Home » Destinos » Cuba » Qual a melhor época do ano para viajar para Cuba?
Cuba

Qual a melhor época do ano para viajar para Cuba?

Qual é a melhor época do ano para viajar para Cuba? A Praça da Revolução, em Havana

Para escolher a melhor época do ano para viajar para Cuba, todo turista precisa analisar os prós e contras de viajar na estação seca ou nos meses de chuva (fugindo, claro, da temporada de furacões do Caribe). Também deve considerar se vale viajar nos períodos de alta ou baixa temporada da ilha, mudando seus planos se necessário.

Além disso, muitos têm a sensação de que a melhor época para viajar para Cuba é “o quanto antes” ou “antes que mude”, com medo de que a progressiva abertura da ilha ao investimento estrangeiro modifique rapidamente as características que fazem do país um destino tão singular no mundo.

Leia mais: Seguro viagem em Cuba é obrigatório por lei a todos os turistas.

A melhor época do ano para viajar para Cuba

Qual é a melhor época do ano para viajar para Cuba? Os carros antigos em Havana

Grosso modo, a melhor época do ano para viajar para Cuba vai de novembro a abril. É neste período que ocorre a estação seca na ilha, que coincide aproximadamente com o “inverno”, quando o clima é mais ameno.

Mas para analisar o tema em detalhes, é preciso considerar as seguintes questões:

Na resposta de cada uma delas qualquer viajante poderá ter uma idéia melhor do que esperar do clima na ilha durante os dias de viagem programados.

Leia mais: 7 formas de conseguir o Visto de Cuba

A melhor estação do ano para viajar para Cuba

Qual é a melhor época do ano para viajar para Cuba? A Playa Ancón, em Trinidad

Como todo país tropical, ao longo do ano o clima em Cuba não varia tanto a ponto de o país ter as quatro estações definidas. Na ilha a divisão climática pode ser feita em somente duas estações: o período seco e o chuvoso.

O período seco coincide com o inverno no Hemisfério Norte. Vai de novembro a abril com janeiro, fevereiro e março sendo os meses com menores probabilidades de chuvas. Este “inverno” cubano coloca as temperaturas ainda acima dos 25°C constantemente, podendo cair a 16°C ou menos nas noites mais frias, valendo levar um casaco na bagagem. Apesar de os termômetros não estarem no máximo que podem atingir, quando comparado ao verão, as temperaturas ainda serão altas o suficiente para incluir muitos dias de praia no roteiro.

Já a estação chuvosa começa em maio e segue até outubro. As chuvas não costumam ser intensas ou constantes de forma a impedir a viagem (como ocorre com as monções no Sudeste Asiático, por exemplo), mas quem viajar nesta época deve considerar a possibilidade de perder um dia ou outro de viagem a cada semana por conta do clima. Dentro do período de chuvas os meses de agosto, setembro e outubro são os menos recomendados para se viajar a Cuba, pois neles há o risco de o país ser atingido pela temporada de furacões do Caribe.

Saiba mais: O que fazer em Havana: 30 atrações bairro a bairro

A temporada de furacões do Caribe

A temporada de furacões do Caribe atinge Cuba entre os meses de junho e novembro, com o período mais crítico (e não recomendado para viagens) acontecendo em setembro e outubro.

Em 2017, o Furacão Irma atingiu o centro da ilha como Categoria 5 no dia 8 de setembro.

Estivemos em Cuba dois meses e meio após a passagem do Irma, o maior em quase um século, e o país já estava recuperado. Mas é completamente diferente viajar depois do que viajar durante a passagem de um furacão, certo? Pela alta probabilidade no período é sempre aconselhável alterar as datas de viagem e decidir embarcar numa época melhor.

Leia também: O que fazer em Santa Clara: A “cidade de Che Guevara” em Cuba.

Os períodos de alta e baixa temporada em Cuba

Qual é a melhor época do ano para viajar para Cuba? O Malecón em Havana

O mercado de turismo em Cuba tem dois períodos de alta temporada bem definidos. O primeiro vai de meados de dezembro até março, com os preços mais elevados ao redor dos feriados de Natal, Ano Novo (quando também se comemora o aniversário da Revolução) e Páscoa. O segundo período de alta temporada ocorre nos meses de julho e agosto.

O período de alta em dezembro e nos primeiro meses do ano é a melhor época do ano para viajar para Cuba, em especial para visitar Havana e as cidades grandes, apesar dos preços mais altos. Nele as temperaturas estão mais amenas e o clima mais agradável para circular, quase sem chance de chuva. Para as praias, talvez as temperaturas não estejam tão altas como se imagina no Caribe, mas não impedem um banho de mar, com os resorts todos cheios.

Para quem quer economizar viajando no período de baixa, a melhor época para viajar para Cuba é entre março, desde que após a Páscoa, e maio. Nestes meses os preços baixam, as temperaturas sobem e as chuvas ainda são ocasionais.

Já o segundo período de alta temporada em Cuba, entre julho e agosto, acontece no auge do verão, durante o período chuvoso na ilha. O período é de alta porque é nesta época que acontecem as férias dos cubanos. Como são os meses mais quentes, as praias estarão muito lotadas e os preços lá no alto. Para viajar neste período considere reservar tudo com bastante antecedência e esteja preparado para ter um ou outro dia de praia perdido pelo começo da temporada chuvosa em Cuba.

Saiba também: Trinidad, Cuba: 7 atrações para incluir num roteiro pela cidade.

Como é viajar para Cuba mês a mês

Qual é a melhor época do ano para viajar para Cuba? A Playa Ancón, em Trinidad

Analisando os fatores listados acima, é possível ver que uma viagem a Cuba terá características distintas dependendo do mês escolhido para realizá-la. Abaixo listamos, mês a mês, uma síntese de como estaria o clima na ilha em cada época e como isto pode afetar seus planos de viagem.

Cuba em janeiro, fevereiro e março

Os primeiros meses do ano têm clima seco e temperaturas amenas, ideais para quem queira passar muitos dias de seu roteiro por Cuba explorando as cidades sem precisar padecer de calor. A temperatura cai, mas o clima segue propício para incluir dias de praia no roteiro, a não ser que você seja do tipo que só vai à praia em dias de calor escaldante.

Nesta época do ano Cuba está passando por um período de alta temporada, exigindo que as reservas sejam feitas com antecedência. Para evitar os preços extremos da alta temporada, evite viajar ao redor das datas festivas de fim de ano e Páscoa.

Cuba em abril

Abril talvez seja o melhor de todos os meses para se viajar para Cuba. Após a Páscoa o país começa a viver a baixa temporada, com preços mais acessíveis. Além disso, as temperaturas em abril já começam a subir, ficando a cima dos 30°C freqüentemente, mas sem trazer consigo as chuvas, que só começam a cair em maio.

Cuba em maio e junho

Maio e junho vivem a baixa temporada de Cuba, mas iniciam o período de “verão” da ilha, com dias muito quentes e chuvas esporádicas. Viajar neste período pode ser bom a quem dá preferência às praias, mesmo com o risco das chuvas, visto que as temperaturas estarão bem mais elevadas do que nos meses anteriores.

Na dúvida, prefira viajar em maio e não em junho. Quanto mais no começo da temporada chuvosa, menos intensas elas serão.

Cuba em julho e agosto

Cuba em julho e agosto vive seu segundo período de alta temporada no ano, pois estes meses coincidem com as férias dos cubanos. Para viajar nesta época é necessário reservar tudo o que puder com o máximo de antecedência possível.

Julho e agosto também representam o auge do verão em Cuba, com as temperaturas mais elevadas do ano e os dias com maior quantidade de horas de iluminação solar. Com o verão também chegam as chuvas, que são mais intensas neste período.

Como complicação extra, estes meses ainda estão dentro da temporada de furacões do Caribe, mas as chances da ilha ser atingida nesta época são menores do que nos meses seguintes.

Cuba em setembro e outubro

Setembro e outubro são os meses onde há a maior probabilidade de Cuba ser atingida por um dos furacões da temporada anual do Caribe. Por conta disso, nós desaconselhamos a viagem nestes meses.

Caso pretenda viajar mesmo sabendo dos riscos, setembro e outubro têm clima similar a julho e agosto, com dias muito quentes e chuvas intensas, mas já sem que os preços sofram com o período de alta temporada.

Cuba em novembro e dezembro

A partir de novembro as chuvas vão rareando e os dias em Cuba vão ficando menos quentes,voltando a ter o perfil ideal para visita às cidades, como ocorre no início do ano. Ao contrário dos primeiros meses do ano, no entanto, este é um período de baixa temporada, dando maior liberdade e opções na hora dos viajantes fazerem suas reservas.

Para escolher entre novembro e dezembro, entenda que quanto mais para o fim do ano, menores são as chances de pegar dias chuvosos no roteiro, mas maiores são as probabilidades de ter dias “não tão quentes” na praia. A escolha final fica por sua conta.

Vale viajar para Cuba o quanto antes?

seguro viagem cuba

Há anos que muita gente diz que é preciso visitar Cuba logo, “o quanto antes”. Eu mesmo repetia isso para mim e para os outros quando me perguntavam, com medo de não mais poder ver pessoalmente a Cuba que resistiu ao embargo do vizinho rico por tantas décadas.

A questão, que eu só me dei conta depois de ter ido a Cuba, é que não vai existir um momento de ruptura. Não vai haver uma “queda do muro de Berlim” versão caribenha. Cuba está mudando. Em processo contínuo.

E boa parte desta mudança acontece influenciada justamente pela presença maciça dos turistas. Nós mesmos que queremos visitar Cuba “antes que mude” somos parte da mudança.

2016: Cuba registra recorde de 4 milhões de turistas estrangeiros em 2016. “Com o crescimento do turismo estrangeiro em Cuba, 108 mil novos quartos de hotelaria devem ser construídos até 2030, dos quais 30 mil contarão com participação de capital estrangeiro.”

2017: Turismo em Cuba bate recorde histórico. “Cuba alcança a marca de 4 milhões de visitas internacionais com dois meses de antecedência em comparação ao ano anterior”

Ao expor estes dados, não estou querendo dizer que não se deve visitar Cuba “o quanto antes”, mas que essa visita deve ser feita com consciência do impacto que o turismo tem na ilha.

Sua visita pode ser muito positiva se você for disposto a ficar hospedado nas casas particulares, a conversar com a população, almoçar nos paladares (os restaurante de famílias cubanas) e viajar de maneira responsável. É preciso visitar Cuba sabendo que a infraestrutura turística do país não está à altura de outros destinos, mas que a hospitalidade cubana suprime qualquer deficiência. É necessário viajar sabendo que seu dinheiro deixado lá beneficiará a vida da população que depende bastante do turismo como complemento de renda.

O oposto disso são as visitas dos cruzeiros enormes que aportam em Havana Vieja com seus freqüentadores que em muitos casos encaram Havana como se fosse um zoológico, com espécies locais em exibição. Ou os casos dos que fazem a visita inteira em tours fechados, se hospedam somente nos grandes hotéis internacionais, freqüentam apenas os grandes resorts e sequer interagem com a população. Estes, de fato, não precisam visitar Cuba “antes que mude”, pois quando mudar não os fará a menor diferença.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
AIRBNB
Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe R$100 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

7 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

  • bom dia carlos, muito bom os vossos comentarios..
    entao marquei uma viagem a cuba com familia em Outubro proximo, ja tinha visitado o caribe e até sabia da probabilidade de furacioes em outubro para outros paises da regiao, mas pergunto…. a ilha é preparada para receber turistas nesta época do ano? caso esteja na ilha, teremos apoio turistico para algum situaçao extrema?
    obrigado…
    abraços…

    • Oi Agnaldo, Cuba é muito bem preparada para suportar os furacões. Ano passado, quando o Irma tocou o solo na Ilha como categoria 5, Havana Vieja ficou inundada, mas a recuperação foi muito mais rápida do que na Flórida, onde ele passou já como categoria 4.
      Apesar da recuperação, teve sim muito estrago, como em qualquer evento desse e passar por esta experiência é algo que ninguém deseja.
      De prático não sei te dizer o que ocorreria com um turista numa situação dessas, mas respondendo baseado na solidariedade do povo cubano que conheci quando estive lá, imagino que nenhum turista ficaria desamparado.

House Sitting

rbbv abbv

publicidade