Home » Destinos » Tailândia » Ilhas Phi Phi: Todas as Praias, Dicas e Passeios [Roteiro Completo]
Tailândia

Ilhas Phi Phi: Todas as Praias, Dicas e Passeios [Roteiro Completo]

Ilhas Phi Phi Tailândia: Monkey Bay com suas águas transparentes e verdes, com barcos ao fundo e pessoas nadando

Não é novidade para ninguém que as Ilhas Phi Phi, na Tailândia, sejam os pontos turísticos mais visitados do país.

A Tailândia é provavelmente o país mais acessível do Sudeste Asiático, e possui praias magníficas que não ficam devendo a nenhum outro canto.

Todo mundo quando pensa em visitar a Tailândia, acrescenta as Ilhas Phi Phi no roteiro. Quem não acrescenta, deveria. Lá é mesmo o paraíso na Terra.

Leia mais: Como organizar um roteiro de viagem pela Tailândia

O que são e onde ficam as Ilhas Phi Phi, na Tailândia

Cachorro deitado na praia em Ko Phi Phi Don

Ilhas Phi Phi é o nome dado ao grupo de seis ilhas que se encontram no Mar de Andaman. São elas:

Delas, as mais visitadas são Koh Phi Phi Don e Koh Phi Phi Lee. São as maiores do “arquipélago”.

Independente de quais delas queira visitar, o viajante precisará passar por Koh Phi Phi Don, necessariamente. Lá é onde chegam os ferries vindos do continente e onde está toda a estrutura hoteleira das ilhas.

Leia mais: Qual a melhor época do ano para viajar para a Tailândia?

Koh Phi Phi Don – A maior das ilhas

Um homem fazendo show de pirotecnia em Ko Phi Phi Don

A maior das Ilhas Phi Phi, na Tailândia, é Koh Phi Phi Don.

Além de se destacar das demais pelo tamanho, ela é a única das ilhas Phi Phi que é habitada. Possui casas, hotéis, restaurantes e lojas.

Assim como todas as outras ilhas do grupo, Phi Phi Don foi arrasada pelo tsumani de 2004, e, por mais que hoje o turismo já esteja a todo vapor, aqui e ali é possível notar que o local ainda está se recuperando.

É melhor ficar hospedado em Phi Phi ou no continente?

Ficar hospedado em Phi Phi Don não é das escolhas mais baratas, se comparado ao restante da Tailândia.

Por ser uma ilha, suas hospedagens sempre serão mais caras do que as encontradas em terra firme. A qualidade dos hotéis também será inferior devido à alta procura. De todo modo, por lá é possível achar acomodação para todos os perfis de viajantes, desde pousadinhas a resorts de luxo.

Por conta do preço, muita gente escolhe não ficar em Phi Phi Don. Optam por um roteiro que vá e volte às ilhas num mesmo dia partindo de Phuket ou Krabi.

É uma escolha que não recomendamos.

O trajeto de catamarã de uma dessas cidades até as ilhas demora bastante. A viagem irá reduzir seu tempo de estadia nas ilhas consideravelmente.

Para os que têm tempo contado e queiram ver o necessário em menos de um dia, aconselho fechar um tour que use uma lancha, seja saindo de Krabi ou de Phuket, o que otimiza bastante o tempo.

O que fazer em Koh Phi Phi Don

Ko Phi Phi Don vista do mirante durante o pôr do sol

No geral, a ilha de Phi Phi Don tem um aspecto ligeiramente artificial. O excesso de turistas e a falta de uma cultura local estabelecida fazem com que às vezes esqueçamos que estamos na Tailândia.

Afinal, quem está ali quer ir à praia e festas.

Como Phi Phi Don é a ilha principal, suas praias mais acessíveis não são das melhores.

Mas é justamente nestas praias onde a maioria dos turistas fica hospedado. Isto faz com que a região pareça mais suja e desorganizada que o restante das ilhas. Mas é só procurar a praia certa em Phi Phi Don que você certamente irá encontrar seu pedaço de paraíso.

Na lista de atrações em Phi Phi Don, podem ser citadas:

Acompanhe abaixo o que fazer e como visitar cada uma delas.

Loh Dalum Bay

Ko Dalum Bay, com suas areias claras, mar azul e cercada de ilhas

A praia menos bonita de Koh Phi Phi Don é justamente sua faixa de areia principal.

Loh Dalum é o trecho da ilha onde a maioria dos turistas resolve ficar hospedado ao chegar nas Ilhas Phi Phi. Devido ao excesso de barcos e grande número de pessoas que se banha ali, o coral que se encontra no fundo da praia é tristemente revolto e mal tratado. A água da praia é um tanto turva e esbranquiçada.

Ainda é possível ver a cor original da água, de um verde claríssimo, mas se comparada às outras praias da região, esta fica no chinelo.

Dependendo da época em que for, poderá pegar a praia em maré baixa durante o dia, o que torna o lugar bem menos atrativo.

Mas, se durante o dia Loh Dalum não deslumbra, a noite ela ferve.

Um homem passando por baixo de uma corda cheia de fogo

Em sua orla ficam os restaurantes e bares mais agitados da ilha. É pra lá que todos vão à noite para ver os fantásticos e loucos shows pirotécnicos.

Nas areias da praia acontece de tudo: os tailandeses rodam vários instrumentos engolidos em fogo e andam por cordas bambas em chamas. Enquanto isso grupos de turistas alcoolizados se aventuram em danças da cordinha por baixo dessas mesmas cordas flamejantes – alguns deles nus em troca de um drink.

Mas não se desestimule por isso caso não seja a sua praia. Não é a nossa, mas era muito divertido assistir.

Na praia também é possível alugar um caiaque por um preço bacana e remar até Monkey Island, numa viagem de 20 minutos cada trecho. Fizemos isso e foi o melhor investimento que fizemos na ilha maior.

Monkey Bay

Monkey Bay com seus vários caiaques na areia, mar claríssimo e verde

Quer uma praia de fácil acesso e melhor conservada? Monkey Bay chega bem perto disso!

A cada ano ela se torna mais frequentada por quem não se satisfaz com Loh Dalum, e por mais que seja cheia, uma ida até lá vale o esforço.

Chegamos lá remando de Loh Dalum, onde alugamos um caiaque.

O caminho é esplendoroso, com águas de um verde intenso, translúcido, sendo possível ver o fundo com nitidez. Lindo demais!

Depois de 20 minutos remando, chegamos à praia. É só estacionar seu caiaque ao lado dos outros e aproveitar esse pedacinho de paraíso.

Mas você deve estar se perguntando: por que Monkey Bay? A praia é cheia de macacos! Isso mesmo, adultos, filhotes, muitos deles! E todos sem pudor nenhum. Por isso, não deixe nada solto em seu caiaque, ou eles irão carregar.

Um macaco olhando para a câmera em Monkey Bay

E não chegue muito perto, respeite o espaço deles. Eles são agressivos e podem transmitir raiva. Ninguém vai querer parar na emergência de um hospital em plena Tailândia porque foi mordido por um macaco, não é?

Vá curtir sua praia e se deslumbre com a água claríssima e verde. Quando cansar, volte mais 20 minutos e estará novamente em Loh Dalum.

Caso não queira alugar e remar um caiaque, vários barcos motorizados ou os tradicionais tailandeses (long-tail boat) saem do canto direito de Loh Dalum e deixam os turistas direto na praia.

Long Beach

Long Beach ainda é uma praia desconhecida pela maior parte dos turistas. Talvez devido ao seu difícil acesso.

Para chegar nela é preciso fazer uma trilha de pelo menos meia hora saindo do porto de Phi Phi Don.

O caminho é bem sinalizado, mas pode ser um pouco puxado a quem não esteja acostumado a subir e descer escadas íngremes. No percurso, várias praias desertas e minúsculas estão esperando por quem ali passar.

E a água perfeita, as redes na beira da praia e as tendas de massagem fazem de Long Beach o paraíso na Terra.

Caso não queria ou não possa fazer a trilha, calma! Existem barcos que também levam os visitantes até lá.

O mirante de Koh Phi Phi Don

O mirante de Ko Phi Phi Don durante o pôr do sol, com várias pessoas em seu topo observando o sol

A ilha de Phi Phi Don ainda é coroada pelo seu belo mirante. De lá é possível ver toda a ilha, seu formato magnífico e, de quebra, ainda visualizar Koh Phi Phi Lee.

Suba antes do pôr do sol e arrume um lugar para sentar e assistir a um grande espetáculo de camarote.

O caminho para chegar até o topo é meio puxado, com uma trilha basicamente feita de escadas bem íngremes.

Ao chegar à entrada, um valor será cobrado para passar por dentro de um terreno de uma comunidade islâmica. Por conta disso, no mirante é proibido entrar com bebidas alcoólicas, mas também pudera, ninguém vai querer subir ou descer bêbado aquelas escadas.

Koh Phi Phi Lee – A ilha mais famosa

Maya Bay em Ko Phi Phi Lee, com suas águas azuis e cercada de montanhas

Koh Phi Phi Lee entrou nos roteiros turísticos depois que Leonardo DiCaprio estrelou o filme A Praia.

A tal praia do título que serviu de locação para o filme é Maya Bay. E está localizada justamente em Koh Phi Phi Lee.

Com o filme, as Ilhas Phi Phi ficaram internacionalmente famosas e hoje são extremamente cobiçadas por quem passa pelo Sudeste Asiático.

Na época que visitamos a região não era possível dormir em Maya Bay, como no filme, mas sim ancorado na praia. Nós participamos do único tour que permitia passar a noite lá.

Hoje, porém, Maya Bay está fechada para recuperação ambiental.

Os tours atuais levam até a entrada da praia de onde é possível ver o banco de areia ao longe, mas até um ponto determinado pelo governo.

O Turismo nas Ilhas Phi Phi (e em Maya Bay)

As ilhas Phi Phi na foto
Phi Phi Lee ao fundo e parte de Phi Phi Don a frente

Maya Bay hoje está fechada por tempo indeterminado.

O enxame de turistas pós-filme, mais o tsunami que varreu a região em 2008, debilitou bastante o local.

O governo resolveu a praia isolar dos turistas para deixar o ecossistema se recuperar.

Mas não fique triste, Maya Bay foi somente a praia que colocou essas ilhas na rota do turismo internacional. Ela já estava ficando saturada de tanta gente.

No mesmo arquipélago existem outras tão lindas ou até melhores que ela.

Bamboo Island e Mosquito Island – As menores ilhas

Mulher nadando em águas transparentes na Tailândia

Bamboo Island é um pouco desconhecida, mas tem se tornado a queridinha de muitos que vão até as Ilhas Phi Phi, na Tailândia.

Poucos são os turistas que incluem a ilha no roteiro, mas são muitos os que se apaixonam pela sua enorme faixa de areia e água cristalina e deserta.

O snorkel é muito praticado na ilha também, por sua alta visibilidade da vida marinha.

Para chegar até a ilha, só de barco arranjado por agências ou negociando diretamente no píer de Phi Phi Don, o que torna mais barato. A viagem até lá dura 40 minutos.

Já a Mosquito Island fazia parte dos passeios que incluíam Bamboo Island, mas a ilha também está fechada para visitação em prol de sua recuperação.

Bida Nok e Bida Noi – As ilhas para mergulho

Bida Nok e Bida Noi são ilhas voltadas inteiramente para a prática de mergulho, pois não possuem faixa de areia.

Para mergulhar, é claro, é preciso ter o Certificado Internacional de Mergulho. Caso não tenha o certificado, é possível tirar na Tailândia mesmo, durante a viagem.

Como chegar às Ilhas Phi Phi, na Tailândia

Um barco longtail parado nas águas de Koh Phi Phi

Para chegar às ilhas Phi Phi o turista conta com ferries regulares com saídas de Phuket, Ko Lanta e Krabi.

Em alta temporada é bom comprar o ticket com um dia de antecedência para chegar lá tranquilamente, especialmente se sua intenção for fazer um bate e volta. Fique atento, pois os horários mais procurados esgotam rapidamente.

Para voltar não caia no conto dos vendedores dos guichês que ficam nos portos das cidades e deixe para comprar quando estiver em Phi Phi, pois será mais barato.

Ou então, como dito no início do texto, caso tenha pouco tempo no roteiro, reserve um tour de lancha saindo de Phuket ou de Krabi. O tour passará pelos pontos principais de Koh Phi Phi e irá otimizar sua visita.

Mas até lá, não fique confabulando o retorno. Deixe para pensar nisso depois, porque pode ser que você vá até as ilhas Phi Phi e de lá não queira mais voltar.

Salve estas dicas da Tailândia no Pinterest!

Saiba tudo o que você precisa saber sobre as Ilhas Phi Phi, na Tailândia, com informações sobre todas as ilhas, os tipos de passeios, melhores praias e onde se hospedar.
Todas as dicas sobre as Ilhas Phi Phi, na Tailândia, com as melhores praias, como chegar até elas, o melhor deslocamento até lá, onde se hospedar e informações atualizadas sobre o turismo de lá.
 

ORGANIZE SUA VIAGEM!

PASSAGEM AÉREA

Use o Kayak para descobrir qual empresa tem as passagens aéreas mais baratas para sua viagem.

HOSPEDAGEM

No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.

Já no Hotéis.com você pode parcelar o pagamento das diárias em até 12x!

AIRBNB

Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe até R$180 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.

SEGURO VIAGEM

Use nosso Comparador de Seguro Viagem. Com nossa parceria com a Seguros Promo, vamos te ajudar a encontrar os melhores planos de seguro para o seu destino. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto na hora do check out.

ROAD TRIP

Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Larissa

Larissa é nascida em Niterói/RJ, mas já estudou em Nova York e morou na Nova Zelândia por um ano antes de iniciar a volta ao mundo que terminou em 2016. Sonhando em viajar desde que se entende por gente, mantinha um caderno cheio de recortes de jornais e revistas sobre o Egito quando tinha 7 anos de idade. Hoje esse caderno é virtual e engloba vários destinos. Os “recortes” são produzidos por ela e pelo Carlos, semanalmente, no Vida Cigana.

27 Comentários

Todos os comentários serão moderados previamente conforme as políticas do blog. Serão publicados e respondidos apenas após aprovação.

Clique aqui para deixar um comentário.

  • To amando esse blog! Tem tudo descrito e certinho! Descomplicando muito o que sempre falam do lugar! Mas uma dúvida que não acho: qual a média de valor desses barcos!? É um passeio que conhece o conjunto de ilha phiphi? Ou é um para cada ilha!? E qual mais ou menos é o gasto diário com alimentação nas ilhas? Desde já muito obrigada e parabens pelo blog ❤️❤️

    • Oi Kelly, existem inúmeros passeios e vc pode ver isso lá na hora para onde te interessar mais. Não temos como te dizer os valores pois estivemos lá em 2015, então os valores estão bem desfalcados.

  • Larissa, tenho 6 dias para fazer algumas praias na Tailândia. Estou pensando em ficar 3 dias em Ao Nang(para visitar algumas praias e ilhas) e sobrariam 3 dias. Você recomenda ir para Phi Phi e ficar lá uns dias mesmo com a Maya Bay fechada ou ir para Koh Lipe no sul da Tailândia?

  • Ola, estou indo no final do ano e estou em duvida se começo a viagem na Tailandia por Bangkok ou se deixo para o final, e faço primeiro as praias (krabi e Koh Samui), já que certamente vamos fazer algumas compras. O que vcs acham? Obrigado

    • Oi Ignacio, vcs vão numa época boa, então não vai fazer muita diferença em relação ao clima. Já que querem fazer compras, deixem Bangkok por último mesmo, melhor assim!

    • Gabriel, o “nosso” ano novo também é comemorado na Tailândia, com fogos e tal (em Bangkok ao menos, tenho certeza). Mas o grande evento por lá é o ano novo chinês, que segue o calendário lunar e muda de data sempre.

  • Boa noite, Larissa
    Tudo bem?
    Estamos fazendo um roteiro bem apertado para conhecer vários lugares, vc acha que vale a pena dormir em phi phi ou um bate volta de krabi vale?
    Obrigada
    Heloisa

    • Oi Heloisa, acho que um dia em Phi Phi seria ideal, senão você não vai conseguir ver nada. Ainda mais se quiser ir até Maya Bay, a maior atração, vai ter que organizar bastante seu planejamento para poder ir até lá. Bate e volta não vai valer a pena, só o trajeto de barco de Krabi toma certo tempo.

  • Eu de novo, desculpe.
    Eu vi o hotel sugerido e vi tambem o
    Phi Phi Cliff Beach Resort.
    Que me pareceram perto.
    E porque eu gostaria de uma piscina.
    Esse Cliff pode ser uma boa?

    • Oi Tania, esse hotel parece ser ótimo ein, ótimas notas e bem localizado (e tem a piscina!). Ele fica pertinho do centro de Phi Phi, caso você olhe no mapa, a estreita faixa cheia de casas e hoteis é o centro, onde ficam os restaurantes. No lado norte da faixa fica Loh Dalum, e no lado sul, onde fica o hotel que você sugeriu, Tonsai, que é de onde partem os barcos para Maya Bay.

    • Larissa

      Muito obrigada.
      Se precisar novamente e se não se importar gostaria de ficar tirando as minhas duvidas.

  • Ola Larissa.
    Eu ainda tenho uma duvida.
    Eu estava pensando em ficar em Laem Long Beach – Holiday Inn ou Phi Phi Island.
    Em termos de praticidade e ruim ficar mais afastado?
    Vou ficar 3 dias
    1 dia Dormir em Maya Bay
    2 dia Mosquito e Bamboo se aina existir o passeio
    3 dia Ton Sai Bay / Loh Dalum / View Point.

    Vou verificar essa indicacao do hotel

    • Oi Tania!
      Nossa, mas é afastado esse hotel, não? Ele é lindo demais, mas acho que complicaria bem sua programação, visto que para dormir em Maya Bay é preciso encontrar o grupo no escritório deles no centro da ilha. E o Viewpoint e Loh Dalum também ficam no centro (se bem que se eu ficasse nesse hotel que você postou, eu nem ia querer saber de Loh Dalum).
      E outra coisa que notei, Tonsai Bay fica em Krabi, não fica em Phi Phi não.
      Bem, os hoteis são lindos de morrer e devem oferecer de tudo lá dentro, mas acho que em questão de dinâmica não ia ser muito prático não. Seria mais para relaxar sem precisar sair do lugar.

    • Tania, o centro de Phi Phi é a área em torno do Tonsai Pier, de onde chegam e partem os barcos para o continente. Ali é onde se concentra a maior parte das atividades da ilha.

    • Oi Tania, tudo bem?
      Nós ficamos no Coco’s Guest House, mas só escolhemos lá por ser alta temporada e era um lugar barato, mas não recomendaríamos não.
      Hoje, se voltasse lá, com certeza escolheria o Panmamee Hotel, pois é barato, melhor recomendado por outros viajantes e fica pertinho do pier, ficando perto de tudo, mas sem o barulho noturno da praia.

House Sitting

vida cigana blog youtube house sitting

vida cigana blog youtube house sitting
rbbv abbv
Banner Seguros Promo

publicidade

hospedado por infinite cloud computing