Home » Destinos » Reino Unido » Castelo de Urquhart: a história escocesa com a melhor vista para o Lago Ness
Reino Unido

Castelo de Urquhart: a história escocesa com a melhor vista para o Lago Ness

O Castelo de Urquhart, na Escócia, com o Lago Ness, ou Loch Ness, no fundo. O céu está azul sem nenhuma nuvem. O lago possui uma cor azul profunda, lindíssima. Montanhas estão dos dois lados do lago. As ruínas do castelo se encontram em primeiro plano, feito de pedras, muros e torres. Algumas árvores estão secas no local. O castelo fica numa área gramada e verde.
Compartilhe este texto!

Quando pensamos em Escócia logo vem à mente o misterioso Lago Ness, não? Mesmo sabendo que o monstro é uma lenda, todos que visitam o país precisam ir até lá para dar uma espiadinha no lago, afinal, a esperança é a última que morre. Agora, se além do Nessie – apelido carinhoso dado ao monstro do Lago Ness – o lago também tivesse um castelo em suas margens? E ele tem: é o chamado Castelo de Urquhart.

Entenda melhor uma das atrações mais visitadas da Escócia:

Uma breve introdução à história do Castelo de Urquhart

O Castelo de Urquhart em primeiro plano, em ruínas, na Escócia. Ele é feito de pedras. Uma ponte liga o castelo ao outro lado. Árvores secas estão no local. Atrás do castelo está o Lago Ness, de cor azul. Ao fundo, montanhas. O céu está azul.

Com seu nome complicado, o Castelo de Urquhart é um dos mais importantes e visitados pontos turísticos da Escócia.

Por causa de sua posição superprivilegiada, o castelo passou pelas mãos de diversos proprietários. Em sua história, Urquhart foi usado até pelos revolucionários nas Guerras de Independência – batalhas das quais saiu o maior herói escocês, William Wallace.

Pelas disputas envolvendo a posse do castelo, o local passou por várias modificações e ampliações, desde sua construção no século XIII, até ser abandonado no século XVII. Na ocasião o Castelo de Urquhart foi parcialmente destruído pelos ingleses a fim de não deixá-lo ser ocupado pelas forças jacobinas (grupo rebelde escocês que defendia a volta do clã Stuart à coroa britânica) e entrou em ruína desde então.

Saiba mais: Stirling, na Escócia: o Castelo e a história de William Wallace.

Homem se encontra numa janela do castelo de urquhart, na Escócia, observando o Lago Ness ao fundo. Só é possível ver a silhueta. O lago é azul e o céu também.

Hoje o Castelo de Urquhart pode ser visitado e seu passado melhor entendido por nós, turistas. Seu centro histórico funciona como um museu, onde sua história é contada desde os primórdios. Tudo no maior estilo escocês, com direito a trilha sonora a base de gaita de foles.

O Castelo de Urquhart é a terceira atração turística mais visitada da Escócia, ficando atrás somente dos castelos de Edimburgo e Stirling.

Saiba mais: O Castelo de Edimburgo: A atração mais visitada da Escócia.

Como é a visita ao Castelo de Urquhart

Um homem moreno está parado numa sacada do castelo de Urquhart, na Escócia. A foto é emoldurada por um arco de pedras. Ao fundo, uma montanha cheia de árvores secas e grama se encontra. O céu é azul.

Muitos turistas chegam à região devido ao Lago Ness, claro, mas mesmo não sabendo da existência do castelo, acabam fazendo a visita, pois é um lugar muito interessante e grandioso.

As visitas ao Castelo começam com uma exposição pelo centro de informações, ideal para entender tudo que ocorria ali, dos clãs famosos da Escócia, até as guerras das quais Urquhart foi palco.

Logo após é possível visitar o castelo diretamente, mas é altamente recomendado só fazer isso após ter assistido o filme introdutório – as sessões acontecem a cada 10/15 minutos. O filme é uma superprodução muito bem feita contando toda a história do castelo. No final, a tela congela numa imagem de como era o Urquhart em seu apogeu, e após isso, a cortina por trás dela se abre e lá atrás, na mesma posição, se encontram as ruínas do castelo verdadeiro. Muito impactante.

As ruínas do castelo

O Castelo de Urquhart, na Escócia, feito de pedras. Ao fundo, o Lago Ness, de um azul profundo. Várias árvores secas estão no local. O céu está azul e a grama, verde.

Depois disso, pisamos na grama verde do Strone Point, a planície onde se encontra o Castelo de Urquhart, bem às margens do Lago Ness, com suas águas azuis profundas. Do outro lado do lago, montanhas altas. Um lugar verdadeiramente épico.

O castelo hoje está em ruínas, com grande parte de seus complexos pela metade, devido à explosão proposital ocorrida no século XVII.

Uma ponte liga o castelo de Urquhart ao terreno do museu. Ao fundo, as ruínas do castelo, com o céu azul e montanhas.

Um fosso separa as construções arquitetônicas do outro lado do terreno, por onde chegamos. Para cruzar de uma parte a outra é preciso cruzar uma ponte de madeira. Mas antes da entrada do castelo, uma catapulta se encontra em direção à construção.

Uma catapulta medieval no castelo de urquhart, na Escócia. Ela é muito alta e contém bolas de pedra em sua base. É feita de madeira. O céu está azul.

Não é original, mas feita para um filme gravado no local. Acabou que o órgão responsável pelo castelo gostou tanto que a deixou ali para que os turistas tenham uma ideia de como era uma catapulta de verdade.

A primeira construção é o pórtico de entrada, onde começa o muro que cercava todo o castelo. Em cada uma das ruínas existe uma placa com um desenho de como era aquele prédio na época em que foi construído e com a descrição de sua finalidade.

Grant Tower, a maior torre do castelo de urquhart, na Escócia. Um homem está parado na frente da construção, que é uma ruína com andaimes do lado direito. O céu está azul, e ao fundo, o Lago Ness.

É muito interessante passar por prédios pela metade, como a Grant Tower, que era o local onde os nobres moravam, e imaginar cada pavimento como um aposento da Idade Média. Andar pelo que antes era uma capela e só encontrar suas delimitações. Ou entender como os banquetes eram feitos nos fornos gigantes que ainda existem no local. Até mesmo os vasos onde as pessoas faziam suas… bem, necessidades permanecem no sítio. Ao contrário da maioria dos outros castelos, Urquhart não era somente uma fortaleza, mas a moradia de inúmeras pessoas.

De todos que visitei durante a passagem pelo Reino Unido, o Castelo de Urquhart foi o que mais me permitiu visualizar a vida medieval, mesmo sendo o mais deteriorado deles. E me peguei várias vezes pensando em como, mesmo com todas as doenças e guerras, aqueles moradores tinham uma vista privilegiada daquele lago magnífico.

Aproveite a visita e a paisagem dramática e viaje no tempo. Não são muitos lugares no mundo em que é possível fazer isso.

Saiba mais: O roteiro ideal pela Ilha de Skye, a mais fotogênica da Escócia.

O Lago Ness

O Lago Ness, na Escócia, com sua cor azul profunda, com montanhas ao seu fundo, algumas nevadas. O céu está azul com algumas nuvens brancas. Alguns galhos secos estão na frente da foto.

O Lago Ness é uma atração à parte durante a visita. Mas observá-lo do ponto de vista do Castelo de Urquhart é ainda mais especial. É como se pudéssemos vê-lo de camarote, de vários ângulos, no tempo em que a gente quiser. Sem galhos ou cercas atrapalhando sua visão na procura pelo monstro. O Castelo de Urquhart com certeza é o melhor ponto de observação para o Lago Ness.

Como chegar ao Castelo de Urquhart

De carro

Um homem com um schnauzer branco na beira do Lago Ness, na Escócia. O lago é azul profundo, o céu também. Montanhas estão no fundo.
Os meninos curtindo o visual 🙂

O Castelo de Urquhart fica nos Highlands da Escócia, a 4 horas de carro de Edimburgo. A cidade grande mais próxima é Inverness, que fica a meia hora de distância do castelo.

A melhor forma de viajar pelo interior da Escócia é alugando um carro. Foi o que fizemos. Estávamos em um house sitting em Glasgow e decidimos fazer um road trip (com o cachorro que estávamos cuidando) pelos Highlands. É a melhor escolha pela liberdade que se tem de parar em qualquer lugar, pois a paisagem da Escócia é de tirar o fôlego e quem se aventura por essas bandas vai querer tirar fotos sem fim.

Outra vantagem é o castelo ter um amplo estacionamento já esperando os turistas que chegam ali de carro.

Saiba mais: Guia de House Sitting: como viajar o mundo e conseguir hospedagem grátis!

De transporte público

O interior do castelo de Urquhart, com suas pedras e tetos em arco aberto. As pedras são amareladas. Uma janela se encontra no final.

Caso não queira ou não possa dirigir, existem linhas de ônibus (M90) e trens (Inverness) que vão direto de Edimburgo a Inverness. De lá, é preciso pegar um ônibus (919) até o castelo. Como o trajeto entre ambos leva mais ou menos 5 horas, a melhor escolha neste caso é pernoitar em Inverness e deixar a viagem mais tranquila.

Onde ficar ao visitar o Castelo de Urquhart

Inverness

A cidade de Inverness, na Escócia, vista de cima. Um lindo rio azul corre, com uma ponte sobre ele. Carros passam por lá. Prédios baixos estão dos dois lados do rio. Uma árvore se encontra do lado esquerdo da foto. O céu está azul.

O melhor lugar para se hospedar é em Inverness. É a maior cidade grande perto do Lago Ness e fica a só meia hora de lá. A cidade oferece tudo o que é preciso, com variedade de restaurantes, supermercados e vários hotéis. Além disso, a cidade é linda, com um centro histórico maravilhoso! Passamos a manhã lá, mas adoraríamos voltar e explorá-la com mais calma.

Veja aqui uma lista de opções de hospedagem em Inverness.

Fort Augustus

As famosas highland cows da Escócia, vacas ruivas com franja. Elas estão pastando em um campo verde, com árvores ao fundo e montanhas.
As famosas Highland Cows

Outro lugar conhecido e que fica no extremo sul do Lago Ness é Fort Augustus. Fica também a meia hora de Urquhart e é uma cidadezinha que mais parece um vilarejo, com casinhas soltando fumaça e alguns restaurantes e hotéis. Caso seja tranquilidade e ares de campo o que procura, Fort Augustus é o lugar. Só tome cuidado com o horário em que chegará à cidade, os estabelecimentos lá costumam ter horários rígidos e refeições podem não ser mais servidas se estiver muito tarde.

Veja aqui uma lista de opções de hospedagem em Fort Augustus.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Compartilhe este texto!

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

publicidade

Close