Home » Destinos » Tailândia » 12 Principais Pontos Turísticos da Tailândia (e como visitar cada um)
Tailândia

12 Principais Pontos Turísticos da Tailândia (e como visitar cada um)

Os pontos turísticos da Tailândia: um detalhe de uma estátua de Buda em Chiang Mai

Os pontos turísticos da Tailândia podem ser catalogados em três grandes grupos: os templos e atrações religiosas, o turismo nas grandes cidades tailandesas e as incríveis praias, famosas internacionalmente, do sul do país.

Abaixo listamos os 12 principais pontos turísticos do país, dando um panorama do que pode ser visto pelos viajantes que desembarcam na Tailândia. Associado a cada um deles explicamos brevemente como podem ser visitados e o que é necessário fazer para incluí-los em um roteiro de viagem pela Tailândia.

Leia mais: 12 Dicas para fazer uma viagem perfeita pela Tailândia

1. Grande Palácio de Bangkok e o Wat Phra Kaew

Onde ficar em Bangkok

O Grande Palácio de Bangkok é a maior atração da cidade e aquela que turista nenhum consegue deixar de fora do roteiro quando visita a capital da Tailândia. O local, que já funcionou como residência oficial da família real até o inicio do século XX, apesar de não mais abrigar o rei, segue sendo um dos mais importantes pontos turísticos da Tailândia.

Embora não seja possível fazer uma visita interna ao Grande Palácio, os turistas lotam o conjunto arquitetônico que o abriga já que o espaço também conta com o Wat Phra Kaew, o templo do Buda de Esmeralda. Este templo, o mais sagrado para o budismo tailandês, exibe em seu interior a estátua do Buda de Esmeralda, protetora de toda a sociedade tailandesa e maior relíquia religiosa do país.

O conjunto do Grande Palácio fica no centro antigo de Bangkok. Para quem fica hospedado na Khao San Road é possível ir até lá caminhando. Saindo de outras partes da cidade é preciso pegar o BTS até a estação Saphan Taksin e de lá seguir nos express boats do rio Chao Phraya até o centro.

Veja mais: O que fazer em Bangkok: uma visita pelo centro antigo da cidade

2. Wat Pho, o templo do Buda reclinado

melhor época para viajar para tailândia

No centro antigo de Bangkok, ao lado do Grande Palácio, fica outro templo, reconhecidamente um dos maiores pontos turísticos da Tailândia, o Wat Pho.

O Wat Pho é um dos templos mais antigos da cidade e o que tem a maior coleção de estátuas de Buda no país. Em seu templo central são encontradas 400 estátuas trazidas até ali pelo Rei Rama I.

A maior atração do Wat Pho, no entanto, não é a quantidade de estátuas, mas uma em específico, a maior delas. Em um templo próprio, devido a seu tamanho, fica uma gigantesca estátua do Buda reclinado, com quinze metros de altura e quarenta e seis de comprimento. A estátua mostra Buda na famosa posição em que Sidarta Gautama chegou ao nirvana e morreu.

3. Wat Arun

o que fazer em bangkok

Wat Arun, ou Templo do Amanhecer, completa o conjunto dos templos mais famosos de Bangkok. Fica do outro lado do rio Chao Phraya, em frente ao Wat Pho, e é conectado a ele por uma curta viagem de barco que liga os dois píers.

Por muitos considerado o mais bonito dos templos de Bangkok, o Wat Arun se destaca por sua arquitetura rica em detalhes produzidos artesanalmente e por sua posição privilegiada à beira-rio, com vista para toda a cidade de Bangkok do alto de sua torre central.

Nos últimos anos o Wat Arun permaneceu fechado para reformas e assim estava quando estivemos lá, em 2015. Os reparos foram finalizados recentemente, e a partir do final de 2017 os turistas estarão aptos novamente a visitar um dos maiores pontos turísticos da Tailândia.

4. Khao San Road

A Khao San Road é a zona hoteleira de Bangkok preferida de muitos de seus visitantes recém-chegados. Por conta disso, a região costuma funcionar como um capítulo introdutório ao turismo na Tailândia para muitos turistas.

Por lá se encontra um pouco de tudo da imagem que é vendida sobre a Tailândia reunida em um só lugar. São barracas de comidas típicas, incluindo animais exóticos como insetos e escorpiões, casas de massagem e casas onde a massagem é só um pretexto, boates, estúdios de tatuagem e por aí vai.

A Khao San Road não é um lugar que reflita a cultura tailandesa, mas um que espelha exatamente aquela imagem que os turistas pensam ou idealizam do que seria a Tailândia, ou Bangkok, especificamente.

Sabe aquele cara que assiste “Se beber não case 2” e acredita que a Tailândia é aquilo ali representada? Ele vai ter a certeza de que o filme é verossímil caso não saia da Khao San Road.

5. Os mercados populares de Bangkok

Mercado flutuante bangkok

Os mercados de rua são uma atração à parte na Tailândia. O povo local adora uma feirinha onde possa comer e fazer compras. Estes mercados são ótimos lugares para presenciar o dia a dia da população local, tirar fotos e se inserir um pouco mais na cultura do país.

Por qualquer cidade que você passe acabará encontrando um ou mais mercados com suas características próprias. No norte, Chiang Mai e Chiang Rai têm suas feiras bastante populares entre seus visitantes, mas é em Bangkok onde os mercados cresceram a ponto de ficarem conhecidos internacionalmente e se tornarem um dos grandes pontos turísticos da Tailândia.

Na capital o turista pode visitar os famosos mercados flutuantes que acontecem em seus rios. O mais popular deles é o de Damnoen Saduak, mas nós recomendamos uma visita ao de Taling Chan, que consideramos o melhor mercado flutuante de Bangkok.

Em terra firme, no norte da cidade, aos fins de semana, ocorre o enorme Chatuchak Market, o maior mercado da Tailândia e um dos maiores mercados de fim de semana do mundo. Um prato cheio para quem quer conhecer um pouco de tudo da Tailândia concentrada em um só lugar.

Além destes, ainda existe o famoso “mercado do trem”, de Maeklong, que funciona nos trilhos da linha férrea e tem os produtos recolhidos a cada vez que o trem passa. Veja no blog Em Algum Lugar do Mundo como é a visita e o que fazer para chegar lá.

6. Ayutthaya

Foto: Lis Neves

A famosa imagem de uma cabeça de Buda presa entre as raízes de uma árvore que cresceu ao seu redor é uma das mais representativas do turismo na Tailândia.

Esta imagem pode ser vista no Wat Mahathat, um dos muitos templos para serem visitados em Ayutthaya, o sitio arqueológico mais importante da lista de pontos turísticos da Tailândia. A cidade, antiga capital do país, abandonada após uma invasão birmanesa, reúne diversas ruínas a céu aberto que são um prato cheio para quem gosta viajar mais a fundo na história local.

Ayutthaya fica no interior do país, numa viagem de 45 minutos de trem partindo da estação central Hua Lamphong, em Bangkok.

7. Sukhothai

Sukhothai é também um enorme sítio arqueológico e também uma antiga capital do reino que formou a Tailândia. A cidade compartilha muitas semelhanças com Ayutthaya, mas não goza do mesmo prestigio entre os turistas, não sendo (ainda) tão visitada.

Sukhothai era a capital do Reino que recebia seu nome. Nos séculos XIII e XIV a cidade testemunhou o surgimento do que é classificado como a era de ouro da cultura tailandesa na arte religiosa e na arquitetura. Como logo em seguida o Reino se deslocou pacificamente para Ayutthaya, Sukhothai conta hoje com ruínas em melhor estado (e algumas reconstruídas) do que sua sucessora.

Dos pontos turísticos da Tailândia aqui numerados, Sukhothai é o menos popular entre os viajantes, mas este talvez seja seu grande diferencial perante os demais, pois é o único que pode ser visitado tranquilamente.

Sukhothai fica a meio caminho de viagem entre Bangkok e Chiang Mai e pode ser uma ótima opção de parada numa viagem entre a capital e o norte do país.

No 360 Meridianos, veja como chegar e o que fazer em Sukhothai.

8. Os templos e a cidade antiga de Chiang Mai

roteiro Tailândia - o que fazer em chiang mai

A cidade antiga de Chiang Mai foi construída cercada por uma muralha que a protegia de invasões de outros povos. A resistência durou até o século XVI, quando Chiang Mai foi conquistada pelos birmaneses, mas ainda hoje parte da muralha se mantém de pé cercando o que se transformou no centro da segunda maior cidade da Tailândia.

Dentro dos limites da muralha estão algumas das atrações de Chiang Mai que figuram entre os maiores pontos turísticos da Tailândia. O destaque especial fica por conta de seus templos mais famosos, como o Wat Chedi Luang e o Wat Phra Singh. Ambos, erguidos em tempos anteriores à invasão birmanesa, são construções extremamente importantes para entender o que foi a cultura Lanna, o império do qual Chiang Mai era capital, na formação da Tailândia de hoje.

Leia mais: Saiba onde ficar em Chiang Mai e quais os melhores bairros da cidade

O Wat Chedi Luang, por exemplo, era a maior construção do império Lanna. Sua importância era tamanha, que serviu para abrigar inicialmente o Buda de Esmeralda, que hoje está no Wat Phra Kaew, junto ao Grande Palácio de Bangkok.

No século XVI parte de sua cúpula ruiu durante um terremoto, deixando o templo em ruínas. A visita hoje ao conjunto arquitetônico inclui o sitio arqueológico e diversos outros templos. Estes, de construção mais recente, ainda se mantém em funcionamento e tornam a visita ainda mais interessante.

9. Wat Doi Suthep

o que fazer em chiang mai-38

A cidade antiga de Chiang Mai concentra a maioria dos seus templos, mas o mais famoso deles e mais popular entre os turistas fica fora da cidade. Em meio às montanhas tailandesas, a estupa dourada do Wat Doi Suthep brilha e proporciona uma vista incrível da cidade vista do alto. É uma experiência obrigatória a todos que visitam o norte da Tailândia.

10. O templo branco de Chiang Rai

Chiang Rai Templo Branco Tailândia-16

O templo branco de Chiang Rai é uma construção singular na Tailândia. Com tantos templos figurando entre os pontos turísticos da Tailândia, o templo branco se destaca justamente por ter o formato de um templo, mas não ser. É um templo na forma, mas não na função.

O Wat Rong Khun, como é chamado por lá, é obra do artista contemporâneo tailandês Charlemchai Kositpipat. Ele comprou um templo existente e o restaurou usando seu dinheiro e suas próprias ideias, transformando-o numa construção onde o limite entre a arte e a religião não está muito bem definido.

É preciso ver para crer. O templo branco fica em Chiang Rai, a duas/três horas de distancia de Chiang Mai.

11. As praias e ilhas da Tailândia

ilhas phi phi tailandia

As ilhas da Tailândia povoam o imaginário de todo viajante que desembarca no país. São tantas e tão impressionantes que muita gente sonha em montar seu roteiro de viagem pulando de ilha em ilha e conhecendo todas as praias.

Ainda que a vontade seja essa mesmo, o clima na Tailândia e a geografia do país praticamente obrigam que o viajante escolha uma de suas costas para visitar.

No lado do mar de Andaman, a ilha de Phuket já teve seus dias de glória, mas agora anda meio caída e muitos viajantes não incluem uma passagem por lá. Deste lado da península as praias de Railay e Ao Nang, na cidade de Krabi ou as ilhas de Ko Lanta e principalmente, Ko Phi Phi têm crescido em popularidade e são as que mais figuram nos roteiros dos viajantes.

Já do lado do Golfo da Tailândia a ilha mais popular é a de Ko Phangan, onde acontece a famosa Full Moon Party, que atrai mochileiros de todos os cantos do mundo. Além dela, as ilhas de Ko Samui e Ko Tao também são extremamente populares.

Saiba mais: Veja qual a melhor parte da ilha de Ko Phi Phi para reservar sua hospedagem.

12. “A Praia” em Maya Bay

Maya Bay Tailandia

Até 1999 Maya Bay, na ilha de Ko Phi Phi Lee, era um paraíso quase intocado. A partir daquele ano a praia local se tornou “A Praia”, cenário do filme estrelado por Leonardo di Caprio, e passou a figurar rapidamente no rol dos maiores pontos turísticos da Tailândia. Hoje “A Praia” talvez seja o maior de todos os pontos turísticos do país.

O lançamento do filme coincidiu com o longo período de boom no turismo da Tailândia, fazendo a praia e a ilha serem quase indissociáveis a uma visita ao país. Anos após o filme sair dos cinemas, ainda é difícil encontrar quem não esteja incluindo Maya Bay no roteiro de viagem por causa de Hollywood.

 

AJUDE O VIDA CIGANA A VIAJAR PARA A ÍNDIA

Leu algum texto no Vida Cigana que foi útil em sua viagem?
Usou alguma dica nossa ao se preparar para embarcar para algum destino?
Esta é sua chance de retribuir 😉

KERALA BLOG EXPRESS

Vote na gente no Kerala Blog Express
Em um minutinho você pode nos ajudar a embarcar para nossa próxima viagem, para a Índia!

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

Deixe seu comentário

Clique aqui para deixar um comentário.

House Sitting

publicidade

Close