Home » Destinos » Reino Unido » Como alugar um carro em Edimburgo para viajar pela Escócia
Reino Unido

Como alugar um carro em Edimburgo para viajar pela Escócia

Como alugar um carro em Edimburgo: passear pelas ruas de Edimburgo

Alugar um carro em Edimburgo é perfeito para os turistas que pretendem visitar o interior da Escócia, as Highlands e suas incríveis paisagens. Afinal, os cenários e a geografia da Escócia são as maiores atrações turísticas desta parte do Reino Unido.

Ainda que seja possível conhecer a região usando o transporte público ou em tours organizados, alugar um carro dá a liberdade de explorar cada canto no seu tempo. Acredite, você vai querer parar a todo o momento para fotografar e vai conseguir ângulos que seriam impossíveis sem um veículo próprio.

Edimburgo, por ser a cidade mais turística, é onde existe a maior variedade de locadoras de veículos – e quanto maior a concorrência, mais baratos tendem a ser os preços dos aluguéis. Mas caso seu roteiro pela Escócia passe por outras cidades antes de seguir para as Highlands, alugar um carro em outras cidades escocesas, como Glasgow ou mesmo Inverness, pode ser igualmente interessante.

Saiba mais: Conheça os principais pontos turísticos da Escócia e seus inúmeros castelos.

Quando alugar um carro na Escócia

Como alugar um carro em Edimburgo: ver a aurora boreal de Inverness

É recomendável alugar um carro na Escócia sempre que seu roteiro inclua alguns dias de viagem pelas Highlands. O carro é a melhor forma de viajar pela região. Pensar que irá economizar substituindo o veículo por ônibus, trens ou tours pode sim poupar umas libras a mais do orçamento, mas não proporcionará a mesma experiência de viagem. Nem de longe.

Por outro lado, alugar um carro não é necessário para os dias de roteiro dentro das grandes cidades. Em Edimburgo e Glasgow ter um veículo pode criar um desafio de logística, já que nas áreas turísticas de cada uma os locais para estacionar são limitados e caros. Ainda assim, alugar um carro em Edimburgo ou Glasgow não chega a ser problema como em Londres, por exemplo. Na Escócia não há áreas restritas para o uso de carros e tampouco pedágios urbanos como na capital inglesa.

Deste modo, a melhor solução – e a mais econômica – para o roteiro é dividi-lo em dois trechos: nos dias de visita às cidades da parte baixa da Escócia contando com o transporte público e nos datas para explorar as Highlands, alugando um veículo.

Para quem pretende conhecer Edimburgo sem carro, o ideal é deixar a capital como a última parada do roteiro. Como a maior parte das locadoras mantém seus pátios próximos ao aeroporto, você pode deixar seu veículo reservado com antecedência e já sair de lá pronto para pegar a estrada. Assim, primeiro você consegue viajar o interior do país com o carro alugado e depois explora a cidade a pé, após a devolução.

Já quem opta por conhecer as cidades escocesas antes de seguir viagem pelas Highlands, deve fazer a reserva preferencialmente com alguma das locadoras que tenham seus depósitos nas áreas centrais. Neste caso você pode alugar um carro em Edimburgo, no centro da cidade, com locadoras como a Alamo ou a Europcar, por exemplo, que têm pátios próximos à estação de trens de Waverley, ou em Glasgow com a Keddy, Sixt e Europcar.

Rentcars

Como alugar um carro em Edimburgo: Cruzar pela beira do Lago Ness

Para nós, brasileiros, a melhor forma de alugar um carro em Edimburgo ou qualquer outra cidade escocesa é através da RentCars, que faz a comparação de preços entre várias empresas disponíveis no país.

Por ser uma empresa brasileira, a RentCars oferece algumas vantagens extras quando comparadas à contratação diretamente com as locadoras britânicas. As maiores delas são a possibilidade do pagamento em reais – ao invés de libras esterlinas – sem cobrança de IOF e a possibilidade de parcelar em até 12 vezes.

A RentCars faz a comparação entre diferentes locadoras que atuam na Escócia deixando mais fácil encontrar as melhores ofertas e os menores preços.

Alugar um carro em Edimburgo, Glasgow ou Inverness?

Alugar um carro em Edimburgo é a opção da maioria dos turistas, por ser a cidade mais visitada do país. Mas dependendo do roteiro de viagem pela Escócia que o viajante for escolher, pode ser igualmente conveniente alugar um carro em Glasgow ou mesmo direto em Inverness, a maior cidade das Highlands.

De Edimburgo até as Highlands

Como alugar um carro em Edimburgo: Um carro antigo em frente ao Castelo de Edimburgo

Alugando um carro em Edimburgo, a rota mais rápida até Inverness passa pela estrada A9. Saindo da capital, pegue a M9 até Stirling e de lá siga pela A9 até Inverness. Ou, pegue a M90 até Perth, onde um desvio encontra a A9 já no meio do caminho.

Este é o trajeto mais rápido, mas é o menos interessante. Não há grandes atrações no caminho, mas para quem quer poupar uns dias do roteiro pode ser um caminho a seguir.

Melhor que isso, turisticamente, é pegar a rota mais longa, ir de Edimburgo até Glasgow e de lá seguir pela A82. Esta estrada passa pelo Loch Lomond, Glencoe, pela entrada da Ilha de Skye e por toda a extensão do Lago Ness antes de chegar a Inverness. É incomparavelmente mais bonita.

Leia mais: Onde ficar em Edimburgo, os melhores bairros e hotéis

De Glasgow até as Highlands

Como alugar um carro em Edimburgo: Passear pelas lindas ruas de Glasgow

Quem opta por ficar em Glasgow e começar de lá seu roteiro de carro para as Highlands tem duas vantagens: irá conhecer uma cidade tão simpática quanto Edimburgo, ainda que não tenha o devido destaque no mercado de turismo; e estará bem mais próximo da A82, a estrada magnífica que passa pelos lugares mais impressionantes do país.

Caso escolha alugar um carro em Glasgow, não vá diretamente a Inverness. Reserve um ou mais dias para explorar a região de Glencoe e Fort William. Se possível, desvie pela A87 e vá até a Ilha de Skye. Esta área concentra a maior parte das atrações das Highlands escocesas.

De Inverness pelas Highlands

Como alugar um carro em Edimburgo: Chegar aos lugares mais belos das Highlands

Inverness é a maior cidade das Highlands e a única desta região do país onde há locadoras de veículos em número razoável. Alugar um carro ali, ao invés de Edimburgo ou Glasgow, pode ser mais econômico por não ser necessário percorrer tantos quilômetros até as principais atrações, mas a menor concorrência pode encarecer os valores cobrados.

Para alugar um carro em Inverness, programe-se para chegar à cidade de trem (há linhas partindo tanto de Edimburgo quanto de Glasgow) ou ônibus e reserve o veículo preferencialmente com as locadoras que têm pátios na cidade ou que ofereçam o translado até seus galpões.

Saindo de Inverness reserve alguns dias para dirigir pela A82 no sentido sul, por toda a extensão do Lago Ness. Indo além, percorra a A87 pela Ilha de Skye antes de fazer o caminho de volta. Partindo da capital das Highlands você pode também dirigir pela A95, conhecida como a rota do whisky, onde há várias destilarias e mais alguns castelos, caso você já não esteja enjoado.

Dicas para alugar um carro na Escócia

Como alugar um carro em Edimburgo: Poder parar quantas vezes quiser nas Highlands

Alugar um carro na Escócia, seja em Edimburgo, Glasgow ou Inverness, é um processo simples, mas vale ficar atento a alguns pontos antes de fazer a sua reserva:

Documentos para alugar um carro na Escócia

Para alugar um carro em Edimburgo, Glasgow, ou mesmo Londres e qualquer cidade do Reino Unido é preciso ter três documentos em mãos:

  • Passaporte
  • Carteira de motorista brasileira – A CNH basta, o Reino Unido não exige a PID – Permissão Internacional para Dirigir*
  • Cartão de Crédito – Mesmo que a locação já esteja paga, o cartão é necessário para cobrir a caução em caso de acidentes. O crédito fica preso até a devolução, quando é liberado novamente.

*A locadora AVIS, ao contrário da maioria, têm exigido a tradução da licença, conforme informado nos comentários deste texto.

Limites de quilometragem

Durante as pesquisas para alugar um carro, repare se está incluída a quilometragem ilimitada. Nem todas as locadoras oferecem o benefício, que é essencial a quem queira explorar as Highlands com liberdade.

As empresas mais baratas costumam ter uma cota de 145 quilômetros por dia de locação (90 milhas por dia, com taxa extra pelo excedente), que é insuficiente para explorar todas as atrações da parte alta da Escócia.

Como referência, para alugar um carro em Edimburgo, por exemplo, viajar até Inverness, passando pela Ilha de Skye e voltando até a capital, seriam percorridos mais de 900 quilômetros.

Dirigindo em mão inglesa

O trânsito na Escócia, como em todo o Reino Unido, funciona em mão inglesa, com os carros circulando no lado esquerdo da pista e os volantes no lado direito do carro.

Caso você nunca tenha tido a oportunidade de dirigir assim, a Escócia é um dos lugares mais recomendados para experimentar. As estradas do país são boas e há poucos carros nas áreas mais remotas – as mais interessantes aos turistas.

Ainda assim, dirigir em mão inglesa não é tão complicado quanto pensamos quando vemos de longe. Basta se acostumar com duas regras:

  • Ao dobrar à direita você nunca terá a preferência.
  • As rotatórias giram sempre em sentido horário

Para se sentir ainda mais seguro, dou um conselho extra: reserve um carro com câmbio automático. No Reino Unido as pessoas preferem usar o câmbio manual e nas locadoras estes costumam ser os veículos mais baratos. Para quem não está acostumado a passar as marchas com a mão esquerda, pagar um pouco a mais pelo câmbio automático faz ter uma preocupação a menos enquanto dirige.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

HOSPEDAGEM
No Booking.com estão cadastradas as melhores opções de hotéis e albergues. Reserve com direito a cancelamento gratuito e viaje com mais tranquilidade.
AIRBNB
Já experimentou alugar um apartamento no Airbnb? Ganhe R$100 em créditos para usar em sua primeira reserva no site.
SEGURO VIAGEM
Com a Seguros Promo é possível comparar a cotação de diversas companhias, garantindo o melhor custo/benefício na contratação. Use o cupom VIDACIGANA5 e receba 5% de desconto em seu seguro viagem
ROAD TRIP
Alugue um veículo com a RentCars.com para sua viagem. Compare os preços de diferentes locadoras, pague em Reais, sem IOF e parcelado em até 12 vezes.

Sobre o Autor

Carlos

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.

19 Comentários

Clique aqui para deixar um comentário.

  • Oi, pessoal, obrigada pelas dicas da Escócia! Uma dúvida, é possível alugar o carro em uma cidade e devolver em outra (no caso, seria pegar em Glasgow e devolver em Edimburgo). Obrigada

    • É possível sim, Eliza, mas cobram uma taxa extra por isso. Edimburgo e Glasgow são tão próximas que acho que não vale a pena fazer isso.

  • Olá Pessoal,
    Queria deixar uma dica: tentamos alugar um carro em Edimburgo pela Avis. A locadoura não está alugando sem a tradução da licença. Já estivemos em outros países Europeus e não pediram a tradução.

  • garotoooooooooo vce colocou boas ideias na minha cabeça! vou com meu filho ano que vem, se Deus permitir, fazer uma viagem que inclui a Escócia. E resolvi que vou alugar o carro em Edimburgo ir até INverness e voltar. Assim aproveito as paisagens! fantátisco!

  • Olá Carlos! Antes de mais muito obrigada pelo post ajudou bastante!
    Eu vou para Edimburgo-Glasgow e aí tinha pensado alugar carro, mas há um senão. Eu não tenho cartão de crédito em meu nome. Tenho 23 anos e uso débito. De crédito teria que pedir a minha mãe. Acha que daria? Ou não?

    • Joana, não sei se cartão de crédito pode ser de terceiros. Acredito que a locadora possa recusar caso sua mãe não esteja com você no momento da retirada do veículo. Eu recomendo que antes você entre em contato com a empresa escolhida e verifique se aceitarão ou não. Escreva para mais de uma se necessário pois estas políticas para aluguel de carro costumam variar bastante de uma empresa a outra.

    • Ah, e nós já conseguimos (na Nova Zelândia) fazer o aluguel usando um cartão pré-pago (tipo Travel Money) como caução. Mas como falei no outro comentário, isto varia muito de acordo com a política de cada empresa.

  • Olá, pretendo alugar um carro em Edimburgo e fazer todo esse trajeto que vcs indicaram passando por várias cidades até chegar em inverness. Mas gostaria de saber qual o limite que preciso ter no cartão para passar o calção do aluguel do carro?

    • Oi Fernando, é difícil dizer o valor porque ele varia conforme as políticas de cada locadora e não é muito fácil encontrar essas informações dispostas publicamente no site delas. Para saber certinho você tem que entrar em contato diretamente com eles ao fazer a reserva.

  • Carlos boa tarde. Obrigado por compartilhar informações tão preciosas e parabéns pelo blog.

    Minha esposa e eu estamos indo pela primeira vez para o Reino Unido, passaremos alguns dias em Londres e de lá iremos para Edimburgo. A ideia é alugar um carro em Edimburgo e ir direto para Inverness onde ficaremos hospedados. Você tem alguma dica de qual empresa ou local para retirar o carro, levando em consideração que chegaremos de trem na estação Waverley.

    Obrigado.

    • Glaydson, a estação Weverley é a maior de Edimburgo e quase todas as locadoras grandes como Hertz, Sixt, Avis, Alamo e Budget têm pátios próximos dali. Basta você especificar que quer retirar na estação e não no aeroporto que não terá problemas.

  • Parabéns pelo excelente roteiro! Estou morando em Leeds neste ano e meu filho e eu planejamos conhecer a Escócia no recesso escolar no início de abril. Vc que 3 dias em Edimburgo , 2 em Glasgow e 3 ou 4 dias nas Highlands seria o suficiente? Daria pra ver a Áurea Boreal? Obrigado.

    • Oi Breitner, esse roteiro está bom. Dá pra ver quase tudo nesses dias sugeridos. A Aurora Boreal não tem como prever com tanta antecedência, porque depende de uma série de fatores (tempestade de índice >5 ; céu limpo; lua nova ou abaixo do horizonte). Ainda assim, recomendo que se planeje para alugar um carro, como falado no texto, pois somente fora das cidades será possível ver caso ocorra a aurora.

  • Olá Carlos e Larissa, primeiramente parabéns pelo blog e pelo relato detalhado.
    bem, vou fazer uma viagem ao reino unido em junho. Viajarei de 03 a 29 de junho, ou seja 26 dias.
    Ficarei em Londres de 03 a 13. Saio de Londres no dia 13 cedo de carro e faço uma viagem pelo norte da Inglaterra, passando por Cotswolds, Chester e York. Ficarei apenas 03 dias entre estes lugares.
    Em York entrego o carro, durmo uma noite e vou de trem para Edimburgo, fico 03 dias por Edimbrugo e de lá parto, também de trem, para inverness. Em inverness pretendo alugar um carro para rodar pelas highlands.
    Farei o roteiro inverso de vocês pois vou de inverness para glasgow, de onde pego um voo para Belfast ou Dublin. De Dublin volto de avião para Londres e de lá direto de volta ao Brasil.

    Pois bem, meu roteiro está agarrado em alguns pontos, saindo de inverness não sei exatamente onde ir? qual seria um roteiro mais lógico de inverness até glasgow (de onde partirei de avião para Belfast ou Dublin) ? Logicamente pretendia conhecer todos os pontos incriveis que vocês falaram, mas não sei se é viável.
    Coloquei minha viagem de Glasgow para Belfast OU Dublin porque ainda não sei se vale a pena realmente ir a Belfast ou “gastar” todo meu tempo na Escócia. É porque fico pensando que se não conhecer a Irlanda do Norte nesta viagem, pode ser que nunca mais passe por perto.
    Meu maior problema é calcular exatamente quanto tempo gastarei de inverness até glasgow, passando por SKye, e exatamente qual o roteiro a seguir.
    Podem me ajudar???
    Obrigada novamente!
    sandra

    • Oi Sandra, que bela viagem, hein?
      Olha, de Inverness para Glasgow você pode seguir pela A82 margeando todo o Lago Ness, com uma parada no Castelo de Urquhart, seguindo até Fort Augustus e Invergarry. De lá você pode pegar o desvio pela A87 e ir até a Ilha de Skye, reservando dois dias pelo menos pra conhecer toda a ilha.
      Na volta de Skye, siga ao sul parando na regão de Fort William, ao redor do Ben Nevis, ou Glencoe. De lá siga pela A82 passando pelo parque nacional Loch Lomond & The Trossachs até chegar em Glasgow.
      Nós fizemos tudo isso em 3 dias, mas foi muito corrido, pois passamos direto de Fort William e depois nos arrependemos. Recomendo considerar pelo menos 4, ou 5 se possível. Além destes, considere ao menos 2 dias em Glasgow, depois de devolver o veículo para conhecer a cidade.

House Sitting

rbbv abbv

publicidade