Home » Destinos » Irlanda » O que fazer em Galway, Irlanda: as 11 melhores atrações
Irlanda

O que fazer em Galway, Irlanda: as 11 melhores atrações

O que fazer em Galway: pessoas andando na quay street, rua mais famosa de galway, cheia de pubs

Muitos viajantes que buscam o que fazer em Galway se deparam com um lugar vibrante, que apresenta grandes atrações turísticas, onde muitas delas se destacam pelos aspectos histórico-culturais.

Isso sem falar no clima boêmio desse lugar que pode ser visitado tanto no verão quanto no inverno, pois suas ruas estarão agitadas como sempre, cheia de bares e de pessoas festejando.

Localizado no Oeste da Irlanda e com aproximadamente 80 mil habitantes, o município de Galway é o sexto mais populoso do país. Situado a 210 km da capital Dublin, é conhecido como “a cidade das tribos” em razão das 14 tribos que, no final do século XIV, dominaram a região.

Galway possui um bom sistema de transporte, muito embora a região central possa ser acessada tanto a pé quanto de bicicleta.

De qualquer forma, se você optar por utilizar coletivos, o município conta com ônibus turísticos que operam tanto dentro da cidade quanto em locais mais afastados.

E para atrações que estão mais distantes, os turistas costumam utilizar trem ou táxi, mas alugar um carro pode ser uma boa, caso queira montar um roteiro por toda a Irlanda.

Nós rodamos toda a Irlanda de motorhome em 10 dias e foi uma das melhores experiências pelo país. Viajar de motorhome para Galway é mais fácil do que se pensa, pois a cidade tem o único estacionamento para carros grandes em plena área urbana, sendo bem fácil sair para passear e comer.

O que fazer em Galway: as 11 melhores atrações da cidade!

Se você não tem ideia do que fazer em Galway, saiba que é muito comum fazer uma espécie de “bate e volta” saindo de Dublin.

Ruas de Galway iluminadas

Porém, como estamos falando de uma cidade com uma vida noturna badalada, é interessante dar uma esticadinha na cidade e ficar uns 2 dias para conhecer a noite e passear pelas redondezas.

O município chama a atenção pela capacidade de reunir pessoas de todas as idades e níveis sociais distintos, sendo que a predominância acaba sendo uma galera mais jovem, em razão de ser uma cidade universitária.

O custo de vida local, comparado com Dublin é, digamos, mais barata e muitos que visitam a cidade acabam não tendo grandes dificuldades em conhecer as principais atrações turísticas, já que se encontram próximas.

Galway também é excelente para quem quer diversão e relaxar nos pubs rodeados por ruas medievais e muita história.

Quer saber mais sobre o que fazer em Galway? Confira as 11 melhores atrações que separamos para você colocar no seu roteiro de viagem para Irlanda:

  1. Vida Noturna
  2. Galway Market
  3. Catedral de Galway
  4. Arco Espanhol
  5. As ruínas do Salão do Conde Vermelho
  6. Lynch Memorial Window
  7. Salthill Promenade
  8. Cliffs of Moher
  9. Burren National Park
  10. Aran Islands
  11. Connemara National Park

1. Vida Noturna

O que fazer em Galway: a Quay Street durante um sábado

Não poderíamos deixar de colocar como primeiro item desta lista a vida noturna em Galway, uma vez que todo mundo que decide viajar para Dublindá uma esticadinha até a cidade para conhecer a Quay Street, uma rua movimentada que reúne vários restaurantes, cafés, lojas e pubs incríveis. É claro que dentre os pubs mais badalados de Galway, não poderíamos deixar de destacar:

  • O’ Connors Famous Pub – que conta com uma decoração singular e um espaço bem amplo pra muita música e cervejas artesanais;
  • Garavans Bar – um barzinho bem sofisticado que trabalha com todo tipo de cerveja e uma interessante coleção de uísques;
  • Roisin Dubh – se destaca pelos shows de stand up e shows ao vivo de todos os estilos de música;
  • O’Connell’s – oferece um ambiente bem aconchegante e um cardápio variado de comidas e bebidas;
  • Taaffes Pub – ideal para quem quer curtir um aperitivo assistindo bandas ao vivo que se  revezam durante toda a noite tocando desde rock até o tradicional jazz.

2. Galway Market

Sem dúvida, o Galway Market é uma das feiras mais tradicionais da Irlanda que, além de produtores locais, também reúne artesões de outras regiões do país. Ali, é possível ter acesso às barracas de comida, artes e trabalhos manuais, sendo que o período com a maior concentração de visitantes é no Natal.

A instalação é feita em uma rua da Igreja de São Nicolau e, passeando pelas bancas, o turista pode escolher o que há de melhor em frutas e verduras, bem como doces, queijos e pães, os quais podem servir como uma refeição rápida durante o tour. Vale a pena o passeio, mas é bom ir preparado para caminhar.

3. Catedral de Galway

O que fazer em Galway: a catedral de Galway vista de baixo para cima

Com vitrais deslumbrantes e uma cúpula esverdeada se destacando no horizonte da cidade, a catedral de Galway é uma das mais visitadas da Irlanda que, além de encantar pela arquitetura fascinante, também é rodeada de muita história, apesar de ser uma atração ainda jovem se compararmos com outras igrejas europeias, pois sua construção se deu no ano de 1965.

A catedral católica foi construída no mesmo local em que antes ficava uma prisão.

Um lugar que vale a pena conhecer e contemplar seu interior construído em formato de cruz. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento é das 08h30 às 18h30 – diariamente.

4. Arco Espanhol

O que fazer em Galway: O arco espanhol com um músico

Construído em 1584, o Arco Espanhol é praticamente um dos únicos registros históricos das antigas muralhas de Galway que, na ocasião, foram construídas para proteger o porto onde as mercadorias trazidas pelos espanhóis eram descarregadas.

Como a sua construção se deu à beira do Rio Corrib, o respectivo arco era tido como um elemento de proteção contra ataques de navios mercantes.

Hoje o Arco Espanhol é o point da galera que vai até o local para tirar selfies e contemplar a beleza do Corrib e seus cisnes, sem falar no lindo pôr do sol que, em todos os dias ensolarados, se apresenta como uma bela pintura.

5. As ruínas do Salão do Conde Vermelho

Situadas no coração de Galway, as ruínas são basicamente um sítio arqueológico medieval que data do século XIII e, até então, se destacavam como uma reunião de prédios municipais, os quais contemplavam escritórios de impostos, um tribunal e, é claro, a prefeitura.

Esse é o local onde as tribos de Galway tomaram o poder no final do século XIV e, por isso mesmo, se caracteriza como a prova concreta das origens medievais de Galway, afinal, na década de 1990 uma grande escavação aconteceu no local, descobrindo mais de 11 mil artefatos.

Hoje, as ruínas recebem dezenas de milhares de turistas de várias partes do mundo, sendo que a entrada é gratuita e funciona todos os dias da semana, das 09h30 às 16h45. Já, aos finais de semana, o horário é das 10h às 13h.

6. Lynch Memorial Window

Construído em estilo gótico, o Lynch Memorial Window é um dos pontos turísticos de Galway mais visitados. Trata-se de um memorial do século XIX que conta uma das histórias mais famosas da cidade.

Em 1493, o prefeito de Galway, James Lynch FitzStephen, linchou e enforcou seu próprio filho, que havia assassinado um espanhol, na janela de sua casa. Foi daí que o termo linchar veio, do sobrenome da família Lynch.  

O memorial nada mais é que uma janela em estilo gótico, mas que é muito visitado e fotografado. Fica atrás da Igreja de São Nicolau, na Market Street. O local da verdadeira casa era na mesma rua.

7. Salthill Promenade

O Salthill Promenade oferece um vista deslumbrante de sua área praiana e calçadão, sem falar no pôr do sol que proporciona um espetáculo à parte.

Trata-se de um lugar ideal para quem quer fazer uma caminhada durante à tarde e ainda sentir o cheiro e a brisa do mar. No percurso, o turista pode, do mesmo modo, apreciar a bela vista da baía de Galway ou, então, praticar um pouco de remo ou mergulho.

Cassinos, restaurantes, pubs, sorveterias e cafés não faltam em Salthill Promenade, sem falar que, ali mesmo no calçadão, o turista pode conhecer o Leisureland, um moderno centro de lazer que dispõe de piscinas aquecidas, academia, sauna e um estúdio de massagem.

E quando chega o verão, o complexo conta com um parque de diversão à beira-mar, aumentando ainda mais as opções de entretenimento do lugar.

8. Cliffs of Moher

Cliffs of Moher em contraluz

Essa é uma das maiores atrações turísticas de toda a Irlanda, a qual se caracteriza como um conjunto de penhascos que chegam a 214 metros de altura e se estendem por mais ou menos 8 quilômetros pela costa atlântica.

Localizados a 75 km de Galway, a pouco menos de duas horas do centro da cidade, as falésias (cliffs em inglês) são basicamente formações rochosas que apresentam enormes paredões de pedra formando verdadeiros abismos bem diante do oceano.

Trata-se de um dos acidentes geográficos mais peculiares da Europa que guarda grandes evidências de que já fora habitado em épocas remotas. Além disso, esta é uma região que concentra alguns campos de flores silvestres.

Se você planeja viajar para Galway, saiba que os penhascos de Moher não podem ficar de fora de seu roteiro de passeio por essa incrível cidade irlandesa.

Cliffs of Moher visto do lado menos visitado

É uma ótima atração também para fazer caminhada, então fazer um tour motorizado. Por isso, em um final de semana prolongado, você poderá tanto subir a famosa O’Brien’s Tower – e se encantar com a costa a partir dos mirantes, quanto embarcar em um ônibus de turismo que seguirá por trilhas fantásticas, como a Doolin Cliff Walk, por exemplo.

O lugar também já serviu de inspiração para todo tipo de lenda local e uma das mais famosas relata que, bem no alto de seus penhascos, uma sereia teria sido avistada, assim como uma enguia devoradora de mortos vivia nas espumantes águas da costa atlântica. Confira no site como fazer para adquirir os ingressos para visitar os penhascos.

9. Burren National Park

Galway possui cenários extraordinários, sendo que alguns deles ficam ainda mais surpreendentes quando visitados no verão.

O Burren National Park é, sem dúvida, um lugar que vale a pena conhecer nessa época, afinal, trata-se de uma região incrível e de fácil acesso, que conta com montanhas, praias, lagos, trilhas e cavernas, onde muitas vezes o turista acaba não tendo a necessidade de depender de guias, uma vez que o lugar é bem sinalizado.

Burren National Park com seus campos verdes e suas colinas feitas de pedra

Por outro lado, é importante destacar que contar com esses profissionais é garantia de um passeio tranquilo, pois além de conhecerem cada detalhe da atração, também são pessoas que trazem informações acerca dessa região que possui milhões de anos de história, em que grande parte desses registros tem a ver com as formações arqueológicas.

Situado bem próximo aos Cliffs of Moher e ao Doolin Cave, o Burren faz parte do Condado de Clare se destaca mundialmente não apenas por abrigar a Poulnabrone Dolmen – uma tumba da época neolítica, mas também por contar com as Back Roads que são, basicamente, aquelas estradinhas que nos remetem àqueles filmes medievais e que dão total acesso às ruínas antigas do lugar, oferecendo aos visitantes as imagens mais pitorescas.

10. Aran Islands

Composta por três ilhas rochosas: Inishmore, Inishmaan e Inisheer, as Aran Islands são uma atração turística em Galway que precisa ser explorada de bicicleta (se o dia estiver bom, é claro), pois somente assim o turista poderá presenciar as ruínas de St. Kevin Church, igreja que data do século X, as fazendas antigas e uma incrível natureza irlandesa toda banhada pelo vento e cercada pelo mar.

Foto de Jessica Knowlden pelo Unsplash

O arquipélago de Aran Islands possui uma beleza peculiar que acaba sendo o principal motivo para todos os anos chegarem mais visitantes de várias partes do mundo. São formações rochosas irregulares e paisagens com penhascos íngremes que fazem do lugar um dos vestígios arqueológicos mais veneráveis da Irlanda, como por exemplo, as fortalezas de Dun Aengus que, construídas com o calcário local, se caracterizam por muros de pedra com idade de, pelo menos, 3 mil anos, os quais serviam para proteger a região de embarcações piratas.

Não deixe de explorar também o Forte de Dún Aonghasa, as Ruínas de Clochan na Carriage, a piscina Worm Hole, as fantásticas ruínas do castelo O’Brien Castle, do século XV, e os pavimentos de calcário de Glaciokarst, sem falar na colônia de focas que denotam a vida selvagem local, misturada com um ambiente totalmente místico e inspirador.

Além disso, quem vai visitar Galway e planeja dar uma esticadinha até o respectivo arquipélago, não pode deixar de conhecer o Aran Heritage Center – que conta toda a história do lugar; fazer um passeio completo utilizando o ônibus local; e também conferir em um passeio em Inisheer, – a menor das três ilhas, a carcaça do famoso MV Plassy, um navio muito conhecido no pais que, no ano de 1960, encalhou no banco de calcário e, por conta disso, hoje está completamente coberto por ferrugem.

11.Connemara National Park

Connemara National Park

Primeiramente vamos destacar o Connemara National Park que, situado a 20 km de Galway, oferece aos turistas que estão acostumados com as agitações do dia-a-dia uma experiência totalmente diferente que se traduz em um lugar lindo com montanhas e costas emolduradas por colinas de rochas e pedras.

Trata-se de um verdadeiro santuário de flora e fauna com paisagens formadas por vales cheios de pântanos, penhascos e cordilheiras de quartzito, as quais se misturam às pequenas igrejas de pedra e aldeias pitorescas.

Por fim, vale conhecer o topo da Diamond Hill, que oferece uma vista deslumbrante das ilhas do litoral, bem como a famosa abadia de Kyllemore Abbey que, localizado às margens do lindíssimo lago Pollacapall Lough, traz um pouco da história da comunidade de freiras da Ordem Beneditina que se instalou ali no ano de 1920.

Roteiro Irlanda: a Abadia de Kylemore

E o motivo de ficarem em Kyllemore se dá em razão da abadia em que viviam na Bélgica ter sido totalmente destruída por ocasião da Primeira Guerra Mundial.

Salve estas dicas da Irlanda no Pinterest!

Muitos viajantes que buscam o que fazer em Galway se deparam com um lugar vibrante, que apresenta grandes atrações turísticas, onde muitas delas se destacam pelos aspectos histórico-culturais.
Muitos viajantes que buscam o que fazer em Galway se deparam com um lugar vibrante, que apresenta grandes atrações turísticas, onde muitas delas se destacam pelos aspectos histórico-culturais.
 

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento usando o Airbnb? Em alguns destinos fica mais barato do que um quarto de hotel.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Precisa de ajuda para planejar sua viagem?


Preencha seu e-mail e datas da viagem para receber nossas melhores dicas e avisos de promoções:

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

2 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
abbv
banner publicidade surfshark
hospedado por infinite cloud computing