Home » Destinos » Nova Zelândia » 7 Formas de economizar em sua viagem pela Nova Zelândia
Nova Zelândia Planejamento

7 Formas de economizar em sua viagem pela Nova Zelândia

7 Formas de economizar em sua viagem pela Nova Zelândia

Em um mochilão ou em qualquer viagem corrida, dificilmente um turista consegue notar a sua volta ofertas comuns, aqueles descontos que são direcionados aos habitantes do país que está visitando, mas que lhe aliviariam bastante o orçamento caso fossem incorporados à sua viagem.

Resolvemos listar todo tipo de desconto possível de ser encontrado no país e o procedimento para conseguir incorporá-lo ao orçamento de sua viagem, ajudando a baratear os custos mesmo daqueles que desembarquem no país com roteiro apertado.

1. 50% de Descontos em passagens aéreas no Grab a Seat, da Air New Zealand

7 Formas de economizar em sua viagem pela Nova Zelândia

A Air New Zealand detém um quase-monopólio no transporte aéreo da Nova Zelândia, já que nos vôos internos tem uma única concorrente, a Jet Star australiana. Ficando sem uma rival na maior parte de suas rotas, dificilmente realiza promoções de passagem, especialmente em seu site oficial.

O que pouca gente conhece é que a empresa mantém um site paralelo chamado, Grab a Seat. Nele, a Air New Zealand anuncia ofertas de última hora, disponibilizando os últimos lugares em vôos que não estão completamente cheios a preços bem inferiores ao cobrado normalmente.

Para vôos domésticos, basta acessar o Grab a Seat e procurar a passagem desejada. Para vôos internacionais, toda terça (e apenas às terças-feiras) são feitos leilões de passagens com datas fixas com um cronometro que baixa o preço do bilhete a cada segundo. Com a paciência necessária o tíquete pode sair pela metade do preço inicial.

Leia mais: Working Holiday Visa: Viaje e trabalhe por um ano na Nova Zelândia

2. Passagens de ônibus por apenas $1 na NakedBus, Intercity ou ManaBus

Todas as empresas de ônibus intermunicipais oferecem algumas passagens por apenas $1. Apesar de todas dizerem ter, no mínimo, um ticket por veículo disponibilizado a este valor, apenas na NakedBus já vimos (e compramos!) bilhetes a este preço.

A dica para encontrar mais facilmente uma destas é sempre buscar apenas uma passagem, mesmo viajando em grupos maiores. Como dificilmente há mais de um bilhete a $1 por viagem, caso sua busca inicial seja para mais passageiros, o site não mostrará que o ticket promocional está disponível.

3. Viaje de graça pegando carona

Oferecer carona é um hábito extremamente comum na Nova Zelândia, especialmente na Ilha Sul, onde não há grande disponibilidade de transporte público. Caso este seja seu tipo de aventura, dá para rodar o país inteiro de graça, apenas apontando o dedo na estrada para que uma boa alma kiwi pare e te leve para a cidade mais próxima.

Não é algo arriscado, mas caso tenha alguma insegurança, no Facebook dá pra encontrar diversos grupos onde viajantes anunciam seus trajetos de carro em troca de que se compartilhe os custos com o combustível.

Se hospede de graça na Nova Zelândia também. Como? Conheça nosso Guia de House Sitting: como viajar o mundo e conseguir hospedagem de graça.

4. Descontos de até 99% em atrações turísticas no BookMe

O BookMe é uma espécie de site de compras coletivas, mas voltado especificamente a atrações turísticas. Por lá é possível encontrar descontos no ingresso para Waitomo Caves, para a vila maori de Whakarewarewa, passagens no ferry para a Waiheke Island e até cruzeiros pelo Milford Sound.

5. Cupons de desconto em atrações turísticas na Revista Arrival e Auckland A-Z

Na chegada ao aeroporto, procure pelos stands com as revistas turísticas. Além de serem ótimas para uma introdução ao que o país tem a oferecer, são gratuitas e vêm sempre recheadas de cupons de desconto nas mais diversas atrações. A “Arrival” é a mais conhecida delas e vale pegar um exemplar da “Auckland A-Z”, específica para ofertas na maior cidade do país.

6. Entre de graça em museus usando apenas seu passaporte

working holiday visa

Alguns museus públicos dão descontos ou até entrada gratuita para neozelandeses. No entanto, caso você esteja no país para uma longa estadia (alguns meses), qualquer um pode se enquadrar nesta categoria, bastando apresentar o passaporte (com o carimbo) ou algum documento que comprove sua data de entrada e saída do país. Conseguimos assim um belo desconto no tour para o Waitangi Treaty Grounds, e entramos de graça no Auckland Museum.

Saiba mais: Waitangi e o início de um país chamado Nova Zelândia

7. Ganhe vouchers para descontos em combustível nas redes de supermercado

7 Formas de economizar em sua viagem pela Nova Zelândia

Todas as redes de supermercado do país (PaknSave, Countdown, New World e Fresh Choice) dão vouchers de desconto em combustível após determinados valores gastos em compras. São, em geral, 4 centavos por litro acima de $20, 6 centavos acima de $75 e 20 centavos em compras superiores a $200. Fique atento apenas que cada mercado tem sua rede específica de postos afiliada, o que pode fazer bastante diferença no desconto final.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

PASSAGEM AÉREA

Use o Kayak para descobrir qual empresa tem as passagens aéreas mais baratas para sua viagem.

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe até R$180 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.

SEGURO VIAGEM

Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

4 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

  • Oii pessoal, to adorando o blog de vcs… Eu e meu esposo estamos planejando ir pra Nz ano que vem, mas no meio do intercambio queremos ir pra Tailândia e Camboja, vocês acham que dá pra fazer? Se sai muito caro a passagem?

    Parabénns pelo blog, vcs tem sido minha inspiração haahhah ?

    • O problema da Nova Zelândia é que ela é um país muito isolado de tudo. Antes de irmos para lá, achávamos que íamos viajar para todos os lugares ali em volta, mas não foi bem assim. As passagens saindo de lá são caras sim, infelizmente. Mas, fiquem de olho em promoções, vai que rola. E de qualquer forma, ir de lá para o Sudeste Asiático é bem mais fácil do que do Brasil, então, vocês podem fazer um pinga pinga, indo para a Austrália antes. As passagens saindo de Perth para o Sudeste Asiático são bem em conta, devido a proximidade.
      Pesquisem em sites de busca diferentes combinações de voos e por períodos mais para frente.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
rbbv abbv
Banner Seguros Promo

publicidade

hospedado por infinite cloud computing