Home » Destinos » Cuba » 7 formas de conseguir o Visto para Cuba
Cuba

7 formas de conseguir o Visto para Cuba

Visto para Cuba: As ruas de Havana com seus carros antigos

O visto para Cuba é obrigatório para todos os turistas que planejam uma viagem para o país. Por mais que a burocracia para tirar um documento como este seja sempre algo que assuste a primeira vista, no caso do visto de Cuba há várias opções para realizar o processo e muitas delas podem torná-lo algo bem simples.

Documentos obrigatórios para viajar para Cuba

O visto cubano é só mais um dos documentos exigidos ao viajante para que possa fazer turismo no país.  O viajante deve se planejar para que tenha todos em mãos e evite qualquer surpresa desagradável ainda no aeroporto de embarque ou no desembarque em Cuba.

Os documentos obrigatórios para viajar para Cuba são:

Abaixo vamos apresentar 7 formas de conseguir o visto para Cuba. Ao fim você perceberá que apesar de uma viagem a Cuba ser cercada de muitos mistérios, o processo para conseguir o visto não é um deles.

Saiba mais: Como montar um roteiro em Cuba para uma viagem perfeita.

7 Formas de conseguir o Visto para Cuba

Visto para Cuba: A bandeira cubana no Hotel Nacional

O visto cubano de turismo é chamado de “Tarjeta Turística”. É uma autorização que permite que cidadãos estrangeiros visitem Cuba a turismo por até 30 dias, prorrogáveis por mais 30, se necessário. Por não ter todo o processo formal de um visto tradicional, a tarjeta turística é facilmente obtida em qualquer representação consular cubana, através de agências de viagens ou, de modo ainda mais simples, diretamente em seu ponto de embarque para a ilha.

No total, vamos listar abaixo 7 formas diferentes de conseguir o Visto de Cuba:

  1. Presencial
  2. Por Correio
  3. Via Despachante
  4. No aeroporto no Brasil
  5. No aeroporto de conexão
  6. Nos aeroportos em outros países
  7. Nos portos de embarque de cruzeiros

As duas primeiras são realizadas nas representações consulares de Cuba no Brasil. Estas e mais a opção de fazer o processo junto a uma agência de viagens habilitada, são as formas de o viajante ter o visto cubano em mãos com antecedência. São também os métodos mais burocráticos, que exigem mais documentos a serem apresentados.

Já as opções de retirar o visto cubano diretamente nos portos e aeroportos de embarque, no dia da viagem a Cuba, são bem mais simples. Não exigem qualquer documentação além de seu passaporte e do pagamento da taxa de emissão. São as melhores alternativas a quem mora longe de um consulado ou embaixada cubana.

Leia também: Qual a melhor época do ano para viajar para Cuba?

1.     Visto para Cuba Presencial, nas Representações Consulares

Visto para Cuba: O lindo pôr do sol em Trinidad

O visto de Cuba pode ser obtido do modo tradicional, indo pessoalmente a uma representação consular do país. No Brasil existem 4 representações diplomáticas cubanas em funcionamento: a Embaixada, em Brasília, e mais 3 Consulados Gerais, em São Paulo, Salvador e Manaus.

Os endereços, dados de contato e horários de funcionamento de cada representação diplomática cubana no Brasil, são:

Em Brasília:

SHIS QI 5, Conjunto 18, Casa 1. Lago Sul, Brasília-DF | CEP 71615-180

Telefone: (61) 3248-4710 | E-mail: embacuba@uol.com.br

Horário de atendimento consular: de segunda a sexta, de 10h às 13h

Em São Paulo:

Rua Cardoso de Almeida, 2115. Sumaré, São Paulo-SP | CEP 02151-001

Telefone: (11) 2369-8824 ou (11) 2369-8825 | E-mail: reconsular@uol.com.br

Horário de atendimento: de segunda a sexta, de 09:30 às 12:30

Em Salvador:

Rua Lord Crochane, 66. Barra, Salvador-BA | CEP 40140-070

Telefone: (71) 2137-5647 | E-mail: consulcubabahia@uol.com.br

Horário de atendimento: de segunda a sexta, de 09:30 às 12:30

Em Manaus:

Rua Jacareúbas, 6. Conjunto Kissia, Bairro Dom Pedro, Manaus-AM | CEP 69040-260

Telefone: (92) 3347-8565 | E-mail: consulgeneral@mnbr.consulcuba.cu

Horário de atendimento: de segunda a sexta, de 09:30 às 12:30

O visto cubano presencial, passo a passo

Para solicitar um visto para Cuba nas representações diplomáticas do país no Brasil, o viajante precisa apresentar os seguintes documentos:

  • Passaporte válido
  • Passagem aérea com data de ida e volta
  • Confirmação de hospedagem com endereço
  • Formulário de visto de turista preenchido
  • Taxa consular para o serviço paga previamente

Para evitar contratempos, entre em contato com a Embaixada/Consulado escolhido, solicite a confirmação do valor das taxas a serem pagas. O pagamento deve ser feito por transferência bancária em data anterior à solicitação dos serviços consulares. (os dados bancários são enviados por eles por email)

De posse da documentação, não é necessário agendar horário. O visto cubano é entregue na hora, no mesmo dia da solicitação.

Além disso, o requerimento pode ser feito por terceiros – uma só pessoa pode fazer o pedido para a família inteira – e não é necessário ter procuração, mas será cobrada uma taxa extra pelo serviço.

Fique de olho: Seguro Viagem em Cuba é obrigatório para todos os turistas.

2.     Visto para Cuba solicitado por Correio

O viajante, caso viva numa cidade onde não há representação consular cubana, e queira garantir seu visto de Cuba com antecedência, pode solicitá-lo por Correio junto a Embaixada/Consulado da jurisdição de onde mora.

Os documentos para fazer a solicitação por Correio são:

  • Cópia do passaporte
  • Cópia da passagem aérea com data de ida e volta
  • Taxas consulares para o serviço pagas previamente
  • Envelope de retorno endereçado e com selos pagos para envio do visto

Ao iniciar a solicitação, entre em contato com a Embaixada/Consulado nos contatos listados acima para confirmar o valor das taxas a serem pagas. O pagamento para quem solicita o visto por via postal também deve ser feito por transferência bancária. (solicite os dados bancários por email ao responsável do setor consular)

3.     Visto cubano via serviços de despachantes

seguro viagem cuba

O viajante que mora afastado de uma das representações consulares cubanas pode ainda contratar um serviço de despachante que faça o procedimento em seu nome. É a forma mais cara de se conseguir o documento, visto que serão cobrados honorários em cima do valor do visto, mas é uma possibilidade a quem faz questão de ter o documento em mãos com antecedência sem se preocupar em ir pessoalmente retirá-lo.

Algumas agências de despachantes que oferecem este serviço de emissão do visto para Cuba são a Mundo dos Vistos e a Shultz Vistos.

4.     No aeroporto no Brasil

O que fazer em Havana

Para quem viaja do Brasil a Havana com a Copa Airlines:

Para quem viaja a Cuba com a Copa Airlines, fazendo a conexão na Cidade do Panamá, a empresa oferece aos seus passageiros o visto cubano no balcão de check in, no momento do embarque. O turista não precisa se preocupar em conseguir o documento com antecedência, basta solicitar ao atendente e pagar uma taxa de US$20.

5.     No aeroporto de conexão

seguro viagem cuba

Para quem viaja do Brasil a Havana com a Copa Airlines:

Na eventualidade de a Copa não ter o documento na hora do check in, o mesmo pode ser adquirido no portão de embarque do vôo de conexão, no Aeroporto da Cidade do Panamá. Lá, o processo é idêntico ao feito pela companhia aérea ainda no Brasil.

Para quem viaja para Cuba com a LATAM:

Para os passageiros da LATAM, o visto cubano é oferecido no portão de embarque do vôo de conexão, em Lima. O procedimento é simples e sem qualquer burocracia. Custa US$20 e basta preencher a tarjeta turística com os dados do seu passaporte.

Para quem tem vôos reservados com a Avianca:

A Avianca tem vôos do Brasil a Cuba com conexão em Lima ou em Bogotá. Nos dois casos o visto para Cuba é oferecido no portão de embarque do vôo de conexão, seja no Peru ou na Colômbia. Enquanto aguarda a chamada para o embarque, se aproxime do balcão no portão e solicite a “tarjeta turística”. Os custos e procedimento são os mesmos das demais empresas.

Foi desta forma que conseguimos nossos vistos de Cuba quando viajamos. Fizemos o procedimento no aeroporto de Lima, durante a conexão com a Avianca.

Muita gente tem medo de seguir este procedimento por achar que, caso não consiga, estará embarcando sem o visto. Após muita pesquisa, como não encontramos ninguém que tivesse relatado ter tido problemas com este sistema, fizemos esta escolha e foi muito menos burocrático e mais barato do que se tivéssemos optado por fazer através da embaixada ou consulado.

6.     Nos aeroportos em outros países

O que fazer em Havana: visitar o Parque Central
Vista do Parque Central do terraço do Hotel Manzana

Aos turistas que vão para Cuba em um vôo cujo trajeto não inicie no Brasil, é provável que a companhia aérea também forneça o visto para Cuba no momento do embarque.

No caso específico de vôos que partem dos Estados Unidos, o procedimento é um pouco mais rigoroso. Só existem 13 categorias de licenças especiais que permitem aos americanos visitarem Cuba e “turismo” não é uma delas. Tais licenças que são aplicadas aos americanos também valem para estrageiros que embarquem nos aeroportos do país.

Você pode escolher “apoio ao povo cubano”, por exemplo, e ninguém vai questionar. Mas fique de olho a qualquer atualização pois estas questões que envolvem o relacionamento político de Cuba e Estados Unidos mudam rapidamente.

Além de mais burocrático, o preço do visto nesta opção também é mais caro. São cobrados US$50 pela permissão de entrada e mais US$25 de taxa adicional.

Veja as instruções específicas deste caso no site da United Airlines.

7.     Nos portos de embarque de cruzeiros

O que fazer em Havana: O lindo Malecón

Da mesma forma que as companhias aéreas oferecem o visto no momento do embarque, as empresas de cruzeiros que aportam na ilha também o fazem. A diferença é o valor cobrado, apenas. A Norwegian CL, por exemplo, cobra US$70 pelo documento e outras chagam a cobrar US$100.

No caso de cruzeiros que tenham saída e chegada em Cuba vale observar que serão necessárias 2 “tarjetas turísticas” diferentes, pois cada uma é válida para apenas uma entrada. A primeira deve ser conseguida com antecedência para poder desembarcar no aeroporto de Havana. No retorno do cruzeiro à ilha será necessário apresentar o segundo visto, este podendo ser adquirido a bordo do navio. Veja a explicação no site da MSC Cruzeiros.

Salve este texto no Pinterest!

Tudo o que você precisa saber para tirar o visto para Cuba, que é obrigatório a todos que visitam o país.
Todas as dicas, passo a passo, para conseguir o visto de Cuba, que é obrigatório a todos que pretendem visitar o país caribenho.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
AIRBNB
Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe R$100 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

1 Comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

  • Oi, eu estou indo viajar pra Cuba esse fds, so que estou ainda sem visto. A minha escala dura da meio noite ate as 8 da manha em Bogotá. Voce acha que tem como comprar o visto nessas horas? Obrigado

    • Giorgio, você consegue o visto para Cuba no portão de embarque do voo de conexão, assim que abrirem para embarque, com os atendentes da companhia aérea.

House Sitting

rbbv abbv

publicidade