes, de tipos variados, mas de caráter amplamente turístico, com mesas ocupando quase a totalidade da rua. Vale a pena escolher um deles, sentar para comer um delicioso bolinho de bacalhau – que lá eles chamam de pastel de bacalhau – e tomar um vinho.

No comércio da Rua Augusta se destacam as lojas de marcas internacionais, ideais para quem também quer fazer compras.

4.     Elevador de Santa Justa

Conhecido por sua beleza, funcionando numa torre em estilo neo-gótico, o Elevador de Santa Justa se encontra na interseção das Ruas Áurea com a de Santa Justa. Dá acesso ao Largo do Carmo, onde fica o convento de mesmo nome.

Funciona desde 1902 exatamente da mesma forma.

5.     Praça Luis de Camões

É uma linda praça com a estátua de Camões, o grande poeta português, em seu centro.

Nela fica localizada a embaixada brasileira e bem perto dali funciona o restaurante e café “À Brasileira”. Fundado em 1905 ficou famoso por conta de um de seus frequentadores: Fernando Pessoa. Tanto é que existe uma estátua dele logo em frente.

A Praça Luis de Camões é um ótimo local para embarcar no eléctrico 28 que vai até a Alfama. Dali as chances são maiores de você viajar sentado.

Para quem prefere fazer um tour guiado por Lisboa, mas quer incluso um passeio de bonde e uma degustação de pasteis de nata, nada melhor do que agendar o passeio antecipadamente, com guia falando português com 3 horas de duração. O passeio sai justamente da Praça Luis de Camões.

A região da Alfama

Alfama é a região mais antiga da cidade, então não pode ficar fora de nenhuma lista do que fazer em Lisboa.

O bairro possui ruas estreitas que datam da época do domínio mouro em Portugal e é o berço do fado.

A visita a Alfama ainda tem um atrativo que é poder ir de um lugar ao outro nos antigos eléctricos – os bondes portugueses.

Leia mais: Veja nosso roteiro para explorar o bairro da Alfama a fundo, de uma maneira bem prática, passo-a-passo.

6.     Andar de eléctrico

A melhor forma de começar seu dia de turismo em Alfama é pegando o eléctrico 28, que cruza todo o bairro. Comece sua viagem no ponto mais afastado possível para poder ir sentado e tranqüilo (aconselhamos a esperar na Praça Luis de Camões).

O ideal é usar o eléctrico para ir até o ponto mais alto do bairro, o Miradouro da Senhora do Monte, e de lá descer pelas ruas de Alfama a pé.

Outra opção é fazer o tour de bonde turístico. Com ele é possível fazer quantas viagens quiser num período de 24 horas, seguindo o percurso que for melhor de acordo com seu roteiro.

7.     Miradouros Senhora do Monte e Santa Luzia

O que fazer em Lisboa: Uma das atividades a serem feitas em Lisboa é visitar seus inúmeros miradouros, ou mirantes para nós. Em Alfama os mais famosos são os de Santa Luzia e o da Senhora do Monte. De lá é possível ver as casas agrupadas, as telhas cor de ocre e o rio Tejo.

Lisboa é uma cidade construída em cima de colinas e Alfama não poderia deixar de ter suas ruas e casas em subidas e descidas.

Do alto de Alfama, os turistas têm as melhores vistas da cidade em dois mirantes: o Miradouro da Senhora do Monte, que fica mais no alto, e o de Santa Luzia.

8.     Igreja São Vicente de Fora

O que fazer em Lisboa: A Igreja de São Vicente de Fora é um dos pontos altos do bairro de Alfama, com sua arquitetura maneirista e lindo interior. Visitamos em um lindo dia ensolarado.

Uma das primeiras igrejas em estilo maneirista no país, a Igreja de São Vicente de Fora homenageia o padroeiro da cidade de Lisboa.

É uma edificação linda, que fica em uma região estratégica entre os dois miradouros de Alfama.

No interior do mosteiro, que fica ao lado da igreja, se encontra o Panteão da Dinastia de Bragança. Lá está enterrada a maior parte dos monarcas antecessores dos que trouxeram a corte para o Brasil.

9.     Feira da Ladra

A Feira da Ladra é uma feirinha de rua, ou um mercado de pulgas, que acontece todas as terças e sábados ao lado da Igreja de São Vicente de Fora.

Por lá é possível encontrar de tudo, de azulejos a lembrancinhas baratas para trazer de volta de Portugal.

Mesmo sem comprar nada, é um local interessante para passar o tempo fotografando os moradores e suas mercadorias.

10.     Panteão Nacional

O que fazer em Lisboa: O lindo Panteão Nacional é a Igreja de Santa Engrácia, em Lisboa. Cheio de história e homenagens a heróis portugueses, esse monumento fica no meio de outras grandes atrações no bairro de Alfama.

A Igreja de Santa Engrácia foi elevada ao título de Panteão Nacional em homenagem aos militares e grandes cidadãos portugueses.

A entrada é paga, mas vale incluí-la em sua lista do que fazer em Lisboa nem que seja somente para tirar umas fotos do lado de fora, por conta de sua beleza.

11.     Castelo de São Jorge

Um dos pontos turísticos mais visitados em Portugal, o Castelo de São Jorge une tudo o que um turista procura ao visitar Lisboa: história e paisagens.

Do castelo se tem a melhor vista da cidade. Termine sua visita no pôr do sol para ver as mais incríveis cores no céu lisboeta.

Conheça o Castelo de São Jorge em detalhes, e veja todas as informações de como chegar lá e aproveitar ao máximo sua visita.

A região de Belém

Belém é outra área da cidade que não pode ficar de fora do roteiro de quem quer visitar tudo o que Lisboa tem a oferecer.

A região é repleta de história e é superimportante na criação de nosso país, o Brasil, pois foi de lá que as caravelas de Pedro Álvares Cabral partiram.

O bairro é bem tranqüilo de ser visitado por conta própria. Mas se você prefere fazer um passeio guiado, o ideal é agendar o tour por Lisboa de ônibus turístico que inclui o bairro de Belém e suas atrações.

12.     Torre de Belém

O que fazer em Lisboa: A Torre de Belém é um ponto turístico imperdível. Provavelmente é o local mais visitado por turistas em Portugal. Fica em Belém, dentro do Rio Tejo. Conseguimos visitá-la em um dia ensolarado.

Um dos monumentos mais visitados de Portugal, a Torre de Belém é um dos símbolos do país devido a sua importância histórica.

Lindíssima, fica nas águas do Rio Tejo e já passou por inúmeras transformações até virar a atração turística que conhecemos hoje.

Dali da Torre de Belém sai também o passeio mais gostoso e inusitado de Lisboa, o tour de barco, onde o turista tem a oportunidade de ver a cidade de outro ângulo. O passeio é feito em um veleiro que vai de Belém até Alfama. Muito agradável!

Conheça os detalhes da visita à Torre de Belém.

13.     Mosteiro dos Jerônimos

O que fazer em Lisboa: O Mosteiro dos Jerônimos é um dos edifícios mais incríveis de Lisboa. Maior exemplar do estilo manuelino, o mosteiro tem uma linda arquitetura. Na foto foi tirada no pátio interior do edifício no final de uma tarde ensolarada.

Uma das atrações mais belas de Portugal, o Mosteiro dos Jerônimos é um perfeito exemplo da arquitetura manuelina.

Além dos maravilhosos edifícios que compõem o conjunto arquitetônico – a Igreja de Santa Maria de Belém e o mosteiro em si – uma visita ainda permite que se conheça o local onde estão enterrados dois célebres portugueses: Camões e Vasco da Gama.

Uma das atrações de Lisboa que mais gostamos, veja como incluir o Mosteiro dos Jerônimos em seu roteiro pelo bairro de Belém.

14.     Padrão dos descobrimentos

O Padrão dos Descobrimentos é um monumento erguido em homenagem às grandes navegações portuguesas, que expandiram a visão de mundo na época e exploraram inúmeras terras nos cinco continentes, incluindo o Brasil.

Enorme e poderoso, uma visita ao monumento é indispensável. A vista do seu topo é belíssima.

Entenda todos os detalhes do Padrão dos Descobrimentos.

15.     Pastéis de Belém

O único local do mundo autorizado a chamar seus pasteis de nata de “pastéis de Belém” fica, claro, em Belém.

É só procurar a Antiga Confeitaria de Belém e se esbaldar em seus doces maravilhosos. São deliciosos e uma visita à confeitaria é obrigatória a quem vai a Lisboa.

Saiba como visitar a confeitaria mais famosa de Lisboa e descobrir o que esperar dos famosos pastéis de Belém.

As regiões de Príncipe Real, Bairro Alto e Estrela

Este pedaço de Lisboa é uma de suas áreas mais nobres, essencialmente residenciais, muito charmosas, com lindos jardins e praças. Seus bairros contam com vários restaurantes aconchegantes e ótima comida.

A noite por ali também é super badalada, em especial no Bairro Alto, que conta com várias boates e bares.

16.     Príncipe Real

O que fazer em Lisboa: O bairro de Príncipe Real é um dos mais caros e chiques de Lisboa, com dias tranquilos e noites agitadas em seus lindos restaurantes. Na foto vemos uma das ruas do bairro, com um prédio amarelo no fundo, entre dois outros prédios. Uma árvore se encontra no canto esquerdo da foto. O céu está azul.

Príncipe Real é um dos bairros mais caros da cidade, mas ainda assim tem preços acessíveis para ficar hospedado e comer bem.

Em nossas andanças à noite, quando o bairro fica bem movimentado, achamos vários restaurantes pequeninos de qualidade inestimável.

É uma área ótima para quem quer se sentir um local, sentar nos quiosques da praça e tomar um vinho à noite.

17.     Miradouro São Pedro de Alcantara

O que fazer em Lisboa: O miradouro São Pedro de Alcântara fica no Bairro Alto de Lisboa e proporciona uma das mais belas vistas da cidade, de onde é possível ver o Castelo de São Jorge coroando o topo.

Juntamente com os jardins de mesmo nome, o Miradouro São Pedro de Alcântara fica na descida do Bairro Alto em direção à Praça de Camões.

Lá é possível sentar em um dos bancos e ver a cidade viva, com pessoas andando pra lá e pra cá, as casinhas de telhas ocres lá embaixo e o Castelo de São Jorge coroando a paisagem.

Normalmente é possível encontrar senhores tocando fado no mesmo local. Um lugar muito agradável.

18.     Basílica da Estrela

O que fazer em Lisboa: A Basílica da Estrela, no bairro da Estrela, em Lisboa, famosa por guardar o corpo de D. Maria I, conhecida aqui no Brasil como "A Louca". A igreja é lindíssima, com arquitetura barroca. Seu interior é bem rebuscado e escuro, com paredes marrons e iluminação amarelada. Uma cúpula se encontra acima do altar.

A Basílica da Estrela foi construída a mando de D. Maria I, conhecida aqui no Brasil como “A Louca”, em agradecimento pelo nascimento de seu herdeiro homem.

Os restos mortais da rainha estão no interior da igreja e é a única monarca da dinastia dos Bragança – exceto D. Pedro I e II, que estão sepultados no Brasil – que não está enterrada no panteão da Igreja de São Vicente de Fora.

A basílica é muito bonita, com uma cúpula rústica e arquitetura barroca.

19.     Jardim da Estrela

O que fazer em Lisboa: O Jardim da Estrela, no bairro da Estrela, em Lisboa, é famoso por seu jardim cheio de verde, seus patos e marrecos. Uma estátua está na beira de um lago artificial, cercado de árvores verdes e outras peladas. A foto foi tirada no inverno.

Localizado do outro lado da basílica, é um lindo jardim no bairro da Estrela.

Possui lagos cheios de marrecos e patos, coretos que criam vida durante o verão onde várias bandinhas tocam, e alguns quiosques para lanchinhos rápidos.

Parque das Nações

Uma zona industrial revitalizada para a Expo 1998, hoje é a área mais moderna da cidade, com edifícios altos, ruas largas e vários museus. Também é sede do Oceanário de Lisboa, um dos maiores do mundo.

Além disso, um dos atrativos é sua estação de metrô, a Gare do Oriente, projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o mesmo que concebeu o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Veja nosso roteiro completo para explorar a pé o Parque das Nações.

20.     Gare do Oriente

Parque das Nações, Lisboa: A Gare do Oriente, estação de metrô projetada por Santiago Calatrava

Por sua arquitetura, a Gare do Oriente entra na lista de muitas pessoas que procuram o que fazer em Lisboa. É uma estação de metrô projetada pelo renomado arquiteto Santiago Calatrava, autor entre outras obras, do Museu do Amanhã, no Rio, da Puente de La Mujer em Buenos Aires e do Oculus, em Nova York.

Sua arquitetura é belíssima e a estação se conecta com o shopping center Vasco da Gama, para quem quiser ir às compras ou procurar o que comer.

21.     Oceanário

O edifício mais famoso do Parque das Nações é o Oceanário de Lisboa e já foi considerado o melhor aquário do mundo, com inúmeras espécies de animais marinhos.

Ali também fica o centro de oceanografia e biologia, onde estudos são feitos com essa temática. Os adultos se divertem e as crianças se encantam neste lugar.

22.     Teleférico

Parque das Nações, Lisboa: O teleférico nas margens do rio Tejo

Logo atrás do Oceanário fica a entrada para o Teleférico de Lisboa, que atravessa uma parte do Rio Tejo pelo alto, o que rende belas fotos.

O Parque das Nações é uma região bem grande e caminhar por toda sua extensão pode ser bem exaustivo, então o teleférico vira um ótimo transporte até o outro lado do bairro.

Como visitar as atrações de Lisboa

Lisboa é uma cidade caminhável.

Mesmo com suas muitas ladeiras, para quem tem disposição é bem mais agradável passear a pé por suas lindíssimas ruas.

Tente pelo menos descer as ladeiras desta forma, deixando a volta para o metrô, caso se hospede na parte alta da cidade.

E além das várias estações de metrô, ainda existem os ônibus, eléctricos e táxis.

Não é preciso alugar um carro para conhecer a capital portuguesa. Até mesmo se quiser esticar para Cascais ou Sintra, existem trens que levam até lá.

O carro vale sim, se você quiser explorar mais a fundo o interior do país, indo a regiões mais afastadas. Neste caso, faça sua pesquisa com a RentCars e compare as diferentes ofertas das locadoras disponíveis.

Salve estas dicas de Lisboa no Pinterest!

Na hora de procurar o que fazer em Lisboa o turista pode ficar um pouco perdido em meio às tantas áreas turísticas na cidade. Por isso, resolvemos listar as principais atrações da cidade divididas conforme as regiões de Lisboa nas quais elas se encontram. Desse jeito fica mais fácil para o visitante montar seu roteiro e decidir o que visitar na cidade.
A capital de Portugal é grande e muita gente, ao chegar lá, pode ficar perdido na hora de decidir o que fazer em Lisboa. Mas ao se organizar e aprender a se situar na cidade será fácil achar seus pontos turísticos mais procurados. Nossa lista inclui alguns pontos turísticos muito famosos e outros locais que muitos viajantes não costumam visitar, mas que nós adoramos. Lisboa é uma das capitais europeias que mais gostamos. As atrações que selecionamos não incluem tudo o que a cidade tem a oferecer, mas servem como um bom guia para quem quer explorar a cidade a fundo.
 

ORGANIZE SUA VIAGEM!

PASSAGEM AÉREA

Use o Kayak para descobrir qual empresa tem as passagens aéreas mais baratas para sua viagem.

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe até R$180 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

8 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

  • Larissa, simplesmente AMEI todos seus posts, super explicativos para quem esta indo para Portugal pela primeira vez. Parabens, vc escreve muito bem e e rica nos detalhes. Esterei sempre por aqui, acompanhando seu blog

    • Oi Mirela, nossa, muito obrigada pelo comentário, só me dá mais vontade de continuar dividindo as dicas com vocês!
      Abraços e boa viagem!

  • Oie! Adorei o site! Parabéns.
    Estou indo com meu marido e dois filhos pequenos p passar alguns dias por lá. Peguei seu roteiro e ainda coloquei o oceanário, que acho q vai ser sucesso com os meninos.
    Se vc não se importar ( e puder) , gostaria de saber sobre os restaurantes q vc mais gostou por lá. Obg!!!

    • Oi Ana Carolina, tudo bem? Temos um texto sobre o Parque das Nações, em Lisboa, o bairro onde fica o Oceanário. Se quiser dar uma lida pra ver se tem algo mais para acrescentar!
      Sobre restaurantes, gostamos muito do Fome, tanto no almoço quanto no jantar, os pratos são sensacionais e não tão caros.
      Uma opção que consideramos imperdível para comer é ir até o LX Factory, um complexo dentro de uma antiga fábrica em Lisboa, cheia de restaurantes para todos os bolsos e gostos. Vamos até incluí-lo no nosso guia, pois estivemos lá na nossa última visita à cidade e amamos!
      Esse restaurante aqui no Princípe Real também se tornou um de nossos favoritos, se chama Largo Ao Tacho. E para almoço, super recomendamos o Carmo, bem perto das atrações turísticas, e com um menu de almoço maravilhoso e barato.

  • Excepcional o site, tenho acompanhad muito para planejar minha ida a Lisboa em Janeiro…. uma duvida: quantas horas mais ou menos seriam esses roteiros da Torre de Belem+Monasterio+descobrimento e do Bairro de Alfama? São passeio que ocupariam todo o dia ou dá para contemplar em cada turno? Muito obrigado e parabéns!

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
rbbv abbv
Banner Seguros Promo

publicidade

hospedado por infinite cloud computing