Home » Destinos » Portugal » Roteiro em Lisboa: 3, 4 ou 5 dias na capital de Portugal
Portugal

Roteiro em Lisboa: 3, 4 ou 5 dias na capital de Portugal

Roteiro em Lisboa: Visite o lindo Parque Eduardo VII, perto da estação de metrô Marquês de Pombal

Pela proximidade histórica e lingüística, um roteiro em Lisboa é dos mais fáceis de ser criado entre as grandes cidades européias. Lisboa é uma das cidades mais visitadas por brasileiros no mundo, mas muitos escolhem visitar a capital de Portugal por ligação afetiva com o país, sem saber muito bem o que encontrarão lá.

Para ajudar neste processo, montamos abaixo um roteiro para viagens para Lisboa com 3, 4, 5 ou mais dias de duração. Assim, viajantes com diferentes prioridades e com passagens mais longas ou curtas pela cidade poderão aproveitá-la da melhor maneira possível.

Como organizar um Roteiro em Lisboa

Roteiro em Lisboa: Vista do alto do Arco da Rua Augusta
Vista do alto do Arco da Rua Augusta

Visitar Lisboa é uma ótima pedida tanto para quem está começando a viajar para o exterior quanto para quem já é experiente. A capital de Portugal é fantástica e cheia de atrações muito interessantes. E mesmo tendo sido construída em cima de inúmeras colinas, é fácil transitar de um local ao outro através de bondinhos e metrô. Além disso, a barreira da língua é praticamente inexistente, só basta ter mais atenção ao ouvir.

O ideal para um roteiro em Lisboa é ter no mínimo 5 dias na cidade para poder conhecer tudo sem pressa, mas também é possível se concentrar nas atrações mais famosas e deixar outras de lado para uma futura visita.

Leia mais: Onde ficar em Lisboa, os melhores bairros da cidade

Para seguir os roteiros que detalhamos abaixo, dê prioridade aos 3 primeiros dias, que contém as atrações mais significativas da cidade. Caso tenha uns dias a mais na viagem, considere incluir também os dias 4 e 5 em seu roteiro por Lisboa para que suas diárias na cidade fiquem ainda mais completas.

Roteiro de 3, 4 ou 5 dias em Lisboa

Para quem tem pouco tempo em Lisboa, o ideal é acordar cedo e se concentrar em ir às atrações mais famosas da capital de Portugal. Coloque as localidades mais distantes no roteiro apenas caso sua visita seja mais extensa. Ou deixe-as para uma viagem futura (e você vai querer voltar, acredite).

Dia 1 – Um roteiro pelo centro de Lisboa

O que visitar em Lisboa: A Rua Augusta é das mais famosas de Lisboa, que começa no Arco Triunfal da Rua Augusta. Uma rua perfeita para caminhar, ir em bons restaurantes e fazer compras, pois lá ficam as lojas mais famosas.

No primeiro dia vá até a Praça do Comércio e conheça uma das maiores praças da Europa, que fica na beira do famoso Rio Tejo. Sente um pouco, observe o dia a dia das pessoas e fotografe bastante os prédios amarelados que cercam a praça. Suba até o alto do Arco Triunfal da Rua Augusta e veja lá do alto a cidade em 360 graus. Muito bonito!

Depois de visitar a praça mais famosa de Portugal, ande pela Rua Augusta, um passeio de pedestres que começa no Arco Triunfal e termina na Praça do Rossio. Ali ficam várias lojas famosas e vários restaurantes com o preço um pouco salgado, pois ali só freqüenta quem é turista mesmo.

Caminhe até o Elevador de Santa Justa, ali pertinho da Rua Augusta. Suba na estrutura neo-gótica e veja a cidade na vista panorâmica. Lisboa é muito linda do alto!

Roteiro em Lisboa: O Elevador de Santa Justa

Saindo lá em cima chega-se no Largo do Carmo, importante reduto português, onde ficam as lindíssimas ruínas do Convento do Carmo, parcialmente destruído no terremoto de 1755, e ao lado, o prédio da GNR, a Guarda Nacional Republicana, que teve importante papel na Revolução dos Cravos, na década de 70, quando Portugal finalmente se tornou uma república. Hoje é um museu bem rico em história. O próprio Largo do Carmo foi o palco final da revolução, sendo bastante visitado todo dia 25 de abril, feriado nacional.

Para finalizar o dia, siga para a Praça Luís de Camões e tome um café no A Brasileira, local que Fernando Pessoa costumava freqüentar (e tem uma estátua dele na porta). De lá, suba pela Rua da Misericórdia até o Miradouro de São Pedro de Alcântara para ver o lindo pôr do sol lisboeta. Na descida de retorno, adentre pelas ruelas do Bairro Alto e escolha onde jantar. Todos os bares e restaurantes da área ficam abarrotados de pessoas noite afora.

Saiba mais: O que visitar em Lisboa: 6 regiões imperdíveis da cidade

Dia 2 – Um roteiro por Alfama e a Lisboa medieval

Onde ficar em Lisboa: A vista do alto do Castelo de São Jorge, em Lisboa, um dos melhores lugares para se ter uma vista privilegiada da cidade. Na foto vemos toda a cidade lá embaixo durante o pôr do sol, que vai das cores amarela até o roxo, simplesmente lindíssimo!

Depois de se ambientar em Lisboa, é dia de conhecer o maravilhoso bairro de Alfama e suas ruelas medievais. Pegue o eléctrico 28 (embarque em pontos afastados do centro, como a Praça Luís de Camões, por exemplo, pois é maior a chance de viajar sentado) e vá até o ponto final, no Largo da Graça, aos pés do Miradouro da Senhora do Monte para ver Lisboa de seu ponto mais alto. Depois de tirar várias fotos, desça até a Igreja de São Vicente de Fora, construída em 1657.

Se possível, organize para que seu roteiro por Alfama aconteça numa terça-feira ou num sábado, pois é somente nesses dias que acontece a famosa Feira da Ladra, no Campo de Santa Clara. Nela é vendido tudo o que se possa imaginar, de suvenires a quinquilharias usadas. Ainda que não se compre nada, o legal é ver os portugueses vendendo suas coisas na rua, muitos com roupas antigas. Um lugar bastante fotogênico e que atrai muitos turistas.

O que fazer em Lisboa: Uma das atividades a serem feitas em Lisboa é visitar seus inúmeros miradouros, ou mirantes para nós. Em Alfama os mais famosos são os de Santa Luzia e o da Senhora do Monte. De lá é possível ver as casas agrupadas, as telhas cor de ocre e o rio Tejo.

Da feira, encaminhe seu roteiro ao Miradouro de Santa Luzia passando pelo Panteão Nacional. Este mirante possui lindas vistas dos telhados de Lisboa, com o Rio Tejo ao fundo. Tudo na cor ocre, belíssimo de ver e fotografar.

Para coroar o dia, siga até o Castelo de São Jorge e se surpreenda com toda a história lisboeta, partindo dos romanos, passando pelos mouros, até os dias de hoje, e aproveite para ver o pôr de sol de lá e observar a cidade se acendendo aos poucos.

Leia mais: Qual o melhor seguro viagem para Portugal? Vale a pena emitir o CDAM?

Dia 3 – Belém e a Lisboa dos descobrimentos

O que visitar em Lisboa: A Torre de Belém é um ponto turístico imperdível. Provavelmente é o local mais visitado por turistas em Portugal. Fica em Belém, dentro do Rio Tejo. Conseguimos visitá-la em um dia ensolarado.

No terceiro dia, Belém precisa entrar no seu roteiro em Lisboa. O bairro fica um pouco afastado e possui muitas atrações. Por conta disso é preciso reservar um dia inteiro para poder ver tudo com calma.

Comece pelo Mosteiro dos Jerônimos e veja toda a gloriosa arquitetura e história de Portugal até a ida da Família Real para o Brasil. No mosteiro estão sepultados dois heróis portugueses: Vasco da Gama e Luís de Camões.

O que visitar em Lisboa: O Mosteiro dos Jerônimos é um dos edifícios mais incríveis de Lisboa. Maior exemplar do estilo manuelino, o mosteiro tem uma linda arquitetura. Na foto foi tirada no pátio interior do edifício no final de uma tarde ensolarada.

De lá, caminhe até o Padrão dos Descobrimentos, um enorme monumento em homenagem às grandes navegações e aos países conquistados por Portugal no século XVI. Suba até o alto da torre para ter uma vista de 360 graus do bairro e ver com detalhes o mapa feito em pedras portuguesas no chão lá embaixo.

Em seguida vá até a famosa Torre de Belém, de onde partiam os navios para desbravar outras terras na época das navegações. A torre é muito antiga e muito fotogênica. É uma parada obrigatória.

Por último, na volta até o ponto do bonde que leva ao centro de Lisboa, coma o delicioso pastel de Belém original na Antiga Confeitaria de Belém. Maravilhoso!

Dia 4 – Bate e volta a Sintra, com seus castelos e palácios

O que fazer em Sintra: Visitar o Palácio da Pena

Para quem tem mais dias no roteiro, vale a pena dar um pulo na mágica Sintra, patrimônio mundial da UNESCO a menos de uma hora de Lisboa. Cheia de castelos e palácios, Sintra parece saída de contos de fadas. A melhor forma de ir é de trem, mas caso queira ir em um tour fechado, existe o que dura meio dia e o que dura um dia inteiro.

Comece a visita pelo Palácio da Vila, que já foi casa da Família Real portuguesa até a queda da monarquia, na década de 10. Possui arquitetura única, com vários estilos representados em um lugar só.

De lá, parta para o majestoso Castelo dos Mouros, que é possível de ser avistado de quase toda cidade. Uma das atrações mais visitadas do país, o castelo é formado hoje por ruínas construídas pelos antigos mouros. O passeio garante as melhores vistas da cidade. Imperdível!

Após o Castelo dos Mouros, siga até o Palácio da Pena, o famoso castelo colorido no topo da cidade, projetado pelo próprio rei de Portugal, D. Fernando II. É um tanto cafona, mas uma visita é imprescindível num roteiro em Lisboa.

Por último, estenda seu dia até a Quinta da Regaleira e desça sua torre invertida, a 25 metros abaixo do solo, inspirada no Inferno de Dante.

Saiba mais: O que fazer em Sintra: a cidade portuguesa dos contos de fadas.

Dia 5 – Um roteiro pela Lisboa moderna

Roteiro em Lisboa: Passeio pelo Parque Eduardo VII

Caso tenha mais um dia para aproveitar a cidade, não deixe de incluir no seu roteiro em Lisboa algumas das atrações modernas da capital.

Vá até a estação de metrô Marquês de Pombal e bem ali ao lado visite o majestoso Parque Eduardo VII, um enorme jardim cuidadosamente podado, erguido no começo do século XX no prolongamento da Avenida da Liberdade. O parque é coroado por uma enorme bandeira portuguesa balançando ao vento, em um mirante de onde é possível tirar fotos magníficas do jardim e da cidade lá embaixo, até o Rio Tejo. Um lugar muito agradável para fazer piqueniques e ler um livro.

Em seguida, embarque no metrô e vá até a estação Oriente visitar o Parque das Nações. O complexo, construído durante a Expo 1998, destoa completamente do resto da cidade de Lisboa e apresenta o que ela tem de mais moderno.

Roteiro em Lisboa: Gare do Oriente

Para começar a visita, repare em sua estação de metrô, a Gare do Oriente, projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o mesmo responsável pelo Museu do Amanhã, no Rio. Em seguida atravesse o Shopping Vasco da Gama, logo em frente, para sair junto a Alameda dos Oceanos, que margeia a orla do bairro.

Na Alameda, além de diversas esculturas e obras de arte ao ar livre, é possível fazer um roteiro por grandes atrações da Lisboa moderna, como o Pavilhão de Portugal, de Álvaro Siza, o Pavilhão do Conhecimento, o Oceanário e o Teleférico de Lisboa, que une os extremos do bairro, de norte a sul.

Roteiro em Lisboa: O teleférico do Parque das Nações

Esta área da cidade é bastante moderna, com amplas avenidas, várias obras de arte espalhadas por seu calçadão à beira do Rio Tejo, com prédios altos e contando ainda com um passeio de teleférico por cima do rio, de um lado ao outro. Vale a pena passar uma tarde lá, especialmente se o dia estiver bonito.

Salve este texto no Pinterest!

Saiba como montar seu perfeito roteiro em Lisboa, distribuído em 3, 4 e 5 dias, dependendo de quanto tempo tenha disponível na capital portuguesa. Vários pontos turísticos mais famosos e mais alternativos, com bate e volta em cidades próximas e explicações sobre cada uma delas.
Pela proximidade histórica e lingüística, um roteiro em Lisboa é dos mais fáceis de ser criado entre as grandes cidades européias. Para ajudar neste processo, montamos abaixo um roteiro para viagens para Lisboa com 3, 4, 5 ou mais dias de duração. Assim, viajantes com diferentes prioridades e com passagens mais longas ou curtas pela cidade poderão aproveitá-la da melhor maneira possível.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

PASSAGEM AÉREA

Use o Kayak para descobrir qual empresa tem as passagens aéreas mais baratas para sua viagem.

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe até R$180 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.

SEGURO VIAGEM

Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

25 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
rbbv abbv
Banner Seguros Promo

publicidade

hospedado por infinite cloud computing