Home » Destinos » Reino Unido » O que fazer em Glasgow, a maior cidade da Escócia
Reino Unido

O que fazer em Glasgow, a maior cidade da Escócia

O que fazer em Glasgow: Uma parede pintada com street art em Glasgow, na Escócia

Antes de uma visita à Escócia é importante saber o que fazer em Glasgow, para não deixá-la de fora de seu roteiro. Muitos turistas, quando que pensam em incluir a Escócia numa viagem ao Reino Unido, acabam só visitando Edimburgo e no máximo  passando pelas Highlands. Glasgow fica a apenas 1 hora da capital escocesa e tem muito a oferecer, principalmente em questões culturais.

A cidade mais populosa da Escócia há algumas décadas atrás era conhecida por sua decadência e violência, mas hoje se transformou em um dos polos culturais e de compras mais efervescentes do Reino Unido. Por mais que a capital seja Edimburgo, Glasgow é a maior cidade escocesa e a terceira maior do Reino Unido, e lá fica a sede de grande parte das empresas do país. Dê uma chance à cidade, explore tudo o que é possível fazer em Glasgow e não a deixe de fora de seu roteiro de viagem, seja para visitá-la com calma ou num rápido bate e volta a partir de Edimburgo.

No inverno de 2016 nós conhecemos Glasgow quando fizemos um house sitting na cidade. Vivemos lá por quase dois meses tomando conta de um schnauzer branco chamado Chill. Foi ótimo para vivermos a cidade como locais e, a partir dessa experiência, podermos mostrar o que fazer em Glasgow a outros brasileiros que queiram visitar a cidade.

Mais sobre a Escócia:

O que fazer em Glasgow

O que fazer em Glasgow: A maior cidade escocesa e terceira maior do Reino Unido tem muito a oferecer ao visitante. Cheia de programações culturais, é sempre bom andar em suas ruas cheias de lojas e acompanhar alguma banda usando kilt e tocando flauta. Além disso, a cidade é repleta de museus incríveis e um povo caloroso. Fica a só 1 hora de Edimburgo e vale a visita por toda a sua bagagem cultural e bom humor.

Para saber o que fazer em Glasgow é preciso primeiro ver qual o seu perfil de viajante, porque há atividades para públicos de todos os gostos.

Na cidade o que não falta são apresentações artísticas para todos os lados e as melhores lojas para quem quer fazer compras. Seus museus também são uma atração à parte. Entre no espírito escocês e veja a cidade com o bom humor que eles fazem questão de deixar espalhado em cada detalhe.

Centro

O Centro de Glasgow é cheio de vida, com várias ruas fechadas para pedestres, repletas de artistas de rua vestidos no melhor estilo “Coração Valente”, tocando gaita de foles e músicas tradicionais. Além disso, Glasgow é o segundo centro comercial mais importante do Reino Unido, ficando atrás apenas de Londres, o que a torna uma das melhores cidades nesta parte do país para se fazer compras.

Veja uma seleção de hotéis no Centro de Glasgow para sua hospedagem

George Square

O que fazer em Glasgow: A George Square, a praça mais importante de Glasgow, na Escócia

A principal praça da cidade é a George Square, onde fica a Câmara Municipal e inúmeras estátuas de reis e rainhas importantes para o Reino Unido. Um ótimo lugar para começar a explorar a cidade e para tirar fotos.

Buchanan Street, Argyle Street e Sauchiehall Street

O que fazer em Glasgow: A Buchanan Street, a rua mais famosa de Glasgow, na Escócia.

As ruas mais famosas da cidade não podem ficar de fora de um roteiro que explore o que fazer em Glasgow. Polo de compras da Escócia, em Glasgow as lojas ficam dentro de prédios lindíssimos e históricos.

Caminháveis, as principais ruas são fechada para pedestres, transformando-se em um grande atrativo da cidade. É na Buchanan Street que ficam as lojas mais caras. Vá para a Argyle e Sauchiehall para encontrar marcas mais em conta. Caso seu intuito não seja comprar, só um passeio por lá vale a pena para ver o dia a dia de Glasgow.

Merchant City

O que fazer em Glasgow: A Merchant City, um dos bairro revitalizados de Glasgow, na Escócia.

Uma área totalmente reformada do Centro e hoje uma das mais caras da cidade. Antes era um polo industrial no século XIX, cheia de armazéns onde se produzia tabaco e açúcar. Hoje foram transformadas em incríveis bares, restaurantes e galerias de arte supercharmosas.

West End

O que fazer em Glasgow: O bairro de West End, um dos favoritos de turistas em Glasgow, na Escócia.

Como o próprio bairro diz, o West End fica no limite oeste da cidade. Um bairro que cada vez mais é valorizado e visitado por quem busca o que fazer em Glasgow. West End é muito procurado também por sua grande ofertas de hotéis e pousadas mais aconchegantes. Foi aqui que fizemos o nosso house sitting da Escócia, morando de frente para um dos muitos canais que cruzam Glasgow.

Com vários cafés e bares charmosos, o West End mantém ainda aquela cara boêmia de bairro britânico, com prédios baixos de fachadas quase uniformes. Caminhe pela Byres Road e veja como é a vida de quem mora na cidade, parando em lojinhas locais, todas bem descoladas devido à proximidade com a Universidade de Glasgow.

Já durante a noite vá até a iluminada Ashton Lane, uma ruela cheia de barzinhos lindos e aconchegantes.

Glasgow Cathedral e Necropolis

O que fazer em Glasgow: A Glasgow Cathedral com a Necropolis ao fundo.

No bairro de East End ficam a Glasgow Cathedral, que é a igreja mais importante da cidade, e a exótica Glasgow Necropolis, um cemitério que sobe por uma colina a mais de 60 metros de altura.

A igreja possui horários para visita e dentro dela está a cripta de São Mungo, o santo padroeiro da cidade. Diz a lenda que a catedral foi construída na exata localidade onde o santo antes havia construído uma.

Já a Necropolis fica em uma colina em frente à catedral, onde é possível passear em meio a seus túmulos e monumentos, que são milhares. A vista lá de cima é linda e é um ótimo lugar para tirar fotos.

Atrações culturais em Glasgow

O que fazer em Glasgow: Atrações típicas escocesas acontecendo no Centro de Glasgow, na Escócia.

Glasgow possui uma vida cultural intensa, repleta de museus de qualidade e artistas de rua. A street art de Glasgow está por todos os lados também deve ser valorizada, pois dá cor à cidade. Aproveite a caminhada e veja exemplares de vários nomes importantes da arquitetura.

Prédios de Mackintosh

Charles Rennie Mackintosh é um dos mais importantes arquitetos escoceses e grande parte de sua obra está na cidade de Glasgow. Suas edificações são símbolos da art nouveau no país e exemplares podem ser vistas no Kelvingrove Art Gallery and Museum, no The Hunterian Museum and Art Gallery (o mais antigo museu da Escócia) e no famoso salão de chá Willow Tea Room, na Buchanan Street.

The Burrell Collection

Uma das maiores galerias de arte de Glasgow, o The Burrell Collection está fechado, infelizmente, para longas reformas. A expectativa é de reabertura em 2020!

GoMA

O que fazer em Glasgow: A estátua do Duke of Wellington com o cone na cabeça, em Glasgow, na Escócia, em frente ao GoMA

A Gallery of Modern Art é o maior museu de arte contemporânea de Glasgow e muito visitada por seu acervo, que inclui nomes como Andy Warhol e Sebastião Salgado.

Mas o que leva muitos visitantes até o prédio é a parte externa do museu, onde a estátua equestre do Duke of Wellington, que vive com um cone de trânsito em cima de sua cabeça. A polícia inúmeras vezes retirou o cone para, no dia seguinte, ver a estátua com o rosto tapado novamente. O cone hoje foi integrado à estátua e faz parte das atrações da cidade como um exemplo do bom humor escocês e de seu espírito rebelde.

Riverside Museum

O que fazer em Glasgow: O famoso Riverside Museum, em Glasgow, na Escócia

Um dos museus mais visitados da Escócia, o Riverside Museum foi projetado pela renomada arquiteta anglo-iraquiana Zaha Hadid e hoje é casa do Museu do Transporte, onde é possível ver a evolução dos meios de transporte no Reino Unido e no mundo. Um museu interessantíssimo tanto pelo seu interior quando pelo exterior.

AJUDE O VIDA CIGANA A VIAJAR PARA A ÍNDIA

Leu algum texto no Vida Cigana que foi útil em sua viagem?
Usou alguma dica nossa ao se preparar para embarcar para algum destino?
Esta é sua chance de retribuir 😉

KERALA BLOG EXPRESS

Vote na gente no Kerala Blog Express
Em um minutinho você pode nos ajudar a embarcar para nossa próxima viagem, para a Índia!

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

2 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

  • Oi, Larissa! Tudo bem?
    Conheci o house sitting através de vocês. Conteúdo maravilhoso, parabéns!
    Estarei indo fazer house sitting pelo Reino Unido e gostaria de saber se é preciso visto especial para isso ou fazemos apenas com o de turismo?
    Caso a imigração pergunte sobre a estadia devemos explicar que se trata de um house sitting?
    Obrigada!

    • Oi Bárbara, tudo bem? Que ótimo que você vai fazer house sitting!
      Então, o visto é o de turismo mesmo, não existe visto para house sitting. O que recomendamos na hora de passar pela imigração é que você chegue uns 2 dias antes do house sitting começar e reserve uma ou duas noites em um hotel/albergue e mostre a reserva para o agente de imigração. House sitting não é algo difundido e não é muita gente que conhece, ou seja, se você citar que está indo fazer house sitting, eles podem interpretar como um trabalho. Fale apenas que vai fazer turismo e pronto. Mas pode ir tranquila, house sitting não é ilegal, só não é muito conhecido ainda.

House Sitting

publicidade

Close